[...] Em 2020, o Conselho Indigenista Missionário (CIMI) registrou 17 casos de ameaças de morte

UFGD 2022 - QUESTÃO 21
[...] Em 2020, o Conselho Indigenista Missionário (CIMI) registrou 17 casos de ameaças de morte contra os povos indígenas, nos estados do Amazonas (4), Bahia (1), Maranhão (1), Mato Grosso do Sul (7), Paraná (1), Pernambuco (2) e Rondônia (1). [...] as ameaças praticadas contra os povos indígenas foram de extrema violência. [...] Dados oficiais obtidos junto à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e secretarias estaduais de saúde informam a ocorrência de 182 assassinatos de indígenas em 2020. [...] Roraima (66), Amazonas (41) e Mato Grosso do Sul (34) são os estados com maior número de casos. Os registros oficiais mostram um aumento no número de assassinatos, em relação a 2019, de 61,06%. [...].
Relatório Violência contra os povos indígenas no Brasil. Conselho Indigenista Missionário (CIMI), p. 145 e p. 156, 2020. Disponível em: https://cimi.org.br/wpcontent/uploads/2021/10/relatorio-violencia-povos-indigenas-2020-cimi.pdf. Acesso em: 02 nov. 2021 (adaptado).

O aumento relatado de assassinatos e os casos de ameaças são realidades incontestáveis, inclusive no Mato Grosso do Sul. Assinale a alternativa que destaca corretamente a principal motivação desses acontecimentos nesse ente federado.

(A) Fome e desemprego.

(B) Aspectos socioeconômicos.

(C) Aspectos religiosos.

(D) Disputa pela posse dos territórios indígenas.

(E) Acesso à bebida alcoólica com facilidade.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(D) Disputa pela posse dos territórios indígenas.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.