ENADE 2010: O nitrogênio destaca-se como o elemento, em quantidade, mais absorvido e exportado pela produção da cultura da soja

ENADE 2010: O nitrogênio destaca-se como o elemento, em quantidade, mais absorvido e exportado pela produção da cultura da soja.

Entretanto, resultados obtidos em todas as regiões onde a soja é cultivada mostram que a aplicação de fertilizante nitrogenado na semeadura ou em cobertura, seja qual for o estágio de desenvolvimento da planta, em sistemas de semeadura direta ou convencional, além de reduzir a nodulação e a eficiência da fixação biológica natural, não traz nenhum incremento de produtividade para a soja.

A respeito da prática de adubação e nutrição nitrogenada em soja, o manejo fitotécnico prevê que

A) o volume da calda de inoculante recomendável a ser aplicado às sementes está limitado a 10% da massa de sementes a ser tratada.

B) o tratamento de sementes com fungicidas deve ser realizado após a inoculação com as bactérias fixadoras, devido aos efeitos negativos desse tratamento sobre a fixação biológica de nitrogênio.

C) a avaliação quantitativa da microbiota e a inoculação da soja onde haja 10%g de solo seja dispensada, pois a bactéria que fixa o nitrogênio atmosférico (bradirrizóbio) existe naturalmente nos solos brasileiros.

D) o método tradicional de inoculação de sementes pode ser substituído pela aplicação do inoculante por aspersão no sulco, por ocasião da semeadura, em solos com ou sem população estabelecida. Nesse procedimento, observa-se a mesma dose de inoculante indicada para as sementes, aumentando-se a diluição.

E) as fórmulas de adubo que contêm nitrogênio não devem ser utilizadas; entretanto, as mais econômicas — em relação às fórmulas sem nitrogênio — poderão ser utilizadas, desde que não sejam aplicados mais do que 20 kg de N/ha.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
E) as fórmulas de adubo que contêm nitrogênio não devem ser utilizadas; entretanto, as mais econômicas — em relação às fórmulas sem nitrogênio — poderão ser utilizadas, desde que não sejam aplicados mais do que 20 kg de N/ha.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.