Prova de Nutrição para Residência USP 2019 com Gabarito

Prova de Nutrição para Residência USP 2019 com Gabarito


QUESTÕES DE:
PORTUGUÊS/INTERPRETAÇÃO DE TEXTO (01 - 10)
CONHECIMENTO GERAL (11 - 20)

QUESTÃO 21
USP 2019: Considere as seguintes afirmações sobre as ações de vigilância alimentar e nutricional:

I. Estão organizadas com enfoque ampliado, conjugando atividades nos serviços de saúde, dados provenientes de outros sistemas de informação e evidências disponíveis na literatura científica.

II. Baseiam‐se na apuração de informações sobre aquisição domiciliar de alimentos e quantificação da ingestão de calorias e nutrientes em diferentes fases do ciclo vital.

III. Possibilitam descrição contínua e predição de tendências das condições de alimentação e nutrição da população e de seus fatores determinantes.

IV. Têm potencial para apoiar profissionais e gestores no processo de organização da atenção nutricional e de formulação de políticas públicas de saúde.

Está correto apenas o que se afirma em

(A) II, III e IV.
(B) I e III.
(C) II e IV.
(D) I, III e IV.
(E) I e II.

RESPOSTA.

QUESTÃO 22
USP 2019: De acordo com a segunda edição do Guia Alimentar para a População Brasileira, pode‐se dizer que uma das recomendações que ampliam o entendimento sobre a promoção da alimentação adequada e saudável, para além de questões biológicas, consiste em

(A) orientar a comer com atenção, realizando refeições com duração mínima de 30 minutos.

(B) estimular o desenvolvimento de habilidades culinárias, sem distinção de idade ou gênero.

(C) proibir o consumo de produtos industrializados que não pertençam à cultura alimentar local.

(D) enfatizar a realização regular de lanches intermediários entre as refeições principais.

(E) priorizar a venda livre de impostos e a publicidade de alimentos orgânicos e de base agroecológica.

RESPOSTA.

QUESTÃO 23
USP 2019: Entre as enzimas que participam do processo de digestão dos macronutrientes, encontram‐se:

(A) amilase, pepsinogênio, lipase, secretina.
(B) lipase, maltase, invertase, secretina.
(C) amilase, pepsina, lipase, maltase.
(D) amilase, dipeptidase, lipase, colecistocinina.
(E) gastrina, lipase, maltase, invertase.

RESPOSTA.

QUESTÃO 24
USP 2019: Necessidades de energia e nutrientes encontram‐se aumentadas entre adolescentes, em fase marcada por intensas modificações físicas, psíquicas, comportamentais e sociais.

Tendo em vista alterações na composição corporal, equações para estimativa de necessidade de energia diferem entre os sexos porque o sexo feminino apresenta

(A) geralmente maior quantidade proporcional de massa livre de gordura que o masculino, tendo maior necessidade de energia.

(B) quantidade de gordura corporal equivalente à do sexo masculino, porém com perdas menstruais, tendo maior necessidade de energia.

(C) geralmente maior quantidade proporcional de massa livre de gordura que o masculino, tendo menor necessidade de energia.

(D) maior quantidade proporcional de gordura corporal que o masculino e perdas menstruais, tendo maior necessidade de energia.

(E) geralmente maior quantidade proporcional de gordura corporal que o masculino, tendo menor necessidade de energia.

RESPOSTA.

QUESTÃO 25
USP 2019: Vitamina D, cálcio e fósforo são essenciais aos seres humanos, atuando de forma integrada em prol da saúde óssea. As interações fisiológicas entre esses micronutrientes estão corretamente descritas em:

(A) As concentrações ionizadas de cálcio e fósforo no fluido extracelular regulam a reação de hidroxilação hepática da vitamina D, para conversão à sua forma biologicamente ativa 25‐hidroxicolecalciferol.

(B) No intestino, a vitamina D estimula vias de transporte ativo para absorção de cálcio e fósforo, em contraste com o ácido fítico, que prejudica a biodisponibilidade de ambos os minerais com formação de complexos insolúveis.

(C) Cálcio, fósforo e vitamina D são os componentes mais relevantes dos cristais de hidroxiapatita insolúvel existentes nos ossos e essenciais para rigidez e integridade necessárias ao esqueleto humano.

(D) A vitamina D favorece a excreção de cálcio e fósforo nos túbulos renais distais, mantendo concentrações sanguíneas de ambos os minerais dentro de níveis fisiológicos adequados.

(E) As concentrações sanguíneas de vitamina D promovem a secreção de paratormônio, o qual é responsável por estimular o transporte ativo de fosfato no intestino delgado e mobilizar o cálcio ósseo para o sangue.

RESPOSTA.

QUESTÃO 26
USP 2019: Examine o seguinte quadro:

micronutrientes

A combinação correta entre cada micronutriente com a respectiva consequência de sua deficiência no organismo humano está indicada em:

(A) 1B, 2C, 3D, 4A.
(B) 1C, 2D, 3A, 4B
(C) 1B, 2D, 3C, 4A.
(D) 1B, 2D, 3A, 4C.
(E) 1C, 2D, 3B, 4A.

RESPOSTA.

QUESTÃO 27
USP 2019: Para que o aleitamento materno exclusivo seja bem sucedido nos primeiros seis meses de vida, um dos fatores a ser observado consiste em

(A) atestar que a quantidade de colostro seja produzida de forma constante nos primeiros dias de vida do bebê, para garantir sua imunidade.

(B) oferecer água filtrada e fervida em pequenas quantidades caso a temperatura ambiente supere 35 °C, para manter o estado de hidratação do bebê.

(C) orientar a mãe a evitar mamadas durante a noite, para favorecer o estabelecimento de uma rotina adequada de sono do bebê.

(D) verificar se a duração das mamadas atinge 30 minutos ou mais, para garantir que o bebê mame o leite posterior, rico em proteínas.

(E) evitar a oferta de chupetas, chuquinhas e mamadeiras, para não dificultar a pega correta da mama devido à confusão de bicos.

RESPOSTA.

QUESTÃO 28
USP 2019: Uma paciente negra, 55 anos, atendida no ambulatório, apresentou as seguintes medidas: 82 kg, 170 cm e 92 cm de circunferência da cintura. Com base nesses dados, essa paciente apresenta

(A) obesidade grau I, alto risco para doenças cardiovasculares.
(B) pré‐obesidade, alto risco para doenças cardiovasculares.
(C) obesidade grau I, baixo risco para doenças cardiovasculares.
(D) pré‐obesidade, baixo risco para doenças cardiovasculares.
(E) obesidade grau II, baixo risco para doenças cardiovasculares.

RESPOSTA.

QUESTÃO 29
USP 2019: Como componente de ações de vigilância alimentar e nutricional na atenção básica, a avaliação antropométrica de um usuário de 8 anos de idade indicou peso equivalente a 30 kg e altura equivalente a 127 cm.

IMC (kg/m²) por idade (em meses) para o sexo masculino, segundo percentis

percentil

Com base nas informações para cálculo do índice de massa corporal (IMC) e na tabela, quanto à classificação e à interpretação do estado nutricional do usuário avaliado, é correto afirmar que ele apresenta

(A) obesidade, porque o IMC com valor de 18,6 kg/m² está acima do percentil 85 e abaixo ou igual ao percentil 97 para idade e sexo.

(B) sobrepeso, porque o IMC com valor de 18,6 kg/m² está acima do percentil 85 e abaixo ou igual ao percentil 97 para idade e sexo.

(C) risco para sobrepeso, porque o IMC com valor de 18,6 kg/m² está acima do percentil 85 e abaixo ou igual ao percentil 97 para idade e sexo.

(D) peso adequado, porque 18,6 kg/m² representa o valor de IMC de 85% a 97% dos indivíduos de sua idade e sexo.

(E) peso adequado, porque o IMC com valor de 18,6 kg/m² enquadra‐se na categoria de eutrofia até a idade adulta.

RESPOSTA.

QUESTÃO 30
Enquanto o sódio está presente principalmente no compartimento ____[I]____, o potássio apresenta maiores concentrações no meio ____[II]____, devido especialmente à(ao) ____[III]____. Alimentos ___[IV]____ são fontes importantes de potássio e o consumo de alimentos ___[V]____ tem contribuição relevante para a ingestão de sódio atualmente.

USP 2019: Considerando características metabólicas e fontes alimentares relacionadas a sódio e potássio, os espaços devem ser completados por:

(A) [I] extracelular; [II] intracelular; [III] bomba de Na⁺‐K⁺‐ ATPase; [IV] in natura e minimamente processados; [V] processados e ultraprocessados.

(B) [I] extracelular; [II] intracelular; [III] SGLT1 (transportador de sódio e glicose 1); [IV] in natura e minimamente processados; [V] processados e ultraprocessados.

(C) [I] intracelular; [II] extracelular; [III] bomba de Na⁺‐K⁺‐ATPase; [IV] minimamente processados e processados; [V] in natura.

(D) [I] intracelular; [II] extracelular; [III] bomba de Na⁺‐K⁺‐ATPase; [IV] in natura e minimamente processados; [V] processados e ultraprocessados.

(E) [I] intracelular; [II] extracelular; [III] SGLT1 (transportador de sódio e glicose 1); [IV] processados; [V] ultraprocessados.

RESPOSTA.

QUESTÃO 31
USP 2019: O envelhecimento populacional é observado em todo o mundo e impõe desafios para que recomendações nutricionais sejam adequadamente atendidas entre idosos.

Considere as modificações específicas do envelhecimento e repercussões sobre fatores nutricionais descritas no quadro.


A combinação correta entre as colunas é:

(A) 1D, 2A, 3B, 4C.
(B) 1C, 2D, 3A, 4B.
(C) 1B, 2A, 3D, 4C.
(D) 1C, 2A, 3D, 4B.
(E) 1D, 2A, 3C, 4B.

RESPOSTA.

QUESTÃO 32
USP 2019: Com relação à triagem nutricional, considere as seguintes afirmações:

I. Quando realizada em até 72h da admissão hospitalar, impede a desnutrição.

II. Contempla ummaior número de doentes do que a avaliação nutricional.

III. Detecta o risco nutricional sem classificar o estado nutricional.

IV. Deve ser aplicada por profissionais treinados após a avaliação nutricional.

Está correto apenas o que se afirma em

(A) I e III.
(B) I, II e IV.
(C) II, III e IV.
(D) I e IV.
(E) II e III.

RESPOSTA.

QUESTÃO 33
USP 2019: A alimentação complementar deve ser oportunamente introduzida a partir dos seis meses de idade do bebê. Com relação às práticas alimentares nessa fase, é correto afirmar que

(A) os alimentos complementares oferecidos com consistência mais espessa favorecem maior densidade energética que sopas ou outros líquidos.

(B) a manutenção de horários rígidos para a realização das refeições é crucial para o desenvolvimento das sensações de fome e saciedade pelo bebê.

(C) a prática de peneirar alimentos complementares é importante até a erupção dos primeiros dentes decíduos do bebê, os quais habilitam o processo de trituração.

(D) a oferta de leite materno deve ser suspensa nos primeiros dias de alimentação complementar visto que a capacidade gástrica do bebê é limitada.

(E) o preparo dos alimentos oferecidos ao bebê deve ser separado do restante da família até os primeiros 24 meses de vida.

RESPOSTA.

QUESTÃO 34
USP 2019: A Rede de Atenção à Saúde (RAS) constitui uma organização dos serviços de saúde que visa à garantia da integralidade do cuidado e se caracteriza pelas relações horizontais entre os pontos de atenção, a partir da ordenação da Atenção Primária à Saúde (APS).

Considere as seguintes afirmações:

I. O reconhecimento do direito à alimentação adequada é um elemento fundamental na humanização do cuidado e promoção de saúde nos diferentes pontos de atenção da RAS.

II. O monitoramento da situação de saúde e nutrição da população promove a identificação de necessidades e a resolutividade do cuidado, seja na atenção básica ou na coordenação a outros pontos da rede de atenção à saúde.

III. Na organização da RAS, a promoção da saúde é atributo da atenção básica e o cuidado nutricional é atributo específico dos serviços especializados.

Sobre o cuidado nutricional e a promoção de alimentação saudável na RAS, está correto apenas o que se afirma em

(A) I.
(B) III.
(C) I e III.
(D) I e II.
(E) II e III.

RESPOSTA.

QUESTÃO 35
USP 2019: O estudo DASH (Dietary Approachs to Stop Hypertension) foi um estudo multicêntrico, randomizado, cujo foco principal foi verificar o efeito de uma dieta sobre a pressão arterial. As características da dieta que foram relacionadas com a diminuição dos níveis pressóricos são:

(A) rica em cálcio, magnésio, potássio, fibras e teores reduzidos de gordura saturada e colesterol.

(B) rica em vitamina E, cálcio, fósforo e magnésio, hipossódica, hiperproteica e pobre em colesterol.

(C) com baixos teores de cálcio, ferro, hiperproteica e rica em fibras e gordura monoinsaturada.

(D) rica em magnésio e fósforo, hipossódica, normoproteica e pobre em gordura saturada e colesterol.

(E) pobre em cálcio e fósforo, rica em potássio, cobre e magnésio, hiperproteica e hipogordurosa.

RESPOSTA.

QUESTÃO 36
USP 2019: Os portadores de síndrome do intestino curto costumam apresentar um conjunto de sinais e sintomas clínicos, como diarreia crônica, desidratação, distúrbios eletrolíticos, perda de peso e desnutrição. Com relação à dieta recomendada para essa patologia, é correto afirmar:

(A) A terapia de nutrição enteral é a via de nutrição preferencial na fase inicial da doença, período caracterizado por diarreia maciça.

(B) A água de coco verde é indicada para hidratação oral de pacientes logo após a ressecção intestinal.

(C) A realimentação oral pode ser retomada gradativamente, respeitando a tolerância individual, assim que haja estabilização das perdas hidroeletrolíticas e controle das perdas fecais.

(D) A ingestão de fibras solúveis é estimulada na alta hospitalar para aumentar o peristaltismo.

(E) A adição de gordura é feita antes da proteína para aumentar a oferta calórica, preferindo‐se o triglicérides de cadeia média.

RESPOSTA.

QUESTÃO 37
USP 2019: A insuficiência cardíaca é uma doença crônica de alta mortalidade. Apesar de ainda não haver consenso sobre a ingestão ótima de sódio, a restrição de sal costuma ser indicada aos pacientes com insuficiência cardíaca porque

(A) contribui para reduzir descompensação da doença, sobrecarga de fluidos e edema.

(B) inibe o hipermetabolismo gerado pelas citocinas pro‐ inflamatórias e catecolaminas.

(C) pode aumentar os marcadores de melhor prognóstico a longo prazo.

(D) promove balanço hídrico negativo e balanço nitrogenado e energético positivo.

(E) a necessidade de sódio nesses pacientes é menor do que em indivíduos saudáveis.

RESPOSTA.

QUESTÃO 38
USP 2019: O profissional de saúde, ao propor um tratamento, deve reconhecer a singularidade e a complexidade do ser humano e oferecer a melhor terapêutica para reestabelecer sua saúde, seja em relação à técnica clínica ou à observação de suas necessidades físicas, psicológicas ou sociais.

Essa afirmação refere‐se ao seguinte princípio da bioética:

(A) Beneficência.
(B) Autonomia.
(C) Informação.
(D) Justiça.
(E) Equidade.

RESPOSTA.

QUESTÃO 39
USP 2019: A segunda edição do Guia Alimentar para a População Brasileira reviu as recomendações para uma alimentação adequada e saudável face às transformações vivenciadas pela sociedade. Um dos cinco princípios que norteiam a elaboração desse guia é:

(A) A complexa relação entre as dimensões biológica, social e cultural da alimentação e da saúde demanda um conhecimento baseado em estudos clínicos.

(B) A alimentação é mais que a ingestão de nutrientes e inclui os alimentos, como estes são combinados entre si e preparados, o modo de comer e as dimensões culturais e sociais das práticas alimentares.

(C) O acesso a informações sobre os determinantes da alimentação adequada e saudável restringe a autonomia individual e coletiva para fazer as escolhas alimentares.

(D) A substituição dos alimentos in natura ou minimamente processados por produtos industrializados deve ser estimulada, diante do aumento de doenças crônicas relacionadas à alimentação.

(E) A alimentação adequada e saudável implica formas de produção e distribuição dos alimentos que protejam os recursos naturais e a biodiversidade como a monocultura e a agricultura mecanizada.

RESPOSTA.

QUESTÃO 40
USP 2019: A nutrição enteral precoce do paciente crítico, nas primeiras 24‐48 h, é recomendada pelas principais diretrizes internacionais porque

(A) está associada a melhor balanço nutricional e menor risco de translocação bacteriana.

(B) aumenta a hipotrofia intestinal e a permeabilidade da mucosa intestinal.

(C) contribui para a redução de complicações como hiperglicemia e distensão abdominal.

(D) diminui a produção de hormônios anabólicos como insulina e hormônio do crescimento.

(E) previne a perda de massa magra mesmo no paciente instável hemodinamicamente.

RESPOSTA.

QUESTÃO 41
USP 2019: O atendimento ético por meio de uma relação solidária e de confiança, pautado na escuta qualificada com a avaliação de risco dos usuários em cada ponto de acesso do sistema de saúde, para garantir a atenção integral, resolutiva e responsável, define a diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH) denominada

(A) Clínica ampliada.
(B) Valorização do trabalhador.
(C) Transversalidade.
(D) Acolhimento.
(E) Defesa dos direitos do usuário.


QUESTÃO 42
USP 2019: A atenção à saúde das pessoas com doenças crônicas tem demandado ao SUS a organização de oferta continuada de cuidados para promoção da saúde e prevenção de complicações por meio de atendimento oportuno e resolutivo.

Considerando a organização do cuidado de pessoas com sobrepeso e obesidade dentro de uma Rede de Atenção à Saúde, com base na estratificação de risco, um paciente obeso (IMC entre 30 e 40 kg/m²) sem comorbidades, deve ter o seguimento de saúde realizado idealmente pela equipe de saúde

(A) de referência da atenção básica.
(B) multiprofissional especializada hospitalar.
(C) multiprofissional especializada ambulatorial.
(D) matricial da atenção básica.
(E) da atenção básica com apoio matricial.


QUESTÃO 43
USP 2019: O tipo de sistema de distribuição de refeições é importante para o planejamento de uma Unidade de Alimentação e Nutrição Hospitalar. Em relação ao sistema centralizado de distribuição, é correto afirmar:

(A) Todas as refeições são preparadas e porcionadas na cozinha, possibilitando melhor acompanhamento das sobras.

(B) Todas as refeições são preparadas e porcionadas nas copas de apoio, possibilitando melhor acompanhamento das sobras.

(C) Todas as refeições são preparadas na cozinha e transportadas para porcionamento nas copas de apoio, possibilitando maior agilidade na distribuição.

(D) As refeições principais são preparadas e porcionadas na cozinha e os líquidos são porcionados nas copas de apoio, possibilitando maior agilidade na distribuição.

(E) Todas as refeições são preparadas e porcionadas nas copas de apoio, possibilitando maior agilidade na distribuição.


QUESTÃO 44
USP 2019: A terapia nutricional para pacientes renais crônicos em hemodiálise tem como objetivo recuperar ou manter o estado nutricional do paciente, dessa forma as orientações incluem a

(A) restrição proteica e o uso preferencial de proteínas vegetais.

(B) suplementação de vitaminas lipossolúveis para repor as perdas durante a hemodiálise.

(C) ingestão normal de líquidos para promover uma melhor qualidade de vida do paciente.

(D) restrição de sódio com redução de ingestão de alimentos processados e industrializados.

(E) suplementação de cálcio, fósforo e potássio para reduzir risco de doenças ósseas.


QUESTÃO 45
USP 2019: A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) foi aprovada no ano de 1999 e atualizada em 2012 com o objetivo de tornar‐se um referencial para as ações de alimentação e nutrição no Sistema Único de Saúde brasileiro. Sobre a PNAN é correto afirmar que

(A) sua atualização resultou no reconhecimento da alimentação como Direito Social Básico do ser humano através da publicação da Emenda Constitucional nº 64.

(B) o conceito de intersetorialidade adotado por ela refere‐se às ações de promoção de alimentação saudável realizadas pelas equipes de saúde nas escolas.

(C) a participação e o controle social compõem a diretriz relacionada à ampliação do diálogo entre população e governo em seus processos decisórios.

(D) as ações desenvolvidas nos Centros Colaboradores de Alimentação e Nutrição destinam‐se à garantia da inocuidade e qualidade nutricional dos alimentos em toda a cadeia produtiva.

(E) sua implantação e seu financiamento constituem responsabilidade exclusiva do gestor municipal, juntamente com a expansão das equipes de atenção básica.


QUESTÃO 46
USP 2019: A definição de Segurança Alimentar e Nutricional adotada no Brasil incorporou um conceito relacionado ao direito das nações de preservar suas práticas alimentares tradicionais e de definir seu próprio sistema alimentar. Esse conceito se refere a

(A) vigilância alimentar.
(B) regulação dos alimentos.
(C) comunidades tradicionais.
(D) atenção nutricional.
(E) soberania alimentar.


QUESTÃO 47
USP 2019: O monitoramento de rotina das práticas de consumo alimentar colabora com o diagnóstico da situação alimentar e nutricional dos indivíduos e da população e, ao mesmo tempo, fornece dados para o planejamento e a organização do cuidado. Em relação à utilização dos formulários de marcadores de consumo nos serviços de Atenção Básica, é correto afirmar que

(A) as questões referem‐se aos alimentos ingeridos na última semana.

(B) os formulários podem ser aplicados por profissionais de saúde, independentemente de sua formação.

(C) as orientações sobre alimentação adequada e saudável devem ser realizadas pelo nutricionista.

(D) as informações coletadas permitem uma avaliação quantitativa da alimentação.

(E) os alimentos estão agrupados em blocos segundo o tipo de processamento.


QUESTÃO 48
USP 2019: Segundo a Política Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão no Sistema Único de Saúde (HumanizaSUS), a organização do processo de trabalho e da atenção oferecida nos diversos pontos da rede de atenção à saúde deve ser realizada idealmente por equipes multidisciplinares com atuação transdisciplinar. Este tipo de equipe se caracteriza por

(A) relações hierárquicas entre os profissionais.
(B) autonomia técnica plena de saberes.
(C) corresponsabilidade entre os integrantes.
(D) independência de projetos assistenciais.
(E) justaposição das ações.


QUESTÃO 49
USP 2019: A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) propõe o desenvolvimento de ações ordenadas entre o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e o Sistema Único de Saúde para fortalecer, no contexto de rede de atenção à saúde, o enfrentamento dos agravos à saúde sob a ótica de seus determinantes sociais. Esta premissa da PNAN se refere à diretriz:

(A) formação técnica de recursos humanos em nutrição.
(B) regulação de alimentos in natura e industrializados.
(C) pesquisa, inovação em alimentação e nutrição.
(D) cooperação e articulação para a segurança alimentar e nutricional.
(E) estímulo à produção da agricultura familiar.


QUESTÃO 50
USP 2019: As pesquisas sobre a alimentação mostram mudanças significativas no padrão alimentar da população brasileira. Atualmente, observa‐se que,

(A) na adolescência, há uma melhoria do padrão da dieta com aumento do consumo de feijão, saladas e verduras em geral.

(B) na população, o consumo de frutas e hortaliças se manteve estável, contrapondo à elevação da ingestão de alimentos ultraprocessados.

(C) devido à menor frequência de consumo de alimentos com baixa qualidade nutricional, o aumento da renda das famílias se reverte em melhoria na dieta.

(D) no meio rural, a dieta sofre influência do padrão urbano, caracterizado por um maior consumo de alimentos industrializados.

(E) em todas as regiões do país, observam‐se uma recuperação dastradições alimentares e o resgate da identidade cultural.

Prova de Nutrição para Residência USP 2019 com Gabarito Prova de Nutrição para Residência USP 2019 com Gabarito Reviewed by Redação on novembro 22, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.