SANTA CASA 2018: 1 Dia - Q01 - É interessante notar que em diversas ocasiões as dispersões...

SANTA CASA 2018: 1ª Dia - Questão 01

É interessante notar que em diversas ocasiões as dispersões de plantas e animais domesticados estiveram profundamente ligadas. Um bom exemplo é o caso do bicho-da-seda (Bombix mori) e da amoreira-branca (Morus alba). O bicho-daseda se alimenta preferencialmente de folhas da amoreira-branca e essa planta produz uma série de alcaloides que são tóxicos para outras lagartas, mas não para o Bombix mori. Tudo indica que, ao longo da evolução, as lagartas e a amoreira se engajaram em uma “corrida armamentista”.
(www.cienciahoje.org.br, 10.08.2016. Adaptado.)

a) Qual a relação ecológica interespecífica que se estabelece entre a lagarta Bombix mori e a amoreira Morus alba? Qual a importância dos alcaloides para a amoreira Morus alba?

b) Como os alcaloides produzidos pela M. alba contribuíram, ao longo da evolução, para a atual existência de lagartas resistentes a essas substâncias?

santa-casa-2018-1-dia-questao-01

Respostas:
a) Herbivorismo. A produção dos alcaloides pela amoreira Morus alba diminui a quantidade de animais que se alimentam das suas folhas.

b) Os alcaloides produzidos pela M. alba selecionaram as variedades de lagartas resistentes. Trata-se de um caso de seleção natural direcional.

Próxima questão:
SANTA CASA 2018: 1 Dia - Q01 - É interessante notar que em diversas ocasiões as dispersões... SANTA CASA 2018: 1 Dia - Q01 - É interessante notar que em diversas ocasiões as dispersões... Reviewed by Redação on fevereiro 07, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.