No capítulo XXV de O Príncipe, reafirmando o seu propósito de conceber a política como uma atividade humana secular

UNIOESTE 2022 - QUESTÃO 26
No capítulo XXV de O Príncipe, reafirmando o seu propósito de conceber a política como uma atividade humana secular, livre de influências metafísicas, Nicolau Maquiavel contrapõe a fortuna à virtù na definição do sucesso da ação política: “Todavia, para que nosso livre-arbítrio não seja extinto, julgo ser verdadeiro que a fortuna seja árbitra da metade das nossas ações, mas que ela ainda nos deixa governar a outra metade, ou quase”.
(MAQUIAVEL, N. O Príncipe. São Paulo: Hedra, 2011, p. 237)

Assim, fortuna e virtù contribuiriam em igual medida na determinação do sucesso da ação política. Considerando-se o contexto da citação apresentada acima, qual seria a definição para o conceito maquiaveliano de fortuna?

Assinale a alternativa CORRETA. 

a) A fortuna é o nome dado ao conjunto de fatores contingentes ou acidentais presentes em toda ação política.

b) A fortuna é o nome dado à iniciativa heroica envolvida em toda ação política.

c) A fortuna é o nome dado à iniciativa individual resoluta na condução da ação política.

d) A fortuna é o nome dado à capacidade de antecipar os desdobramentos de toda ação política.

e) A fortuna é o nome dado à capacidade de previsão dos acontecimentos repetitivos presentes na ação política.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
a) A fortuna é o nome dado ao conjunto de fatores contingentes ou acidentais presentes em toda ação política.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.