UNESP 2017: 2ª fase. Q01 - Empunhando Durendal, a cortante...

UNESP 2017: 2ª fase. Questão 01 - Ciências Humanas

Empunhando Durendal, a cortante,
O rei tirou-a da bainha, enxugou-lhe a lâmina
Depois cingiu-a em seu sobrinho Rolando
E então o papa a benzeu.
O rei disse-lhe docemente, rindo:
"Cinjo-te com ela, desejando
Que Deus te dê coragem e ousadia,
Força, vigor e grande bravura
E grande vitória sobre os infiéis.”
E Rolando diz, o coração em júbilo:
"Deus mo conceda, pelo seu digno comando."
(La Chanson d’Aspremont, século XII. Apud Georges Duby. A Europa na Idade Média, 1988.)

a) Qual é a cerimônia medieval descrita no texto? Identifique dois versos do texto que contenham elementos religiosos.

b) Qual é a relação entre o rei e Rolando, personagens do poema? O que essa relação representa no contexto do feudalismo?

Questão anterior:
- UNESP 2017: 1º fase.
- Questão 90 - Renata escolhe aleatoriamente um número real de – 4 a 2 e diferente de zero.
Respostas (OBJETIVO):

a) Cerimônia descrita no texto: armação de um cavaleiro. Versos do texto que contenham elementos religiosos: “E então o papa a benzeu”; “Que Deus te dê coragem e ousadia (...) E grande vitória sobre os infiéis”; “Deus mo conceda”.

b) Relação de suserania e vassalagem. No contexto do feudalismo, essa relação estabelece compromis - sos recíprocos de apoio e lealdade entre o rei e os nobres, necessários à sustentação político-militar do sistema feudal.

Respostas (Oficina do Estudante):
a) Essa é a famosa cerimônia de Homenagem em que o rei consagra seu cavaleiro como seu vassalo, reconhecendo os feitos deste e estabelecendo entre ambos uma relação de suserania e vassalagem. As passagens que possuem elementos religiosos são as seguintes: “E então o papa a benzes”, “Que Deus te dê coragem e ousadia” e “E grande vitória sobre os infiéis” e, por fim, “Deus mo conceda, pelo seu digno comando”.

b) Como o próprio texto coloca, a lenda coloca Rolando como sobrinho e cavaleiro do rei franco Carlos Magno. É importante lembrar que a sociedade medieval se dividia em estamentos, uma estrutura rigidamente definida pelo pertencimento do indivíduo a uma ordem estabelecida em geral de acordo com seu nascimento e origem. Dentro desse contexto, as cerimônias de suserania e vassalagem garantiam à nobreza a possibilidade de manutenção de seus descendentes na mesma ordem, graças ao seu caráter simétrico.

Próxima questão:
- Questão 02 - Examine a tabela.
UNESP 2017: 2ª fase. Q01 - Empunhando Durendal, a cortante... UNESP 2017: 2ª fase. Q01 - Empunhando Durendal, a cortante... Reviewed by Redação on fevereiro 06, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.