CEFET-MG: Na composição intertextual do fragmento do sermão de Vieira, NÃO há

As questões de (10) a (12) referem-se ao texto abaixo, um fragmento do

Sermão pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as da Holanda, que foi proferido por Padre Antônio Vieira em maio de 1640, na Igreja de N. Sª. da Ajuda, na cidade da Bahia, e no qual o sacerdote pede a Deus que evite a iminente invasão holandesa a Salvador. Com estas palavras piedosamente resolutas, mais protestando, que orando, dá fim o Profeta Rei ao Salmo XLIII - Salmo que, desde o princípio até o fim, não parece senão cortado para os tempos e ocasião presente. O Doutor Máximo S. Jerônimo, e depois dele os outros expositores, dizem que se entende à letra de qualquer reino ou província católica, destruída e assolada por inimigos da Fé. Mas entre todos os reinos do mundo a nenhum lhe quadra melhor que ao nosso Reino de Portugal; e entre todas as províncias de Portugal a nenhuma vem mais ao justo que à miserável província do Brasil. Vamos lendo todo o Salmo, e em todas as cláusulas dele veremos retratadas as da nossa fortuna: o que fomos e o que somos.

[...]

Se as razões e argumentos da nossa causa as houvéramos de fundar em merecimentos próprios, temeridade fora grande, antes impiedade manifesta, querer-vos argüir. Mas nós, Senhor, como protestava o vosso profeta Daniel: Neque enim in justificationibus nostrisprosternimus preces ante faciem tuam, se in miserationibus tuis multis: os requerimentos e razões deles, que humildemente presentamos ante vosso divino conspecto, as apelações ou embargos que interpomos à execução e continuação dos castigos que padecemos, de nenhum modo os fundamos na presunção de nossa justiça, mas todos na multidão de vossas misericórdias: In miserationibus tuis multis. Argumentamos, sim, mas de vós para vós; apelamos, mas de Deus para Deus - de Deus justo, para Deus misericordioso. E como do peito, Senhor, vos hão de sair todas as setas, mal poderão ofender vossa bondade. Mas porque a dor quando é grande sempre arrasta o afeto, e o acerto das palavras é o descrédito da mesma dor, para que o justo sentimento dos males presentes não passe os limites sagrados de que fala diante Deus e com Deus, em tudo o que me atrever a dizer seguirei as pisadas sólidas dos que em semelhantes ocasiões, guiados por vosso mesmo espírito, oraram e exoraram vossa piedade.

QUESTÃO 11
CEFET-MG: Na composição intertextual do fragmento do sermão de Vieira, NÃO há 

a) emprego de citações. 

b) incorporação do discurso jurídico. 

c) apropriação paródica de texto bíblico. 

d) referência a autores de obras similares.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
c) apropriação paródica de texto bíblico.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.