FGV-SP 2019: As cobras-do-milho, Pantherophis sp, apresentam a pigmentação da pele decorrente da atividade de dois pares

FGV-SP 2019: As cobras-do-milho, Pantherophis sp, apresentam a pigmentação da pele decorrente da atividade de dois pares de alelos autossômicos com segregação independente. O alelo A é responsável pela produção de pigmentação preta. O alelo B é responsável pela produção de pigmentação laranja. Os alelos a e b são recessivos e inativos, ou seja, não produzem nenhuma pigmentação.

Repetidos cruzamentos entre um macho todo preto e uma fêmea toda laranja geraram apenas descendentes cuja pigmentação era preta e laranja ao mesmo tempo.

Os genótipos do macho e da fêmea parentais são, respectiva e obrigatoriamente,

(A) aaBB e AAbb.
(B) Aabb e aaBb.
(C) aaBb e Aabb.
(D) AaBb e AaBb.
(E) AAbb e aaBB.

QUESTÃO ANTERIOR;
FGV-SP 2019: A preservação dos ecossistemas é fundamental para o equilíbrio ambiental. As paisagens naturais da Região Sudeste do Brasil apresentam atualmente, em vez de grandes áreas florestadas, pequenos fragmentos florestais dispersos, o que pode levar inúmeras espécies vegetais e animais à extinção.

GABARITO:
(E) AAbb e aaBB.

RESOLUÇÃO:

Pais: ♂ AAbb x aaBB ♀
F1: 100% AaBb preta e laranja.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- FGV-SP 2019: Uma determinada doença genética, indicada pelos símbolos preenchidos (II-3 e IV-1), apresenta o seguinte padrão de hereditariedade não autossômico.
FGV-SP 2019: As cobras-do-milho, Pantherophis sp, apresentam a pigmentação da pele decorrente da atividade de dois pares FGV-SP 2019: As cobras-do-milho, Pantherophis sp, apresentam a pigmentação da pele decorrente da atividade de dois pares Reviewed by Redação on dezembro 02, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.