Exercício sobre Sintaxe: As estruturas do período simples com Gabarito

exercicio-sobre-sintaxe-as-estruturas-do-periodo-simples-com-gabarito
Exercício sobre Sintaxe: As estruturas do período simples com Gabarito

Leia o texto a seguir e responda às questões de 01 a 10.

AO LEITOR

Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus livros para cem leitores, coisa é que admira e consterna. O que não admira em provavelmente consterná é se este outro livro não tiver os cem leitores de Stendhal, nem cinquenta, nem vinte, e quando muito, dez. Dez? Talvez cinco. Trata-se, na verdade, de uma obra difusa, na qual eu, Brás Cubas, se adotei a forma livre de um Sterne ou de um Xavier de Maistre, não sei se lhe meti algumas rabugens de pessimismo. Pode ser. Obra de finado.

Escrevi-a com a pena da galhofa e a tinta da melancolia, e não é difícil antever o que poderá sair deste conúbio. Acresce que a gente grave achará no livro umas aparências de puro romance, ao passo que a gente frívola não achará nele o seu romance usual: ei-lo aí fica privado da estima dos graves e do amor dos frívolos, que são as duas colunas máximas da opinião.

Mas eu ainda espero angariar as simpatias da opinião, e o primeiro remédio é fugir a um prólogo explícito e logo. O melhor prólogo é o que contém menos coisas, ou o que as diz de um jeito obscuro e truncado. Conseguintemente, evito contar o processo extraordinário que empreguei na composição destas Memórias, trabalhadas cá no outro mundo. Seria curiosos, mas minimamente extenso, e aliás desnecessário ao entendimento da obra. A obra em si mesma é tudo: se te agradar, fino leitor, pago-me da tarefa; se te não agradar, pago-te com um piparote, e adeus.
(Machado de Assis)

QUESTÃO 01
Determine o número de orações existentes na seguinte passagem:

"Trata-se, na verdade, de uma obra difusa, na qual eu, Brás Cubas, se adotei a forma livre de um Sterne ou de um Xavier de Maistre, não sei se lhe meti algumas rabugens de pessimismo."

GABARITO.

QUESTÃO 02
Reescreva as orações que formam o período anterior e classifique o sujeito de cada uma delas.

GABARITO.

QUESTÃO 03
Classifique sintaticamente os verbos destacados nos trechos seguintes e indique os seus respectivos complementos, quando houver:

a) "(...) se este outro livro não tiver os cem leitores de Stendhal (...)"
b) "Trata-se, na verdade, de uma obra difusa (...)"
c) "(...) não sei se lhe meti algumas rabugens de pessimismo (...)"
d) "Escrevi-a com a pena da galhofa (...)"
e) "(...) e não é difícil antever o que poderá sair deste conúbio."
f) "(...) a gente grave achará no livro umas aparências de puro romance (...)"
g) "Mas eu ainda espero angariar as simpatias da opinião (...)"
h) "(...) e o primeiro remédio é fugir a um prólogo explícito e logo."
i) "(...) se te agradar, fino leitor, pago-me da tarefa (...)"
j) "(...) pago-te com um piparote, e adeus."

GABARITO.

QUESTÃO 04
Em "Trata-se, na verdade, de uma obra difusa (...)", a palavra em destaque é pronome apassivador, ou índice de indeterminação do sujeito? Justifique a resposta.

GABARITO.

QUESTÃO 05
No trecho "Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus livros para cem leitores, coisa é que admira e consterna", há um interessante caso de aposto. Destaque-o, indicando a sua classificação.

GABARITO.

QUESTÃO 06
Classifique o predicado das seguintes orações:

a) "Escrevi-a com a pena de galhofa e a tinta da melancolia (...)"
b) "(...) a gente grave achará no livro umas aparências de puro romance (...)"
c) "Mas eu ainda espero angariar as simpatias da opinião (...)"
d) "A obra em si mesma é tudo (...)"

GABARITO.

QUESTÃO 07
No trecho "(...) evito contar o processo extraordinário que empreguei na composição destas Memórias (...)", o termo destacado é adjunto adnominal ou complemento nominal? Justifique a resposta.

GABARITO.

QUESTÃO 08
Na passagem "O melhor prólogo é o que contém menos coisas (...), o termo em destaque é adjunto adverbial ou adjunto adnominal? Por quê?

GABARITO.

QUESTÃO 09
Em "(...) se te agradar, fino leitor, pado-me da tarefa (...), o termo em destaque é aposto ou vocativo? Justifique a resposta.

GABARITO.

QUESTÃO 10
Indique a função sintática dos termos destacados nas seguintes passagens:

a) "O que não admira nem provavelmente consternará é se este outro livro não tiver os cem leitores de Stendhal (...)"

b) "Trata-se, na verdade, de uma obra difusa, na qual eu, Brás Cubas, se adotei a forma livre de um Sterne (...)"

c) "(...) não sei se lhe meti algumas rabugens de pessimismo."

d) "Escrevi-a com a pena da galhofa (...)"

e) "(...) ou o que as diz de um jeito obscuro e truncado."

f) "(...) evito contar o processo extraordinário que empreguei na composição destas Memórias (...)"

g) "Seria curioso (...) e aliás desnecessário ao entendimento da obra."

h) "(...) se te não agradar, pago-te com um piparote, e adeus."

GABARITO.

QUESTÃO 11
Identifique o sujeito dos verbos destacados, de acordo com o seguinte código:

1. determinado simples
2. determinado composto
3. determinado elíptico (oculto)
4. indeterminado

a) "Senhora, partem tão tristes
meus olhos por vós, meu bem." (João Ruiz de Castelo-Branco)

b) "Os cabelos grossos, feitos em duas tranças, com as pontas atadas uma a outra, à moda do tempo, descriam-lhe pelas costas." (Machado de Assis)

c) "Males inevitáveis iam chover sobre mim." (Graciliano Ramos)

d) "A chuva chovia do céu
E enegreceu os caminhos..." (Alberto Caeiro)

e) "O pardalzinho nasceu
Livre. Quebraram-lhe a asa." (Manuel Bandeira).

f) "É nesta sala retirada e escura que vamos introduzir o leitor." (Machado de Assis)

g) "Restam-nos hoje, no silêncio hostil, o mar universal e a saudade." (Fernando Pessoa)

h) "Basta, Senhor! De teu potente braço
Role através dos astros e do espaço
Perdão para os crimes meus!" (Castro Alves)

i) "Quando tudo está perdido,
Sempre existe uma luz." (Renato Russo)

j) "Fecharam-me todas as portas abstratas e necessárias." (Álvaro de Campos)

k) "Uma vez chamaram-me poeta materialista." (Alberto Caeiro)

l) "Ninguém vai me acorrentar, / enquanto eu poder cantar." (Chico Buarque de Holanda)

m) "A violência, / A injustiça, / A traição / Ainda podem perturbar meu coração." (Gilberto Gil)

n) "Quebrei a imagem dos meus próprios sonhos!" (Augusto dos Anjos)

o) Fabiano, Sinha Vitória e os meninos iam à festa de Natal na cidade." (Graciliano Ramos)

p) "Jamais te voltes para trás de repente." (Mário Quintana)

q) "Dizem que a máquina tem feito até milagres." (José J. Veiga)

r) "Quando entrei na sala, ninguém ralhou comigo." (Machado de Assis)

s) "Na nossa terra não se vive senão de política." (Lima Barreto)

GABARITO.

QUESTÃO 12
Identifique o sujeito das orações seguintes e, a seguir, substitua-o por um pronome pessoal reto equivalente:

a) Intervieram na discussão os policiais.

b) Ainda resta uma esperança aos flagelados.

c) Vieram à nossa cidade vários turistas europeus.

d) Você e eu estamos encarregados desta tarefa.

e) Tu e os demais já podeis participar daquele festival.

f) Reinava absoluta na sala de aula a linda morena de olhos verdes.

g) Retornaram ao lar o trabalhador e sua família.

h) Ainda restam à velhinha alguns dentes cariados.

GABARITO.

QUESTÃO 13
Os sujeitos das orações abaixo são elípticos, podendo ser identificar pela desinência verbal ou pelo contexto. Expresse-os nos parênteses:

a) ( ______ ) não vi meu patrão, porém quando ( ______ ) o vir, ( ______ ) entregar-lhe-ei o currículo que ( ______ ) me confiaste.

b) Como ( ______ ) não previste o perigo, ( ______ ) previna-te para que ( ______ ) não tenhamos de socorrer-te.

c) Desejamos que ( ______ ) participem de todas as aulas, caros alunos.

d) Maria continua apaixonada por Pedro. ( ______ ) Afinal seu amor por ele a todo instante.

e) O escritor e o compositor italianos compareceram ao Congresso. ( ______ ) Terão uma audiência com o presidente.

f) Se ( ______ ) repuserdes no banco o que ( ______ ) nos deveis, certamente ( ______ ) ficaremos mais tranquilos.

g) Quando ( ______ ) interviemos no caso, ( ______ ) não nos demonstraste gratidão.

h) ( ______ ) ficam muito satisfeitos quando ( ______ ) veem que ( ______ ) fazes aquilo que ( ______ ) mais desejam.

GABARITO.

QUESTÃO 14
Elimine os pronomes destacados abaixo, tornando indeterminado o sujeito de cada uma das orações:

a) Alguém invadiu a casa durante a ausência do morador.
b) Alguém roubou aquele banco em pleno meio-dia.
c) Alguém criticou as novas medidas econômicas anunciadas pelo governo.
d) Alguém falou sobre você na reunião de condomínio.
e) Alguém deixou escapar um palavrão no auditório.
f) Alguém gritou seu nome no corredor.

GABARITO.

QUESTÃO 15
Indique se a palavra se é pronome apassivador ou índice de indeterminação do sujeito:

a) Compram-se títulos da dívida pública.
b) Não se progride sem esforço.
c) Já não se veem bons filmes como esse.
d) Nas boas escolas, visa-se à formação dos alunos.
e) Salvaram-se muitas vidas naquele terrível incêndio.
f) Insistiu-se muito naquela jogada.
g) Ainda se morre por amar?
h) Trabalha-se até altas horas naquela empresa.
i) Dizem que amor com amor se paga.
j) Não se engana uma criança com mentiras.
k) Nunca se recupera o tempo perdido.
l) Era-se mais feliz no tempo do cruzeiro?

GABARITO.

QUESTÃO 16
Deixe sem sujeito as orações seguintes, substituindo os verbos em destaque pelo verbo haver:

a) Ocorreram manifestações contrárias às reformas anunciadas pelo governo.
b) Naquela região ainda existem grupos separatistas.
c) Ocorreram muitos acidentes naquela rodovia.
d) Se a polícia não intervir, ocorrerão muitos tumultos durante a partida.
e) Não existiam lágrimas que o comovessem.
f) Que faríamos se ocorressem novas guerras?
g) Espera-se que não aconteçam novos ataques terroristas.
h) Antigamente existem jogadores mais dedicados.
i) No último concurso, ocorreram as desistências esperadas.
j) Não existam motivos para você rir daquela maneira.

GABARITO.

QUESTÃO 17
Complete com o verbo fazer:

a) - Quanto tempo faz que você parou de fumar?
- ________ dois anos que parei de fumar.

b) - Quanto tempo faz que você se formou?
- ________ cinco anos que me formei.

c) - Quanto tempo faz que eles se casaram?
- ________ dez anos que eles se casaram.

d) - Quanto tempo faz que você chegou?
- ________ vinte dias que cheguei.

e) - Quanto tempo faz que iniciou o jogo?
- ________ quinze minutos que iniciou o jogo.

f) - Quanto tempo faz que não chove?
- ________ duas semanas que não chove.

GABARITO.

QUESTÃO 18
Analise as frases abaixo, colocando C para as corretas e E para as erradas:

a) (      ) Devem fazer dias bastantes frios neste inverno.
b) (      ) Podem haver muitos candidatos despreparados.
c) (      ) Deviam existir muitas irregularidades em minha conta bancária.
d) (      ) Não houve provas que o condenassem.
e) (      ) Cada ano que passa, faz dias mais quentes no verão.
f) (      ) Haverá de fazer dias mais quentes no verão.
g) (      ) Ocorreram muitas mortes naquele conflito.
h) (      ) Deverão haver conflitos sangrentos naquela região.
i) (      ) Devem existir outros métodos para a solução deste problema.
j) (      ) Devem haver muitos candidatos para essa vaga.

GABARITO.

QUESTÃO 19
Assinale os itens que apresentam orações sem sujeito:

a) "A máquina troveja, / Berra, fuma, ..." (Humberto de Campos)
b) "Há um menino calado na porta de mim mesmo." (Álvaro Alves de Faria)
c) "Era uma noite medonha, / sem estrelas, sem luar." (Gonçalves Dias)
d) Quando anoitece ventando, amanhece chovendo.
e) "Há uma luz no túnel dos desesperados..." (Herbet Vianna)
f) "A grande lua subia no céu, alva e serena, nevando as matas e os campos." (Coelho Neto)
g) "Raia agora a manhã no céu já todo azul." (Vicente de Carvalho)
h) Basta de proteger políticos corruptos.
i) Ventavam palavrões da boca de alguns torcedores.
j) "Quando hoje acordei, ainda fazia escuro." (Manuel Bandeira)
k) "Cavou a areia com as unhas, esperou que a água marejasse." (Graciliano Ramos)
l) Choveu nota baixa na última prova.
m) "Alta noite, seria hora e meio, acordo e não vejo." (Machado de Assis)

GABARITO.

QUESTÃO 20
Classifique sintaticamente os verbos em destaque, conforme o seguinte código:

1. verbo intransitivo
2. verbo transitivo direto
3. verbo transitivo indireto
4. verbo transitivo direto e indireto

a) (     ) Acalentada pela mãe, a criança dormiu.
b) (     ) Os policiais localizaram um novo túnel no presídio.
c) (     ) Alguns empresários não concordam com a nossa proposta.
d) (     ) Nunca misture cerveja com vinho.
e) (     ) Ocorreram grandes enchentes durante o último verão.
f) (     ) Bastavam-lhe um pouco mais de preservação.
g) (     ) Ofendiam o árbitro com terríveis palavrões.
h) (     ) Muitos ainda confundem sapo com rã.
i) (     ) Não depende de mim a sua promoção.
j) (     ) Restam poucos quilômetros para chegarmos à praia.
k) (     ) A plateia aplaudia os atores com entusiasmo.
l) (     ) Todo homem tem um sonho na vida.

GABARITO.

QUESTÃO 21
Classifique os complementos verbais destacados, colocando OD para objeto direto ou OI para objeto indireto. Em seguida, reescreva as frases, substituindo os complementos pelos pronomes oblíquos átonos correspondentes.

a) (     ) A mãe narrava contos de fadas aos seus filhos.
b) (    ) A mãe narrava contos de fadas aos seus filhos.
c) (     ) Após o Natal, oferecem vantagens aos consumidores.
d) (     ) Após o Natal, oferecem vantagens aos consumidores.
e) (     ) Fazer o trabalho com atenção era o conselho do mestre.
f) (     ) Reconhecemos os assaltantes dentre os detidos pela polícia.
g) (     ) Fiz com muita dedicação todos os meus trabalhos.
h) (     ) Depusemos nossa confiança em ti.
i) (     ) Ninguém perdoa a falsidade aos hipócritas.
j) (     ) Esta árvore produz bons frutos durante o ano todo.

GABARITO.

QUESTÃO 22
Substitua os objetos indiretos destacados por um pronome oblíquo tônico correspondente:

a) A viúva referia-se ao passado com tristeza.
b) O professor concordou com a minha opinião.
c) A imprensa aludiu a fatos recentes.
d) Muitos aspiram a um cargo público.
e) Novas leis variam ao progresso da nação.
f) Diariamente assistimos a cenas de violência.
g) Minhas relações visam ao meu próprio bem-estar.
h) Os críticos assistiam aos filmes premiados.

GABARITO.

QUESTÃO 23
Classifique os complementos verbais destacados, de acordo com o código abaixo:

1.objeto indireto
2. objeto direto preposicionado
3. objeto direto pleonástico
4. objeto indireto pleonástico
5. objeto direto interno

a) (     ) Você está ofendendo a todos os presentes.
b) (     ) Ele puxou da faca três vezes.
c) (     ) Os traidores morrerão morte infame.
d) (     ) A mim,  abriram-me todas as portas.
e) (     ) Somente ao juiz caberá tal decisão.
f)  (     ) A mim, abriram-me todas as portas.
g) (     ) Admiro ao próprio inimigo quando ele é leal.
h) (     ) Nunca desobedeças aos mais velhos.
i) (     ) "Gurgel tornou à sala e disse a Capitu que a filha chamava por ela." (Machado de Assis).
j) (     ) Vivo uma vida aditada.
k) (     ) Come do pão que te oferecem.
l) (     ) Esses comentários não nos interessam.
m) (     ) A ti, jamais te convidaremos para as solenidades.
n) (     ) Esperamos por você a tarde inteira.
o) (     ) Você há de chorar lágrimas amargas.
p) (     ) Aos lucros, somente a eles visam os gananciosos.
q) (     ) "Enfim peguei dos livros e corri a lição." (Machado de Assis)
r) (     )  Exijo que respeitem a mim.
s) (     ) Aos lucros, somente a eles visam os gananciosos.

GABARITO.

QUESTÃO 24
Assinale as orações em que ocorre verbo de ligação e sublinhe o predicativo do sujeito:

a) O tempo virou respectivamente.
b) "Quem sabe o príncipe virou um chato." (Cazuza / Roberto Frejat)
c) O candidato estava no gabinete do senador.
d) "Para sempre fiquei pálido e triste." (Antero de Quental)
e) A queima de fogos foi um grande espetáculo.
f) "Eu sou um internado num manicômio sem manicômio." (Álvaro de Campos)
g) O papagaio vive bastante.
h) Aquela sala vive suja.
i) "Para o romano, o mundo dos prodígios ficava a Ocidente." (Aquilino Ribeiro)
j) Este velho relógio já não anda.
k) Há dias que mamãe anda nervosa.
l) "Os campos ficaram tristes." (Antônio Feliciano de Castilho)

GABARITO.

QUESTÃO 25
Indique a função sintática dos termos destacados, de acordo com o seguinte código:

1. predicativo do sujeito
2. predicativo do objeto

a) (     ) Sempre considerei você um bom companheiro.
b) (     ) "Nenhum de nós seria capaz de tanto." (Machado de Assis)
c) (     ) A plateia aplaudia os dançarinos entusiasmada.
d) (     ) Seu irmão certamente será um exemplo de pai.
e) (     ) O mestre deu a discussão por encerrada.
f) (     ) Todos me julgam um gênio.
g) (     ) "(...) as margaridas estremecem, sobressaltadas." (Cecília Meireles)
h) (     ) "Pálido o Sol do céu se despedia, / Enviando à Terra o derradeiro beijo." (Olavo Bilac)
i) (     ) Felizmente anda baixa a inflação do país.
j) (     ) "Quando, um dia, eu for velhinho, / hei de encontrar-te, velha, no caminho." (Guilherme de Almeida)
k) (     ) Os noivos andavam sorridentes pelo salão.

GABARITO.

QUESTÃO 26
Classifique o predicado das orações seguintes de acordo com o seguinte código:

1. verbal
2. nominal
3. verbo-nominal

a) (     ) "Antônio Vieira Mendes casou cedo e pobre." (Camilo Castelo Branco)
b) (     ) "O estandarte do sanatório geral / vai passar." (Chico Buarque de Holanda)
c) (     ) "Pálido o Sol do céu se despedia..." (Olavo Bilac)
d) (     ) "Fui andando, sorrateiramente, encostadinho à parede." (Machado de Assis)
e) (     ) As drogas transformam os viciados em escravos.
f) (     ) "Hoje a poesia veio ao meu encontro." (Paulo César Pinheiro)
g) (     ) "Os dias, os anos / são palmos de nada." (Caetano Veloso)
h) (     ) "A realidade não precisa de mim" (Fernando Pessoa)
i) (     ) "Cada sentido é um dom divino." (Manuel Bandeira)
k) (     ) "O Pão de Açúcar era um teorema geométrico." (Oswald de Andrade)
l) (     ) "Chegou a casa irritada e aterrada." (Machado de Assis)

GABARITO.

QUESTÃO 27
Passe as orações seguintes para a voz passiva analítica e destaque o agente da passiva.

a) A luz circular do refletor envolvia o piano e o pianista.
b) Os cupins haviam destruído quase todo o teto.
c) A empresa oferecerá aos operários um ótimo reajuste salarial.
d) As águas continuam destruindo pontes e estradas.
e) Crianças crentes demonstravam desânimo e fraqueza.
f) Fortes geadas arrasaram toda a plantação de milho.
g) Infelizmente ninguém me ajudou naquele momento de aflição e dor.
h) Eu teria resolvido aquele problema com muita facilidade.
i) Todos perceberam que eu dera um alarme falso.
j) Nós deveríamos ter convidado aquela jovem interiorana para a festa.

GABARITO.

QUESTÃO 28
Identifique os termos destacados de acordo com o seguinte código.

1. complemento nominal
2. adjunto adnominal

a) (     ) "Nenhum de nós seria capaz de tanto." (Machado de Assis)
b) (     ) "Rumor superior quebra a doce harmonia da sesta." (Josué de Alencar)
c) (     ) "As outras filhas do latim se mantiveram mais ou menos fiéis às suas tradições." (Júlio Nogueira)
d) (     ) "Quebrei a imagem dos meus próprios sonhos!" (Augusto dos Anjos)
e) (     ) "As leis de assistência ao proletariado ainda não são muito eficientes." (José Américo de Almeida)
f) (     ) "O interesse do povo não diminuiu." (José J. Veiga)
g) (     ) "Minha terra tem macieiras da Califórnia." (Murilo Mendes)
h) (     ) "Os vigilantes, enérgicos, regularizavam a ocupação dos lugares." (Raul Pompeia)
i) (     ) "O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração." (Chico Buarque de Holanda)
j) (     ) "(...) fez o paraíso cheio de amores e frutos, e pôs o homem nele." (Machado de Assis)
k) (     ) "O olho da vida inventa luar." (Chico Buarque de Holanda)
l) (     ) "Lá vem o acendedor de lampiões da rua!" (Jorge de Lima)

GABARITO.

QUESTÃO 29
Indique a função sintática dos termos destacados conforme o seguinte código:

1. complemento nominal de substantivo
2. complemento nominal de adjetivo
3. complemento nominal de advérbio

a) (     ) O fumo é prejudicial à saúde.
b) (     ) A necessidade de carinho aproxima os seres.
c) (     ) Ela sempre demonstrou zelo pelo trabalho.
d) (     ) Aquele comerciante sempre foi ávido por dinheiro.
e) (     ) Você é indigno de meu perdão.
f) (     ) Os atletas agiram de acordo com o combinado.
g) (     ) Sempre fui amante da boa leitura.
h) (     ) Qualquer cidadão consciente é capaz de heroísmos.
i) (     ) O amor àquela mulher levou-o à loucura.
j) (     ) O cão bem tratado sempre é fiel ao seu dono.
k) (     ) Muitos parlamentares discursaram favoravelmente a esse projeto.
l) (     ) Não estamos satisfeitos com essas meidadas.

GABARITO.

QUESTÃO 30
Sublinhe os adjuntos adnominais prestes nas seguintes orações:

a) "Os olhos vazios e mornos miravam o silêncio coalhado da praça." (Autran Dourado)

b) Aquelas três belas garotas do interior receberam um valioso prêmio.

c) Os cinco primeiros alunos classificados conhecerão conhecerão aquela belíssima região serrana.

d) Esses dois bons médicos de São Paulo realizaram uma importante palestra.

e) A alegria da mãe são os seus dois encantadores filhos de colo.

f) Estes dois caríssimos remédios contra rinite alérgica parecem não fazer efeito.

g) "O último passo do destino parará sem forma funesta e a noite oscilará como um dourado sino em praça pública." (Cecília Meireles)

GABARITO.

QUESTÃO 31
Identifique a função sintática dos pronomes oblíquos destacados de acordo com o seguinte código:

1. objeto direto
2. objeto indireto
3. complemento nominal
4. adjunto adnominal

a) Agora, meu filho, diga-me toda a verdade.
b) O vento batia-me gostosamente no rosto.
c) Aquele mal atormentou-me durante muito tempo.
d) Comuniquei-lhe os fatos ontem de manhã.
e) Os meus conselhos foram-lhe bastante úteis.
f) Vejo-lhe na fonte uma certa amargura.
g) Confiei-lhe todos os meus segredos.
h) Sempre te considerei um grande amigo.
i) Vocês devem ser-me sempre fiéis.
j) Contou-nos essa jovem uma triste história.
k) Chora-lhe de saudade o coração.

GABARITO.

QUESTÃO 32
Indique a circunstância expressa pelos adjuntos adverbiais destacados nas orações que seguem.

Veja o exemplo:

"Fui andando, sorrateiramente, encostadinho à parede."
(Machado de Assis) - circunstância de modo

a) "No Pátio do Colégio afundem / meu coração paulistano." (Mário de Andrade)

b) "As cores das janelas e da porta estão lavadas de velhas." (Autran Dourado)

c) "Clara passeava no jardim com as crianças." (Carlos Drummond de Andrade)

d) "Ainda era muito cedo, não podia aparecer ninguém." (Fernando Sabino)

e) "Foi para vós que ontem colhi, senhora, este ramo de flores que ora envio." (Manuel Bandeira)

f) "A gente não pode dormir / com os oradores e os pernilongos." (Murilo Mendes)

g) "Quando Ismália enlouqueceu / Pôs-se na torre a sonhar..." (Alphonsus de Guimaraens)

h) "És tão mansa e macia, / que teu nome e ti mesma acaricia." (Gilka Machado)

i) "Sigo depressa machucando a areia." (Raul Bopp)

j) "Saio de meu poema / como quem lava as mãos." (João Cabral de Melo Neto)

k) "O céu jamais me dê a tentação funesta / de adormecer ao léu, na lomba da floresta." (Jorge de Lima)

l) "A bunda, que engraçada. / Está sempre sorrindo, nunca é trágica." (Carlos Drummond de Andrade)

m) "Talvez um dia o meu amor se extinga." (Machado de Assis)

GABARITO.

QUESTÃO 33
Analise os termos destacados nas orações seguintes de acordo com o seguinte código:

1. adjunto adnominal
2. adjunto adverbial

a) Muitos animais da floresta são perigosos.
b) Estes belos animais vieram da floresta.
c) Ele é um narciso às avessas.
d) Ele sempre agiu às avessas.
e) Investigaram em sigilo os escândalos de alguns políticos.
f) Uma investigação em sigilo desvendou alguns mistérios.
g) É saudável caminhar de manhã.
h) Passeios de manhã fazem bem à saúde.
i) Devemos dirigir com cautela.
j) Manobras com cautela são mais seguras.
k) As enchentes causaram muito prejuízo à população.
l) A população sofre muito com as enchentes.

GABARITO.

QUESTÃO 34
Indique se o trecho destacado nas orações seguintes funciona como aposto ou como vocativo:

a) "O bicho, meu Deus, era um homem." (Manuel Bandeira)

b) "Pintou mulheres às pampas, meu chapa." (Pablo Mendes Campos)

c) "Olá, guardador de rebanhos,
aí à beira da estrada,
Que te diz o vento que passa?" (Alberto Caeiro)

d) A casa, a família, os amigos, tudo o deixava indiferente.

e) "Chorai, Conde infeliz, morreu-te a filha." (Antônio Feliciano de Castilho)

f) O horário, o salário os colegas, nada o prendia ali.

g) "Venha para casa, Senhora, por favor" (Dalton Trevisan)

h) Nada altera a sua personalidade: curiosidade, ignorância, desrespeito.

i) "Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja." (Augusto dos Anjos)

j) O poeta Luís Vaz de Camões morreu pobre e esquecido.

k) A Argentina, país latino-americano, passou por momentos difíceis.

l) "Amada, aperta-me até o fim dos ossos." (Mário Logo)

m) "O engenheiro sonha coisas claras:
superfície, tênis, um copo d'água." (João Cabral de Melo Neto)

n) "Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração." (Carlos Drummond de Andrade)

o) "Seus amigos, os três marinheiros, ainda estavam tomando coragem em alguma taberna ali por perto." (Maria Clara Machado)

GABARITO.

Comentários