UPE 2023: Na literatura, os textos barrocos exploram a plurissignificação da linguagem literária e as figuras de linguagem na construção de efeitos de sentido

Os Textos 7, 8, 9 e 10 servem de base à Questão 6.

Texto 7
Exagerado, jogado aos teus pés, eu sou mesmo um poeta barroco


Texto 8
Exagerado

Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos
Foram traçados na maternidade
Paixão cruel, desenfreada
Te trago mil rosas roubadas
Pra desculpar minhas mentiras
Minhas mancadas
Exagerado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado
Eu nunca mais vou respirar
Se você não me notar
Eu posso até morrer de fome
Se você não me amar
[...]
Composição: Leoni Rodrigues Siqueira Junior Carlos / Da Silva Ramos 
Neto Agenor / Neves Jose Ezequiel Moreira. Exagerado. Excertos. 
Disponível em: https://www.letras.mus.br/cazuza/43861/
Acesso em: 11 maio 2022.

Texto 9
Aos afetos, e lágrimas derramadas na ausência da 
dama a quem queria bem

Ardor em firme coração nascido;
Pranto por belos olhos derramado;
Incêndio em mares de água disfarçado;
Rio de neve em fogo convertido:
Tu, que em um peito abrasas escondido;
Tu, que em um rosto corres desatado;
Quando fogo, em cristais aprisionado;
Quando cristal, em chamas derretido.
Se és fogo, como passas brandamente,
Se és neve, como queimas com porfia*? 
Mas ai, que andou Amor em ti prudente!
Pois para temperar a tirania,
Como quis que aqui fosse a neve ardente,
Permitiu parecesse a chama fria.
MATOS, Gregório de. Aos afetos, e lágrimas derramadas na ausência da dama a quem 
queria bem. In: WISNIK, José Miguel (org.). Poemas escolhidos – Gregório de Matos. 
São Paulo: Companhia das Letras, 2011.
*porfia: discussão, insistência.

Texto 10
Certas Coisas

Não existiria som
Se não houvesse o silêncio
Não haveria luz
Se não fosse a escuridão
A vida é mesmo assim
Dia e noite, não e sim
 [...]
Eu te amo calado
Como quem ouve uma sinfonia
De silêncios e de luz
Nós somos medo e desejo
Somos feitos de silêncio e som
Tem certas coisas que eu não sei dizer
[....]
Composição: Lulu Santos / Nelson Motta. Certas 
coisas. Excertos. Disponível em:
https://www.letras.mus.br/lulu-santos/35063/ 
Acesso em: 30 abr. 2022.

QUESTÃO 06
UPE 2023: Na literatura, os textos barrocos exploram a plurissignificação da linguagem literária e as figuras de linguagem na construção de efeitos de sentido. Na contemporaneidade, diversas expressões artísticas revelam influências da estética Barroca. Na leitura dos Textos 7, 8, 9 e 10, considere as características da produção artístico-literária do Barroco e assinale a alternativa CORRETA. 

a) Ao citar a canção "Exagerado", o Texto 7 estabelece uma relação intertextual explícita com essa canção de Cazuza. A metonímia, figura muito recorrente na produção literária do Barroco, é apresentada no Texto 8 para revelar os sentimentos g í “Te trago mil rosas roubadas/ Eu nunca mais vou respirar/ Se você não me notar/ Eu posso até morrer de fome/ Se você não me amar”.

b) A cultura digital é influenciada pelos traços estéticos do Barroco na configuração de gêneros digitais, como se nota no Texto 7, o qual retoma, liricamente, a linguagem da pintura barroca para produzir efeitos dramáticos na constituição da mensagem. Nesse texto, ainda está presente a apropriação parodística da pintura barroca, com o jogo de claro e escuro, assim como ocorre, também, nos Textos 9 e 10, com o paralelismo estrutural na organização dos versos. 

c) No Barroco, os autores utilizam figuras de linguagem para confirmar a complexidade dos textos literários. Além da linguagem figurada, o dilema existencial, a arte rebuscada, o exagero e a valorização dos detalhes são elementos apresentados no Texto 9, exemplo representativo da poesia religiosa de Gregório de Matos. 

d) No soneto de Gregório de Matos (Texto 9), antíteses e metáforas destacam-se na dualidade temática apresentada no poema. O jogo de antíteses revela os dilemas vividos pelo eu lírico, traço característico da poesia barroca. 

e) As figuras de linguagem destacadas no Texto 8 são a metáfora e a metonímia, as quais revelam o exagero do eu lírico na descrição da relação amorosa. Os Textos 9 e 10 também exploram a linguagem figurada por meio de hipérboles que apresentam os dilemas do eu lírico diante do amor platônico. 

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
d) No soneto de Gregório de Matos (Texto 9), antíteses e metáforas destacam-se na dualidade temática apresentada no poema. O jogo de antíteses revela os dilemas vividos pelo eu lírico, traço característico da poesia barroca.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.