Em “Vou usar até a 2ª dose, que sabe até depois” (linha 46), uma das palavras deveria ser substituída

Texto para as questões de 1 a 5.

Experiência profissional motiva voluntários na vacinação 
contra covid-19 em Macapá

Sem ganhar salários, eles realizam pré-cadastro do público-alvo e aplicação das doses no processo de vacinação contra a covid-19 em Macapá. Esse é o trabalho dos voluntários, que são, na maioria, estudantes das áreas da saúde em busca de experiência profissional.

De acordo com a prefeitura, até o momento, 130 voluntários participaram da vacinação contra o novo corona vírus na capital. O apoio é necessário, pois os profissionais de saúde da rede municipal atuam na rede fixa de enfrentamento à doença, informou o município.

Ainda segundo a prefeitura, a aplicação da vacina é feita somente por voluntários enfermeiros, técnicos ou acadêmicos do último ano do curso de enfermagem. Alunos de outros semestres auxiliam no cadastro manual dos vacinados.

Estudante do 5° semestre de medicina da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Clara Cestelo, de 24 anos de idade, estava no primeiro dia de voluntariado, no posto drive-thru da Praça Floriano Peixoto, e contou sobre o aprendizado que já adquiriu tendo contato com as pessoas.

“Estou sem aula, então o tempo livre que eu tinha achei importante dedicar para vacinar a população. A gente acaba aprendendo muito sobre o trato com a pessoa. Uma pessoa ou outra que quer conversar mais e a gente já vai pegando esse jeito de atendimento”, disse.

Desde janeiro deste ano como voluntária, a estudante de enfermagem Vanessa Picanço, de 27 anos de idade, já se acostumou com a rotina trabalhosa, mas lembrou o quanto de aprendizado teve nos dois meses de experiência.

“A gente buscou isso como forma de experiência porque é um momento único. Aqui nós vemos todo o processo desde o armazenamento das vacinas, a logística, a aplicação. Está sendo exaustivo, principalmente com o avançar da faixa etária, mas é muito gratificante”, afirmou.

Enfrentando chuva e sol forte, os voluntários são recompensados ao verem a felicidade que o trabalho deles leva a idosos que são imunizados contra o novo corona vírus. A aposentada Iracema Nascimento, de setenta anos de idade, foi uma delas e contou sobre a emoção do momento.

“Receber a vacina é maravilhoso, porque essa doença tem levado muita gente. Vou poder sair de casa mais tranquila, mas ainda não vou abandonar a máscara. 
Vou usar até a 2ª dose, que sabe até depois”, disse.

Para ser voluntário, basta o enfermeiro ou o técnico manifestar interesse em participar da campanha. É obrigatório, para os acadêmicos, a matrícula em curso que tenha, na matriz curricular, as disciplinas de imunização e(ou) de aplicação de injetáveis.
Internet: <g1.globo.com> (com adaptações).

QUADRIX 2021 - QUESTÃO 05
Em “Vou usar até a 2ª dose, que sabe até depois” (linha 46), uma das palavras deveria ser substituída por

(A) quem.

(B) uzar.

(C) segunda.

(D) à.

(E) após

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(A) quem.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.