Questões de Interpretação do Texto 'Fotografia e Autoimagem' com Gabarito

questoes-de-interpretacao-do-texto-fotografia-e-autoimagem-com-gabarito
Questões de Interpretação do Texto 'Fotografia e Autoimagem' com Gabarito

FOTOGRAFIA E AUTOIMAGEM
ELLEN PEDERÇANE

A fotografia há muito é um recurso de memória, seja de cunho coletivo, histórico, registro documental ou pessoal. É memória, testemunho de uma época, de um acontecimento ou apenas recordação de um momento importante de história pessoal/familiar. A cada dia expande seu campo de ação e amplia seus significados, valores e funções. Hoje, um peso que vem ganhando notoriedade é o da autocontemplação. Do indivíduo perdido nesse cotidiano acelerado do século XXI permitindo-se parar e se observar ao ser fotografado.

Com o surgimento da fotografia digital, a proximidade dela com a população ganhou uma nova perspectiva. E seja de forma artística ou comercial, a possibilidade de ser retratado por um profissional é maior hoje do que há 20 anos. E essa proximidade da fotografia com o cidadão comum, entre outros quesitos, tem cumprido esse papel reflexivo: quem somos em meio a toda essa loucura que vivemos. O quanto nos olhamos dentro desse furacão.

Um simples ensaio fotográfico pode mexer seriamente com nossa autoestima. Agora, a fotografia é a cura da baixa-estima? Não é isso. Todavia, uma nova relação consigo mesmo, com seu corpo, com sua imagem é um pontapé importante para esses encontros constantemente adiados entre nós e nós mesmos. Estar “confortável” dentro do corpo que possuímos é um passo importante na caminhada de descoberta das incontáveis belezas que carregamos dentro de nós.

Outro fator interessante que nasce dessa proximidade é a quebra (mesmo que ainda de forma tímida) de padrões. Propagandas, comerciais, cinema, tantas informações que nos dizem como nosso corpo deve ser, deixa tão distante de nós o direito de saber o valor, a beleza e sensualidade que todos carregamos. O crescimento do ensaio boudoir* toca especialmente nesse ponto. São pessoas descobrindo sua beleza, suas nuances, se deliciando por ser quem se é, com suas curvas, sem preocupação com a perfeição. É um ensaio extremamente delicado e de um resultado tão positivo. É um leve grito de resistência num mar de padrões hipócritas. Todos têm de conhecer e reconhecer sua beleza e celebrá-la a qualquer hora. Um ensaio com essas características tem um papel também social, psicológico, um olhar que trata de inserir as pessoas e não as excluir ainda mais.

Um trabalho sensível, delicado, que exige tato do profissional. Uma experiência especial para o retratado e para o fotógrafo. Trabalhar com público e padrões fica mais interessante quando a proposta é ir além do senso comum. Tocar vidas e colaborar, mesmo com uma pequena porcentagem, da relação de autoamor que o retratado vive é apenas incrível. É aquele bônus de fazer um bom trabalho. É o bônus de compreender esses novos papéis da fotografia na atualidade. É aquele bônus de se ter um trabalho humano, atencioso, buscando olhar além do que somos “treinados” a olhar.

* Boudoir: Ensaio fotográfico sensual que mostra a intimidade , muitas vezes, de forma despretensiosa, contribuindo para a melhora da autoestima e da afirmação do corpo.
Retirado e adaptado de: http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/fotografia-e-autoimagem.html. Acesso em: 13 ago. 2018.



QUESTÃO 01
(aocp) No texto “Fotografia e Autoimagem”, qual é o tema discutido?

(A) O texto defende a ideia de que devemos cada vez mais tirar fotos nossas, como as selfies, e nutrir admiração somente por nós mesmos e não pelos outros, pois isso aumenta nossa autoestima.

(B) O texto reflete e discute sobre as principais peculiaridades da fotografia na atualidade e como o registro da nossa própria imagem pode ser benéfico para a autoestima pessoal.

(C) A autora revela um grande problema que a atualidade enfrenta: a prática de fotografar, que vem sendo esquecida pelo tempo e, assim, deixando de perpetuar as memórias visuais que vivemos.

(D) O texto faz uma crítica às fotografias, pois elas não são consideradas importantes para a imagem que se pode construir das pessoas.

(E) O texto faz um apelo às pessoas para que passem a analisar as fotografias feitas de si mesmas, a fim de que possam perceber incorreções e defeitos para que se possam melhorá-los.

RESPOSTA.

QUESTÃO 02
(aocp) Assinale a alternativa em que as palavras apresentam o mesmo sentido que o termo destacado em “[No ensaio fotográfico] são pessoas descobrindo sua beleza, suas nuances, se deliciando por quem se é, com suas curvas, sem preocupação com a perfeição”.

(A) Emoções/atitudes.
(B) Problemas/transtornos.
(C) Formas/feições/contornos.
(D) Defeitos/cicatrizes/imperfeições.
(E) Anseios/sonhos.

RESPOSTA.

QUESTÃO 03
(aocp) Assinale a alternativa que apresenta o significado da palavra destacada em: “Hoje, um peso que vem ganhando notoriedade é o da autocontemplação”.

(A) Estado de visibilidade, publicidade, representatividade.
(B) Qualidade de ser original.
(C) Característica do que vem se tornando inferior.
(D) Propriedade do que é intelectualmente inteligente.
(E) Natureza de algo ou alguém íntegro.

RESPOSTA.

QUESTÃO 04
(aocp) De acordo com a ortografia na Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta.

(A) O plural de “cidadão” é “cidadões”.

(B) “Tem” e “têm”, conjugações do verbo “ter”, indicam a mesma pessoa do discurso a quem se direcionam.

(C) Os seguintes termos podem ser grafados das duas formas apresentadas: “quesitos/ quezitos” e “mexer/mecher”.

(D) A palavra a seguir pode apresentar as duas formas ortográficas: “auto estima” e “autoestima”.

(E) A palavra “bônus” possui a mesma grafia, tanto no singular quanto no plural.

RESPOSTA.

QUESTÃO 05
(aocp) De acordo com a acentuação gráfica das palavras na Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta.

(A) “Confortável” é acentuada por ser uma palavra proparoxítona.

(B) “Psicológico” é acentuada por ser uma palavra paroxítona terminada em “o”.

(C) “Sensível” é acentuada por ser uma palavra oxítona terminada em “l”.

(D) “Bônus” é acentuada por ser uma palavra paroxítona terminada em “us”.

(E) “Há” é exemplo de um monossílabo que possui acento opcional.

RESPOSTA.

QUESTÃO 06
(aocp) Considerando as regras referentes à pontuação e sua função em cada contexto, assinale a alternativa correta.

(A) Em “E essa proximidade da fotografia com o cidadão comum, entre outros quesitos, tem cumprido esse papel reflexivo: quem somos em meio a toda essa loucura que vivemos”, a pontuação em destaque introduz um complemento da ideia apresentada.

(B) Em “É memória, testemunho de uma época, de um acontecimento ou apenas recordação de um momento importante de história pessoal / familiar”, a pontuação destacada indica que, ao final da frase, o leitor pode optar por uma das duas opções: pessoal ou familiar, de acordo com o contexto.

(C) Em “Agora, a fotografia é a cura da baixaestima?” a pontuação destacada indica uma finalização exclamativa dentro do contexto.

(D) Em “Outro fator interessante que nasce dessa proximidade é a quebra (mesmo que ainda de forma tímida) de padrões”, a pontuação em destaque informa ao leitor que ele deve ignorar o trecho entre os parênteses.

(E) Em “É aquele bônus de se ter um trabalho humano, atencioso, buscando olhar além do que somos “treinados” a olhar”, a pontuação em destaque indica que essa é uma palavra comum que pode ser usada em vários contextos sem diferenciação.

RESPOSTA.

QUESTÃO 07
(aocp) De acordo com a formação de palavras na Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta.

(A) A palavra “caminhada” é formada pelo prefixo “caminh” + radical “ada”, caracterizando-se como uma derivação prefixal.

(B) A palavra “artística” é formada pelo prefixo “art” + sufixo “istica”, caracterizando-se como uma derivação sufixal.

(C) A palavra “reconhecimento” é formada pelo prefixo “re”+ radical “conhec” + sufixo “imento”, portanto é uma palavra com derivação prefixal e sufixal.

(D) A palavra “incontáveis” é uma palavra formada por dois radicais “incont” + “áveis”, portanto, é uma palavra com composição por justaposição.

(E) A palavra “expande” é formada por prefixo “ex” + radical “pande”, caracterizando-se como uma derivação prefixal.

RESPOSTA.

QUESTÃO 08
(aocp) De acordo com a regência verbal e nominal na Língua Portuguesa, considere o trecho a seguir e assinale a alternativa correta:

“Um trabalho sensível, delicado, que exige tato do profissional. Uma experiência especial para o retratado e para o fotógrafo. Trabalhar com público e padrões fica mais interessante quando a proposta é ir além do senso comum. Tocar vidas e colaborar [...] é aquele bônus de fazer um bom trabalho [...], buscando olhar além do que somos “treinados” a olhar”.

(A) Todas as preposições no trecho indicam regências nominais.

(B) São exemplos de regência nominal o uso de preposições como “para”, “de” e “com” no trecho.

(C) Há regência verbal na frase “Uma experiência especial para o retratado e para o fotógrafo.”

(D) Em “Um trabalho sensível, delicado, que exige tato do profissional”, não há regência verbal, nem nominal.

(E) É exemplo de uma frase com regência nominal e verbal “Trabalhar com público e padrões fica mais interessante quando a proposta é ir além do senso comum.”

RESPOSTA.

QUESTÃO 09
(aocp) Assinale a alternativa que apresenta a colocação pronominal em posição de ênclise, justificada pelo uso do verbo no gerúndio, tendo em vista os pronomes destacados.

(A) “E essa proximidade da fotografia com o cidadão comum, entre outros quesitos, tem cumprido esse papel reflexivo: quem somos em meio a toda essa loucura que vivemos. O quanto nos olhamos dentro desse furacão.

(B) “[...] um peso que vem ganhando notoriedade é o da autocontemplação. Do indivíduo perdido nesse cotidiano acelerado do século XXI permitindo-se parar e se observar ao ser fotografado”.

(C) “Todos têm de conhecer e reconhecer sua beleza e celebrá-la a qualquer hora”.

(D) “Um ensaio com essas características tem um papel também social, psicológico, um olhar que trata de inserir as pessoas e não as excluir ainda mais”.

(E) “Propagandas, comerciais, cinema, tantas informações que nos dizem como nosso corpo deve ser [...]”.

RESPOSTA.

QUESTÃO 10
(aocp) Em relação à Morfologia e às classes de palavras na Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta.

(A) Em “Um trabalho sensíveldelicado, que exige tato do profissional”, os termos destacados são advérbios, indicando o modo como é feito o trabalho do profissional.

(B) Em “A fotografia há muito é um recurso de memória, seja de cunho coletivo, histórico, registro documental ou pessoal”, a palavra destacada é um adjetivo no contexto, pois caracteriza o tipo de memória sobre a fotografia.

(C) Em “Hoje, um peso que vem ganhando notoriedade é o da autocontemplação”, a palavra destacada é um substantivo simples.

(D) Em “Trabalhar com público e padrões fica mais interessante quando a proposta é ir além do senso comum”, a palavra destacada é um verbo conjugado no infinitivo, perceptível pela terminação “r”.

(E) Em “Com o surgimento da fotografia digital, a proximidade dela com a população ganhou uma nova perspectiva”, os termos destacados são ambos artigos definidos femininos, designando cada qual o seu complemento.

Questões de Interpretação do Texto 'Fotografia e Autoimagem' com Gabarito Questões de Interpretação do Texto 'Fotografia e Autoimagem' com Gabarito Reviewed by Redação on outubro 02, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.