REVALIDA 2023: Uma mulher de 49 anos comparece à unidade básica de saúde para consulta de rotina

REVALIDA 2023: Uma mulher de 49 anos comparece à unidade básica de saúde para consulta de rotina. Ela relata ao médico que ficou muito preocupada depois de ler uma matéria na internet sobre os riscos da osteoporose após a menopausa. Sua última menstruação ocorreu há 15 meses.

A paciente afirma não praticar atividade física regularmente, mas relata alimentação balanceada e sem restrições. Ela nega doenças crônicas, uso de medicações contínuas, etilismo ou tabagismo. Na história familiar, relata que sua mãe, de 67 anos de idade, possui diagnóstico de hipertensão arterial e de hipotireoidismo. 

Ao exame, a paciente apresenta pressão arterial de 126 × 78 mmHg, índice de massa corporal 27 kg/m². Sua tireoide é normal à palpação. Os exames das mamas, do aparelho cardiovascular e do abdome apresentam-se dentro dos limites da normalidade. 

Nesse caso, para prevenção primária da osteoporose, o médico deve 

A) suplementar com carbonato de cálcio e com vitamina D, além de iniciar rastreio com a densitometria óssea aos 55 anos de idade. 

B) manter uma dieta rica em cálcio e em vitamina D, com exposição solar adequada e exercícios físicos regulares para fortalecimento muscular e ósseo. 

C) realizar densitometria óssea e, caso seja confirmada osteopenia, suplementar com carbonato de cálcio e com vitamina D e usar alendronato de sódio ou raloxifeno. 

D) realizar dosagem sérica do hormônio folículo estimulante e do estradiol e, caso seja confirmada a menopausa, fazer uso da terapia hormonal com estrógenos conjugados. 

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
B) manter uma dieta rica em cálcio e em vitamina D, com exposição solar adequada e exercícios físicos regulares para fortalecimento muscular e ósseo.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.