CEFET-MG: “Senhores, combatendo a ideia da emancipação direta perante o Parlamento, devo repelir uma pecha que os mais intolerantes promotores

QUESTÃO 55
CEFET-MG: “Senhores, combatendo a ideia da emancipação direta perante o Parlamento, devo repelir uma pecha que os mais intolerantes promotores da propaganda costumam lançar sobre aqueles que, como eu, têm levantado a voz para protestar energicamente contra a imprudência e precipitação com que se iniciou esta reforma. Chamam-nos de espíritos tacanhos, que não recebem os influxos da civilização. Vós, os propagandistas não passais de emissários da revolução, de apóstolos da anarquia. Os retrógrados sois vós, que pretendeis recuar o progresso do país, ferindo-o no coração, matando a sua primeira indústria, a lavoura. Não vos lembreis de que a liberdade concedida a essas massas brutas é um dom funesto; é o fogo entregue ao ímpeto.”

ALENCAR, José de. Trecho de discurso parlamentar, 1871. Apud. FREIRE, Américo e alli. História em curso. p. 209. (Adaptado).

No contexto desse discurso, o parlamentar associa

a) o avanço da educação do povo brasileiro ao processo de melhoria da tecnologia industrial.

b) a atitude irresponsável da imprensa brasileira ao populismo dos deputados nacionais.

c) o compromisso com a continuidade do regime de trabalho existente no país ao avanço econômico.

d) a introdução de modernas técnicas na agricultura nacional ao financiamento da imigração europeia.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
c) o compromisso com a continuidade do regime de trabalho existente no país ao avanço econômico.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.