(UNIFOR 2020) Olinda deu à luz gêmeos, sendo uma menina e um menino, sem ter realizado tratamento para engravidar

(UNIFOR 2020) Olinda deu à luz gêmeos, sendo uma menina e um menino, sem ter realizado tratamento para engravidar. Além disso, o menino nasceu daltônico e a menina normal (não daltônica).

A partir dessas informações, é possível concluir que os gêmeos desse caso são

(A) univitelinos, podendo o pai ser portador do gene defeituoso e a mãe, obrigatoriamente, daltônica.

(B) fraternos, podendo o pai ser normal e a mãe portadora do gene para o daltonismo.

(C) univitelinos, podendo a mãe ser, pelo menos, portadora do gene para o daltonismo, e o pai daltônico, obrigatoriamente.

(D) fraternos, sendo o pai obrigatoriamente daltônico e a mãe normal e homozigótica para este gene.

(E) fraternos, sendo a mãe e o pai, necessariamente, daltônicos.

QUESTÃO ANTERIOR:
(UNIFOR 2020) Um estudo apresentado durante o Encontro Anual de Endocrinologia de 2019, conferência médica realizada nos Estados Unidos, mostrou que a pílula anticoncepcional para homens, chamada 11-beta-MNTC

GABARITO:
(B) fraternos, podendo o pai ser normal e a mãe portadora do gene para o daltonismo.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (UNIFOR 2020) Principalmente a partir do século XVI, a Coroa portuguesa interveio militarmente em disputas e conflitos entre africanos para manter no governo autoridades africanas convenientes com o tráfico e a escravidão.

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova UNIFOR 2020.1 (Medicina) com Gabrito

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.