O poema modernista de Mário de Andrade revisita o tema do nacionalismo de forma irônica ao

ENEM 2021 - QUESTÃO 38
Descobrimento
Abancado à escrivaninha em São Paulo
Na minha casa da rua Lopes Chaves
De supetão senti um friúme por dentro,
Fiquei trêmulo, muito comovido
Com o livro palerma olhando pra mim,

Não vê que me lembrei lá no norte, meu Deus!
[Muito longe de mim,
Na escuridão ativa da noite que caiu,
Um homem pálido, magro de cabelo escorrendo nos
[olhos,
Depois de fazer uma pele com a borracha do dia,
Faz pouco se deitou, está dormindo,
Esse homem é brasileiro que nem eu...
ANDRADE, M. Poesia completa. Belo Horizonte. Vila Rica, 1993.

O poema modernista de Mário de Andrade revisita o tema do nacionalismo de forma irônica ao

a) referendar estereótipos étnicos e sociais ligados ao brasileiro nortista.

b) idealizar a vida bucólica do norte do país como alternativa de brasilidade.

c) problematizar a relação entre distância geográfica e construção da nacionalidade.

d) questionar a participação da cultura autóctone na formação da identidade nacional.

e) propalar uma inquietação desfavorável quanto à aceitação das diferenças socioculturais.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
c) problematizar a relação entre distância geográfica e construção da nacionalidade.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.