(FIC-PR) As invasões sofridas pelo Brasil no século XVII, primeiro na Bahia (1624 - 1625) e depois no Nordeste (1630 -1654)

(FIC-PR) As invasões sofridas pelo Brasil no século XVII, primeiro na Bahia (1624 - 1625) e depois no Nordeste (1630 -1654), devem ser entendidas como: 

A) um reflexo direto da crise européia motivada pela ocorrência de conflitos religiosos gerados pela reforma.

B) uma tentativa de manutenção dos interesses açucareiros pela Holanda depois da união das Coroas Ibéricas.

C) uma disputa entre imperialismo inglês e batavo - a fim de controlar o transporte marítimo no Atlântico.

D) um reflexo da guerra civil das colônias americanas, o que determinou um grande afluxo de imigrantes estrangeiros.

E) um conflito para superar a crise comercial gerada pelo colapso de produção de açúcar nas Antilhas.

QUESTÃO ANTERIOR:
(UPE) A presença holandesa no Brasil colônia causa, até hoje, polêmicas entre historiadores. As controvérsias se localizam, sobretudo, em relação à atuação de Maurício de Nassau, que dirigiu os empreendimentos da Companhia das Índias Ocidentais no Brasil.

GABARITO:
B) uma tentativa de manutenção dos interesses açucareiros pela Holanda depois da união das Coroas Ibéricas.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (PUC-PR) Uma das principais conseqüências da União Ibérica (1580 - 1640) para o Brasil foi.
(FIC-PR) As invasões sofridas pelo Brasil no século XVII, primeiro na Bahia (1624 - 1625) e depois no Nordeste (1630 -1654) (FIC-PR) As invasões sofridas pelo Brasil no século XVII, primeiro na Bahia (1624 - 1625) e depois no Nordeste (1630 -1654) Reviewed by Redação on janeiro 11, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.