ENADE: João, um jovem com 21 anos de idade, procurou o serviço de fisioterapia duas semanas

ENADE: João, um jovem com 21 anos de idade, procurou o serviço de fisioterapia duas semanas após ter-se submetido a uma cirurgia de substituição de ligamento cruzado anterior (LCA) por feixe de tendão patelar.

Pelo fato de o joelho estar imobilizado por uma semana, o paciente apresentava redução importante da força muscular para flexão e extensão e encontrava-se com 33º de flexão de joelho. Além disso, faltavam apenas 3º para a extensão total dessa articulação.

Considerando a abordagem terapêutica para o caso clínico acima descrito, assinale a opção que apresenta uma conduta inadequada.

A) João precisa ser orientado a utilizar órtese bloqueadora em extensão, para aliviar os movimentos em flexão.

B) Há necessidade de João ser orientado a realizar exercícios em cadeia cinética aberta, para se favorecer o estresse ligamentar, durante o período de quatro a seis semanas após a operação, e, com isso, estimular-se o reparo tendíneo.

C) Durante as contrações isométricas em extensão ativa do joelho, o uso de um manguito de esfigmomanômetro colocado na região posterior do joelho de João proporcionará feedback importante.

D) A estimulação elétrica é um recurso valioso para o caso de João, pois contribui para a facilitação precoce do recrutamento quadricipital e ajuda a promover maior mobilidade patelar e a prevenir a síndrome infrapatelar.

E) Os exercícios de cadeia cinética fechada permitem progressão do fortalecimento muscular, sem prejuízos do enxerto, graças às forças de compressão da articulação tibiofemoral e à co-contração de outros músculos que irão ajudar a controlar o movimento no quadril, no joelho e no tornozelo de João.

QUESTÃO ANTERIOR:

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
B) Há necessidade de João ser orientado a realizar exercícios em cadeia cinética aberta, para se favorecer o estresse ligamentar, durante o período de quatro a seis semanas após a operação, e, com isso, estimular-se o reparo tendíneo.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.