UDESC 2019: Analise as proposições em relação à obra Melhores contos, Lygia Fagundes Telles

UDESC 2019: QUESTÃO 45 - PORTUGUÊS E LITERATURA

Texto 3

... Estávamos os dois frente a frente, meu futuro sogro e eu. Ele brincava com a corrente do relógio e me olhava disfarçadamente, também tinha esse tipo de olhar duplo. “ Se minha filha decidiu, então já está decidido. Apenas o senhor ainda não me disse o que gostaria de fazer.” Procurei encará-lo.

O que eu gostaria de fazer? Voltei-me para Fernanda que se sentara ao piano e cantarolava baixinho uma balada inglesa, uma balada muito antiga que contava a história de uma princesa que morreu de amor e foi enterrada num vale, “and now she lays in the valley

... O senador brincava ainda com a corrente: “Sei que o senhor é jornalista, mas está visto que depois do casamento vai ter que se ocupar com outra coisa. Fernanda vai querer ter o mesmo nível de vida que tem agora. Desde que deixei a política, vou de vento em popa no meu negócio. Queria convidá-lo para ser meu sócio. Que tal?” Fiquei olhando para sua corrente de ouro.

“Mas senador, acontece que não entendo nada de máquinas agrícolas!” Ele levantou-se para se servir de conhaque. E teve aquele sorriso especialíssimo, cujo sentido não consegui alcançar. “Entre para a firma, meu jovem, entre para a firma e vai entender rápido.” Aceitei o conhaque. “O senhor me desculpe a franqueza, senador, mas o caso é que detesto máquinas...”

Ele agora examinava a garrafa que tinha um rótulo pomposo, mas com o olhar sobressalente, me observava. “Não importa, jovem. Vai entender e vai até gostar, questão de tempo”. Baixei a cabeça, confundido. Questão de tempo? Tive então uma vontade absurda de me levantar e ir embora, sumir para sempre, sumir. Largar ali na sala o senador com suas máquinas, Fernanda com suas baladas, adeus, minha noiva, adeus! Tão forte a vontade de fugir que cheguei a agarrar os braços da poltrona para me levantar de um salto.

A Música, o conhaque, o pai e a filha, tudo, tudo era da melhor qualidade, impossível mesmo encontrar lá fora uma cena igual, uma gente igual.
Telles, Lygia Fagundes. Melhores contos/Lygia Fagundes Telles,
seleção de Eduardo Portella. – [13.Ed]- São Paulo: Global 2015, pp.40 e 41.

QUESTÃO 45
UDESC 2019: Analise as proposições em relação à obra Melhores contos, Lygia Fagundes Telles, ao conto Eu era mudo e só, ao Texto 3 e assinale (V) para verdadeira e (F) para falsa.

( ) Na obra, os contos são impregnados de realidade e fantasia, repletos de simbologia, com diálogos próximos a uma linguagem cotidiana.

( ) Da leitura do conto Eu era mudo e só infere-se a imagem do casamento perfeito, entretanto esta perfeição está repleta de infelicidade e de falta de emoção.

( ) No período “Não importa, jovem” (linha 17), a palavra destacada é, na morfossintaxe, substantivo e sujeito posposto ao verbo, o que justifica o emprego da vírgula.

( ) No conto, é pelo relato da personagem Manuel que o leitor percebe que Fernanda, a esposa dele, é uma mulher vaidosa, superficial e oriunda de uma família de poder aquisitivo elevado.

( ) Na estrutura “E teve aquele sorriso especialíssimo” (linha 13), a palavra destacada, na morfologia, é adjetivo no grau superlativo absoluto sintético e reforça a ideia da palavra antecedente.

Assinale a alternativa correta, de cima para baixo.

A. ( ) V – F – F – V – F
B. ( ) V – V – F – V – V
C. ( ) F – V – F – V – F
D. ( ) V – F – F – V – V
E. ( ) F – V – V – F – V

QUESTÃO ANTERIOR:
UDESC 2019: Analise as proposições em relação à obra Quarto de despejo: diário de uma favelada, Carolina Maria de Jesus, e ao Texto 2.

GABARITO:
B. ( ) V – V – F – V – V

PRÓXIMA QUESTÃO:
- UDESC 2019: Analise as proposições em relação ao conto Eu era mudo e só, Lygia Fagundes Telles, e ao Texto 3.

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova UDESC 2019 (MANHÃ); Questões com gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários