Os senhores de engenho não viviam isolados na plantation. Pela própria natureza e localização de sua

UNIVESP 2021 - QUESTÃO 24
Os senhores de engenho não viviam isolados na plantation. Pela própria natureza e localização de sua atividade, geralmente próxima a um porto, estavam em contato com o  mundo urbano e com um olho no mercado internacional. Afinal de contas, sua riqueza dependia não só da capacidade de tocar o negócio no Brasil, mas dos preços fixados do outro  lado do Atlântico, nos grandes centros importadores.
(Boris Fausto. História do Brasil, 1994.)

O excerto estabelece vínculos entre

(A) a riqueza da elite fundiária e seu controle sobre o fornecimento de escravos.

(B) o engenho açucareiro como unidade produtiva e a ocupação do interior da colônia.

(C) a estrutura agroexportadora e a camada hegemônica da sociedade açucareira.

(D) o objetivo da economia colonial e a autossuficiência dos senhores de engenho.

(E) a organização das cidades coloniais e sua autonomia  face ao mercado externo.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(C) a estrutura agroexportadora e a camada hegemônica da sociedade açucareira.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.