UNICAMP 2020: Os números indicam que antes da abolição de 1888 restavam pouco

UNICAMP 2020: Os números indicam que antes da abolição de 1888 restavam pouco mais de setecentos mil escravos no Brasil. Conforme estimativa do censo de 1872, elaborada pelo IBGE, a população total do país era de 9.930.478 habitantes. Isso indica que grande parte da população de cor (pretos e pardos) já havia adquirido a liberdade por seus próprios meios antes da Lei Áurea.
(Adaptado de Wlamyra Albuquerque, A vala comum da ‘raça emancipada’: abolição e
racialização no Brasil, breve comentário. História Social, Campinas, n. 19, p. 99, 2010.)

Com base no excerto e nos conhecimentos sobre a história da liberdade no Brasil, assinale a alternativa correta.

a) A maioria da população negra já era liberta antes de 1888, porque as províncias escravistas do Sudeste, almejando abrirem-se para a imigração italiana, vinham adotando medidas abolicionistas desde o fim do tráfico, em 1850.

b) Em termos globais, o grande percentual da população livre de cor reflete o peso demográfico da população liberta concentrada nas províncias pouco dependentes da escravidão, como Santa Catarina e Paraná.

c) A maioria da população africana e seus descendentes já era livre quando a Lei Áurea foi aprovada, porque vinha obtendo alforrias através de uma multiplicidade de estratégias, desde o período colonial.

d) O alto número de libertos antes de 1888 reflete o impacto da abolição dos escravos por parte do Imperador D. Pedro II, pois a família real era a maior proprietária de cativos durante o século XIX, na região do Vale do Paraíba.

QUESTÃO ANTERIOR:
UNICAMP 2020: A partir das fontes visuais reproduzidas e de seus conhecimentos, assinale a alternativa correta.

RESOLUÇÃO:
A alternativa correta remete-se a uma "multiplicacidade de estratégias", algumas das quais já praticadas no Período Colonial. Como exemplos, poderíamos citar a alforria como ato espontâneo dos senhores, a compra da liberdade graças à acumulação de recursos pelos próprios cativos (caso dos "negrosde-ganho"), desvio de palhetas de ouro durante a prática da mineração e, no Segundo Reinado, as pressões decorrentes da expansão da campanha abolicionista, além de processos judiciais de origens variadas.

GABARITO:
c) A maioria da população africana e seus descendentes já era livre quando a Lei Áurea foi aprovada, porque vinha obtendo alforrias através de uma multiplicidade de estratégias, desde o período colonial.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- UNICAMP 2020: Na Era da Catástrofe (1914-1945), com a Grande Depressão desencadeada pela crise de 1929, tornava-se cada vez mais claro que a paz, a estabilidade social, a economia, as instituições políticas e os valores intelectuais da sociedade liberal burguesa entraram em decadência ou colapso.

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova UNICAMP 2020 (1ª Fase) com Gabarito e Resolução

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários