(Unichristus 2020) No fragmento “Por isso, ressaltamos a importância de as pessoas conversarem com seus familiares...”

Texto para as questões de 01 a 05.

A Campanha “Setembro Verde” é alusiva ao Dia Nacional da Doação de Órgãos (27 de setembro). Considerando que o verde é adotado, em todo mundo, como a cor símbolo da Doação de Órgãos, durante o mês de setembro, o ESPAÇO RAFAH receberá, em sua fachada, a iluminação nesta cor, como demonstração de adesão à campanha e de solidariedade às pessoas que necessitam de um transplante.

O Setembro Verde, que é realizado em todo país, é o mês que incentiva o debate sobre a doação e o transplante de órgãos. Ao longo de todo o mês de setembro, acontecerão ações para conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos.

Para se tornar um doador de órgãos, basta comunicar à sua família. A doação só ocorre com autorização dos parentes que são mais próximos. Por isso, ressaltamos a importância de as pessoas conversarem com seus familiares e expressarem o desejo de se tornarem doadores após a morte.

Atualmente, a negativa familiar é o principal motivo para a não doação. O objetivo da campanha é incentivar o cidadão a declarar para seus familiares e amigos a intenção de ser um doador.

Podem ser doados rins, coração, pulmões, fígado, pâncreas e tecidos, como ossos, tendões, pele, córneas e valvas cardíacas, ou seja, um único doador pode salvar até dez vidas.
Disponível em: <http://radios.ebc.com.br/tarde-nacional>.
Acesso em: 10 set. 2019.

QUESTÃO 02
(Unichristus 2020) No fragmento “Por isso, ressaltamos a importância de as pessoas conversarem com seus familiares...” (Ls. 15 a 17), a expressão sublinhada faz referência

A) à necessidade da aprovação dos parentes mais próximos para que haja a doação de órgãos.

B) à obrigatoriedade de a pessoa declarar que é um doador oficial para que a doação de órgãos aconteça.

C) à obrigatoriedade tanto da declaração do paciente que é um doador quanto da declaração de sua filiação à campanha “Setembro Verde”.

D) ao fato de um mesmo doador poder doar até para dez pessoas diferentes.

E) ao fato de a negação, por parte da família, não interferir na doação de órgãos.

QUESTÃO ANTERIOR:
(Unichristus 2020) De acordo com o texto,

GABARITO:
A) à necessidade da aprovação dos parentes mais próximos para que haja a doação de órgãos.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (Unichristus 2020) Assim como nesse trecho, respeita também plenamente a norma gramatical relativa ao emprego do acento indicativo de crase o seguinte comentário relativo ao tema abordado no texto

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova Unichristus 2020.2 (Medicina) com Gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários