(IFCE 2020) Nos últimos meses o Nordeste tem enfrentado o maior desastre ambiental relativo à derramamento de óleo no litoral

(IFCE 2020) Nos últimos meses o Nordeste tem enfrentado o maior desastre ambiental relativo à derramamento de óleo no litoral, estando tomado de manchas de petróleo que estão se espalhando pelos principais pontos turísticos da região, como as praias de Ponta Grossa, Redoma e Jericoacoara, no Ceará, Boa Viagem, Porto de Galinhas e Praia dos Carneiros, no Recife, e a Foz do Rio São Francisco, em Sergipe.

Em setembro, as manchas negras já tinham atingido 99 locais em 46 municípios de 8 estados, de acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), conforme o G1 de 26 de set. de 2019.

A maior parte (41%) está no Rio Grande do Norte (veja a situação por estado mais abaixo).

Manchas de óleo em praias do Nordeste

A imagem acima reproduz as áreas onde foram identificadas manchas de óleo no Nordeste brasileiro. É correto afirmar-se que a imagem

A) se configura como um mapa, por apresentar características como representação plana em pequena escala, com legendas e escala bem definida.

B) não se configura como um mapa, por inexistirem informações como legenda, escala, orientação e projeção cartográfica.

C) se configura como uma carta, por apresentar características como representação plana, com escala média e desdobramento em folhas articuladas de maneira sistemática.

D) não se configura como carta, por existirem informações como título, legenda, escala, orientação e projeção cartográfica.

E) se configura como uma planta, por apresentar características como representação plana, com escala grande e desdobramento em folhas articuladas de maneira sistemática.

QUESTÃO ANTERIOR:
(IFCE 2020) A rede urbana do Ceará é composta por

GABARITO:
B) não se configura como um mapa, por inexistirem informações como legenda, escala, orientação e projeção cartográfica.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (IFCE 2020) O mês de agosto moveu as atenções do mundo inteiro para a Amazônia. A maior floresta tropical do mundo registrou um aumento de 196% dos focos de incêndio em relação ao mesmo período no ano anterior.

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova IFCE 2020.1 (Subsequente) com Gabarito

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.