Atividade sobre Modo Imperativo (Português) com Gabarito

Atividade sobre Modo Imperativo (Português) com Gabarito

QUESTÃO 01
Nos enunciados a seguir, faça o que se pede:

(PUC-PR) Não tenhas ciúmes de tua mulher, para que ela não venha a enganar-te com a malícia que aprender de ti.
Machado de Assis, Dom Casmurro.


Altere o tratamento para você:


(FEPAR-PR) Ouves os que te aconselham e cumpres teu dever!

Transponha para o modo imperativo:

(FEPAR-PR) Parem! Não se influenciem por boatos!

Transponha para a segunda pessoa do plural:

(FUVEST-SP) Conta Rubem Braga o conselho que um amigo lhe deu certa vez: "Olhe, Rubem, faça como eu, não tope parada com a gramatica."

Tratando Rubem por tu e respeitando a padrão culto, como o amigo deveria dizer a Rubem Braga?

(FUVEST-SP) Quanto a mim, se vos disser que li o bilhete três ou quatro vezes, naquele dia, acreditai-o, que é verdade; se vos disse mais que o reli no dia seguinte, antes e depois do almoço, podeis crê-lo, é a realidade pura. Mas se vos disse a comoção que tive, duvidai um pouco da asserção e não a aceiteis sem provas.


Mudando o tratamento para a terceira pessoa do plural, como ficaria as expressões destacadas?

(FUVEST-SP) Mortifica os pés, desgraçado, desmortifica-os depois, e aí tens a felicidade barata, ao sabor dos sapateiros e de Epicuro.


Reescreva a frase substituindo "desgraçado" por "desgraçados". Faça apenas as modificações necessárias e mantenha o tratamento na 2ª pessoas gramatical.

GABARITO.

QUESTÃO 02
(PUC-RS) Selecione a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto a seguir:

__________ a cada nova conquista, com um coração de alpinista que festeja o novo cume galgado (e não __________ de aprender com eventuais derrotas). __________ o Natal, o Amor, a Solidariedade e a Esperança, acreditando que vai valer a pena viver um Novo Ano. Nós, da PUC-RS, estaremos aqui para vivê-lo __________.

a) Sorria / te esqueça / Festeje / contigo
b) Sorri / te esqueças / Festeje / contigo
c) Sorri / te esquece / Festeja / contigo
d) Sorria / se esqueça / Festeje / com você
e) Sorria / se esquece / Festeja / com você

GABARITO.

QUESTÃO 03
"Senhor meu amo, escutai-me,
a donzela espera por vós, no balção."
(Adélia Prado)

(PUC-PR) Indique o sujeito do verbo escutar.

a) sujeito indeterminado;
b) Senhor meu amo;
c) vós, oculto;
d) por vós;
e) a donzela.

GABARITO.

QUESTÃO 04
(FEPAR) Indique a alternativa correta quanto ao emprego do imperativo.

a) Faze o que te peço.
b) Odeie sempre a tua ignorância.
c) Venha a festa com teus amigos.
d) Cuspa a bala que estás chupando.
e) Creia no bem que todos te fazem.

GABARITO.

QUESTÃO 05
(FUVEST-SP) Complete as lacunas com formas verbais no modo imperativo.

____________ em ti; mas nem sempre ____________ dos outros.

a) Creias - duvides
b) Crê - duvidas
c) Creias - duvidas
d) Creia - duvide
e) Crê - duvides

GABARITO.

QUESTÃO 06
(FUVEST) Assinale a alternativa gramaticalmente correta.

a) Não chores, cala, suporta a tua dor.
b) Não chore, cala, suporta a tua dor.
c) Não chora, cale, suportes a sua dor.
d) Não chores, cale, suporte a tua dor.

GABARITO.

QUESTÃO 07
(UFU-MG) Preencha os espaços com os verbos, conforme se acham indicados, escolhendo a alternativa correta.

"- Pois ______ (SABER - imperativo afirmativo, 2ª. pessoa do singular) mais, meu pobre amigo, todos pensam o mesmo, estão desconfiados, e ______ (RECEAR - presente do indicativo, 3ª. pessoa do plural) ver de novo erguidas as forças em Guiães! E ______ (CORRER - imperativo afirmativo, 2ª. pessoa do singular) que tu ______ (TER - presente do indicativo, 2ª. pessoa do singular) o Príncipe D. Miguel escondido em Tormes, disfarçado de criado. E ______ (SABER - presente do indicativo, 2ª. pessoa do singular) quem ele é? O Batista!"

a) sabes, receavam, corres, tens, sabe;
b) sabei, recearam, correi, teve, sabei;
c) saibas, recearão, corras, tivestes, saibais;
d) sabe, receiam, corre, tens, sabes;
e) sabe, receiam, corras, tinhas, sabes.

GABARITO.

QUESTÃO 08
(UFPR) Qual é o período gramaticalmente incorreto?

a) Espere-me que irei contigo.
b) Não esqueças teu livro.
c) Decide-se logo, homem.
d) Parti, que vos seguiremos.
e) Traga sua merenda.

GABARITO.

QUESTÃO 09
(PUC-PR) Assinale a alternativa que preenche corretamente os espaços:

1. _________ fazer sempre o bem e serás recompensado.
2. Não _________ que não te arrependerás.
3. Se quiseres vencer _________ honesto.
4. Agora _________, que estão te procurando.

a) Procure, desanimes, sê, parta;
b) Procura, desanime, sê, parta;
c) Procure, desanimes, seja, parte;
d) Procura, desanimes, sê, parte;
e) Procura, desanima, seja, parte.

GABARITO.

QUESTÃO 10
(MACKENZIE) Assinale a ÚNICA alternativa cuja sequência completa corretamente as lacunas.

1. É bem-vindo você e ___________ entusiasmo.
2. Deixa de elogio. Basta-me o ___________ apoio.
3. Indica-me o ___________ endereço.
4. E eu posso perguntar-lhe o ___________ também?

a) seu, seu, teu, teu;
b) teu, seu, teu, seu;
c) seu, teu, seu, teu;
d) teu, teu, seu, seu;
e) seu, teu, teu, seu.

GABARITO.

QUESTÃO 11
(UPF-RS) "Não ________ de prestigiar esta revista. ________ entre os amigos. ________ para casa e ________ seus temas em família. Com o primeiro número você receberá um brinde."

a) deixes / Promove-a / Leva-a / discute;
b) deixes / Promova-a / Leve-a / discuta;
c) deixe / Promova-a / Leve-a / discutam;
d) deixem / Promovam-na / Levem-na / discutam;
e) deixe / Promove-a / Leve-a / discute.

GABARITO.

QUESTÃO 12
(FUVEST) Complete a frase abaixo, com os seguintes verbos, na forma indicada:

explicar-se: imperativo afirmativo, 3ª pessoa do singular
crer: presente do subjuntivo, 1ª pessoa do plural
ter: presente do subjuntivo, 1ª pessoa do pural

 ________ bem, para que nós ________ em suas boas intenções e não ________ dúvidas a seu respeito.

GABARITO.

QUESTÃO 13
(PUC-PR) Assinale a sequência que preenche corretamente as lacunas abaixo:

1. Nada acontecerá, se o diretor ________.
2. Se os livros não ________ na estante, ________ para cá.
3. Quando ________ o artista, vamos convidá-lo para uma entrevista.
4. Se ele se ________ melhor, não aconteceria nada disso.

a) intervir, couberem, traga-os, virmos, precaverá;
b) intervier, caberam, traga-os, virmos, precavesse;
c) intervier, couberem, traga-os, virmos, precavesse;
d) intervir, couberem, traga-os, vermos, precaveria;
e) intervir, caberem, traze-os, virmos, precavesse.

GABARITO.

O texto a seguir serve de base para as próximas cinco questões.

Fado Tropical

Oh, musa do meu fado
Oh, minha mãe gentil
Te deixo consternado
No primeiro abril
Mas não sê tão ingrata
Não esquece quem te amou
E em tua densa mata
Se perdeu e se encontrou
Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal
Ainda vai tornar-se um imenso Portugal

"Sabe, no fundo eu sou um sentimental
Todos nós herdamos no sangue lusitano
Uma boa dose de lirismo
(Além de sífilis, é claro)

Mesmo quando as minhas mãos estão
Ocupadas em torturar, esganar, trucidar
Meu coração fechas aos olhos e
Sinceramente chora..."

Com avencas na caatinga
Alecrins no canavial
Licores na moringa
Um vinho tropical
E linda mulata
Com rendas do Alentejo
De quem numa bravata (...)

Sardinhas, mandioca
Num suave azulejo
E o rio Amazonas
Que corre Trás-os-Montes
E numa pororoca
Deságua no Tejo (...)
Revista Cult, março de 2000. p. 39

QUESTÃO 14
(UEM) De acordo com o texto, é possível inferir que o locutor

I. é genuinamente brasileiro.
II. estabelece tempo e espaço.
III. se mostra propenso à promiscuidade.
IV. assimila o sincretismo acional.
V. experimenta contradições.

Está(ão) correta(s):

a) apenas I, II e III.
b) apenas I, II e IV.
c) apenas II, III, IV e V.
d) apenas III, IV e V.
e) todas.

GABARITO.

QUESTÃO 15
(UEM) Comprando-se o conteúdo do texto com seu título "Fada tropical", não se pode inferir que

a) destino do Brasil ainda não se cumpriu.
b) o Brasil sofre de um complexo de inferioridade frente à nação portuguesa.
c) há uma proposta de intercâmbio ético entre portugueses e brasileiros.
d) há uma contradição entre as culturas portuguesa e brasileiros.
e) há um desejo de que ocorra uma europeização do Brasil.

GABARITO.

QUESTÃO 16
(UEM) Num dos versos, o eu lírico do texto emprega uma construção gramatical que não é referendado pela norma-padrão para a língua escrita.

Assinale esse verso:

a) Te deixo consternado (verso 3)
b) Mas não sê tão ingrata (verso 5)
c) Se perdeu e se encontrou (verso 8)
d) Ainda vai tornar-se um imenso Portugal (verso 10)
e) Sabe, no fundo e sou um sentimental (verso 11)

GABARITO.

QUESTÃO 17
(UEM) Em "Mas não sê tão ingrata / Não esquece quem te amou" (verso 5-6), o autor emprega pronome e formas verbais em 2ª pessoa. Caso os versos fossem reescritos em 3ª pessoa, a alternativa correta seria:

a) Mas não seja tão ingrata / Não esqueças quem lhe amou.
b) Mas não seja tão ingrata / Não esqueça quem a amou.
c) Mas não sejas tão ingrata / Não esqueças quem te amou.
d) Mas não sê tão ingrata / Não esquece quem lhe amou.
e) Mas não sê tão ingrata / Não esqueça quem a amou.

GABARITO.

QUESTÃO 18
(UEM) No texto, há vários elementos empregados para estabelecer contrastes entre as culturas portuguesa e brasileira, exceto em

a) "Sardinha, mandioca" (verso 27).
b) "Alecrins no canavial" (verso 20).
c) "Um vinho tropical" (verso 22).
d) "Licores na moringa" (verso 21).
e) "Uma boa dose de lirismo" (verso 13).

GABARITO.

O texto a seguir serve de base para as próximas duas questões.

Irene preta
Irene boa
Irene sempre de bom humor

Imagino Irene entrando no céu:
- Licença, meu branco!

E São Pedro bonachão:
- Entra, Irene. Você não precisa pedir licença.
(BANDEIRA, Manuel. Estrela da vida inteira.
Rio de Janeiro. José Olympio, 1970, p. 125.)


QUESTÃO 19
(PUC-PR) Atenta para estas afirmações em relação ao poema:

I. Os três primeiros versos referem-se a Irene enquanto viva.
II. o poema refere-se a Irene depois de morta.
III. O poema refere-se a Irene enquanto viva, porque ela fala "Licença, meu branco".
IV. Os quatro últimos versos referem-se a Irene depois de morta.

Está correta ou estão corretas:

a) apenas II.
b) apenas III.
c) apenas IV.
d) I e IV.
e) II e III.

GABARITO.

QUESTÃO 20
(PUC-PR) Considerando a forma de tratamento do último verso:

I. Tanto na primeira como na segunda frase, Manuel Bandeira usou o tratamento você.
II. Do ponto de vista da norma culta, a primeira parte deveria ser: "- Entre, Irene".
III. Trata-se de uma variedade coloquial da língua.
IV. Estabelece uma relação informal de comunicação entre os falantes.
V. Não constitui erro de linguagem, na fala popular.

Está correta ou estão corretas:

a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas I e V.
d) II, III, IV e V.
e) I, III, IV e V.

GABARITO.

Comentários