USP 2019: De acordo com a Lei 10.216, a internação psiquiátrica involuntária

USP 2019: De acordo com a Lei 10.216, a internação psiquiátrica involuntária

(A) é determinada pela Justiça, a partir do pedido de familiares ou da avaliação de periculosidade.

(B) pode ser autorizada pelo enfermeiro ou psicólogo responsável pelo serviço de saúde mental.

(C) é determinada pelo médico e pela Justiça, com o consentimento do usuário.

(D) deve ser comunicada ao Ministério Público Estadual no prazo de 72 horas.

(E) é determinada pelo médico plantonista, com o consentimento do usuário e dos familiares.

QUESTÃO ANTERIOR:
USP 2019: Considere os seguintes direitos atribuídos, no Brasil, à pessoa portadora de transtorno mental

RESPOSTA:
(D) deve ser comunicada ao Ministério Público Estadual no prazo de 72 horas.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- USP 2019: A prática do psicólogo sofreu modificações nas últimas décadas, principalmente pela interação entre a Psicologia e Políticas Públicas.
USP 2019: De acordo com a Lei 10.216, a internação psiquiátrica involuntária USP 2019: De acordo com a Lei 10.216, a internação psiquiátrica involuntária Reviewed by Redação on novembro 15, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.