Encceja 2019: A partir do final da década de 1870, as novas condições econômicas

Encceja 2019: A partir do final da década de 1870, as novas condições econômicas e sociais que alteravam a realidade brasileira possibilitaram a organização do movimento abolicionista no Brasil.

A progressiva introdução do trabalho livre dos imigrantes europeus nas fazendas, a crescente urbanização e a diversificação da economia do Centro-Sul provocaram uma verdadeira divisão entre os proprietários.

Enquanto escravocratas e abolicionistas enfrentavam-se no Parlamento, proliferavam os jornais, os clubes e as associações abolicionistas, e intensificavam-se as manifestações e comícios nas ruas das cidades.
TEIXEIRA, F. M. P.; TOTINI, M. E. História econômica
e administrativa do Brasil. São Paulo:
Ática, 1991 (adaptado).

Um grupo da camada social dominante brasileira que se opôs fortemente ao movimento citado era aquele composto pelos

A) oficiais do Exército do Império.

B) cafeicultores do Vale do Paraíba.

C) industriais da cidade de São Paulo.

D) pecuaristas do sertão do Nordeste.

QUESTÃO ANTERIOR:
Encceja 2019: Na área da Floresta Amazônica, as ocupações são feitas sem respaldo econômico sustentável e, quase sempre, por meio de grilagem ou de títulos concedidos pelo Incra.

GABARITO:
B) cafeicultores do Vale do Paraíba.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- Encceja 2019: O mapa apresenta uma divisão do mundo que prevaleceu durante boa parte do século XX e que considerava o aspecto

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova Encceja 2019 - Ciências da Natureza - Ensino Médio - com Gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários