DESTAQUE
+ exercício com questões subjetivas.

Questões EsPCEx 2019 Português com Gabarito

questoes-espcex-2019-portugues-com-gabarito
Questões EsPCEx 2019 Português com Gabarito

Questões de:
Português
Física
Química
Matemática
Geografia
História
Inglês

PORTUGUÊS

Após a leitura atenta do texto apresentado a seguir, responda às questões propostas.

O fim do canudinho de plástico
Por Devorah Lev-Tov / Quinta-feira, 5 de Julho de 2018

Em 2015, um vídeo perturbador de uma tartaruga marinha oliva sofrendo com um canudo plástico preso em sua narina viralizou, mudando a atitude de muitos espectadores quanto ao utensílio plástico tão conveniente para muitos.

Mas, como pode o canudo plástico, um item insignificante utilizado brevemente antes de ser descartado, causar tanto estrago? Primeiramente, ele consegue chegar facilmente aos oceanos devido a sua leveza.

Ao chegar lá, o canudo não se decompõe. Pelo contrário, ele se fragmenta lentamente em pedaços cada vez menores, conhecidos como microplásticos, que são frequentemente confundidos com comida pelos animais marinhos.

E, em segundo lugar, ele não pode ser reciclado. “Infelizmente, a maioria dos canudos plásticos são leves demais para os separadores manuais de reciclagem, indo parar em aterros sanitários, cursos d’água e, por fim, nos oceanos”, explica Dune Ives, diretor executivo da organização Lonely Whale. A ONG viabilizou uma campanha de marketing de sucesso chamada “Strawless in Seattle” (ou “Sem Canudos em Seattle”) em apoio à iniciativa “Strawless Ocean” (ou “Oceanos Sem Canudos”).

Nos Estados Unidos, milhões de canudos de plástico são descartados todos os dias. No Reino Unido, estima-se que pelo menos 4,4 bilhões de canudos sejam jogados fora anualmente. Hotéis são alguns dos piores infratores: o Hilton Waikoloa Village, que se tornou o primeiro resort na ilha do Havaí a banir os canudos plásticos no início deste ano, utilizou mais de 800 mil canudos em 2017.

Mas é claro que os canudos são apenas parte da quantidade monumental de resíduos que vão parar em nossos oceanos. “Nos últimos 10 anos, produzimos mais plástico do que em todo o século passado e 50% do plástico que utilizamos é de uso único e descartado imediatamente”, diz Tessa Hempson, gerente de operações do Oceans Without Borders, uma nova fundação da empresa de safáris de luxo & Beyond.

“Um milhão de aves marinhas e 100 mil mamíferos marinhos são mortos anualmente pelo plástico nos oceanos. 44% de todas as espécies de aves marinhas, 22% das baleias e golfinhos, todas as espécies de tartarugas, e uma lista crescente de espécies de peixes já foram documentados com plástico dentro ou em volta de seus corpos”.

Mas, agora, o próprio canudo plástico começou a finalmente se tornar uma espécie ameaçada, com algumas cidades nos Estados Unidos (Seattle, em Washington; Miami Beach e Fort Myers Beach, na Flórida; e Malibu, Davis e San Luis Obispo, na Califórnia) banindo seu uso, além de outros países que limitam itens de plástico descartável, o que inclui os canudos. Belize, Taiwan e Inglaterra estão entre os mais recentes países a proporem a proibição.

Mesmo ações individuais podem causar um impacto significativo no meio ambiente e influenciar a indústria: a proibição em uma única rede de hotéis remove milhões de canudos em um único ano. As redes Anantara e AVANI estimam que seus hotéis tenham utilizado 2,49 milhões de canudos na Ásia em 2017, e a AccorHotels estima o uso de 4,2 milhões de canudos nos Estados Unidos e Canadá também no último ano.

Embora utilizar um canudo não seja a melhor das hipóteses, algumas pessoas ainda os preferem ou até necessitam deles, como aqueles com deficiências ou dentes e gengivas sensíveis. Se quiser usar um canudo, os reutilizáveis de metal ou vidro são a alternativa ideal. A Final Straw, que diz ser o primeiro canudo retrátil reutilizável do mercado, está arrecadando fundos através do Kickstarter.

“A maioria das pessoas não pensa nas consequências que o simples ato de pegar ou aceitar um canudo plástico tem em suas vidas e nas vidas das futuras gerações” diz David Laris, diretor de criação e chef do Cachet Hospitality Group, que não utiliza canudos de plástico. “A indústria hoteleira tem a obrigação de começar a reduzir a quantidade de resíduos plásticos que gera”.
Adaptado de https://www.nationalgeographicbrasil.com/planeta-ou-plastico/2018/07/fim-canudinhoplastico-canudo-poluicao-oceano . Acesso em 14 de março de 2019.

QUESTÃO 01
(EsPCEx 2019) Marque a alternativa correta de acordo com o texto.

[A] Em nossos oceanos, os resíduos plásticos são compostos praticamente por canudos.

[B] Pessoas com deficiências ou indivíduos com dentes e gengivas sensíveis são o fator responsável por ainda não ter ocorrido proibição do uso de canudos plásticos.

[C] O descarte indiscriminado de canudos plásticos constitui uma ameaça para a vida marinha, mas já existem iniciativas para a solução desse problema.

[D] Estados Unidos e Reino Unido são os países que mais lançam canudos plásticos nos oceanos.

[E] Os canudos vão parar nos oceanos por serem uma quantidade monumental de resíduos plásticos.

GABARITO.

QUESTÃO 02
Assinale a alternativa correta.

“Mas é claro que os canudos são apenas parte da quantidade monumental de resíduos plásticos que vão parar em nossos oceanos”.

(EsPCEx 2019) O fragmento, transcrito do texto “O fim do canudinho de plástico”, permite concluir que:

[A] além dos canudos, há outros resíduos plásticos que vão parar em nossos oceanos.

[B] os canudos caracterizam a maior parte dos resíduos plásticos que vão parar em nossos oceanos.

[C] apenas os canudos que se tornam resíduos plásticos vão parar em nossos oceanos.

[D] os resíduos plásticos que vão parar em nossos oceanos são compostos essencialmente por canudos.

[E] há uma quantidade monumental de canudos plásticos em nossos oceanos que são compostos de resíduos plásticos.

GABARITO.

QUESTÃO 03
(EsPCEx 2019) Marque a alternativa correta de acordo com o texto.

[A] O vídeo da tartaruga marinha oliva foi o que levou as grandes redes hoteleiras a proporem o fim dos canudos de plástico.

[B] Os canudos plásticos são muito leves e, por isso, acabam escapando dos separadores manuais de reciclagem.

[C] Nos Estados Unidos, estima-se que pelo menos 4,4 bilhões de canudos sejam jogados fora anualmente.

[D] Pessoas com alguma deficiência ou com gengivas sensíveis são os principais causadores da epidemia de uso de canudos plásticos.

[E] David Laris, principal produtor de canudos plásticos no mundo, pensa nas consequências de sua atitude.

GABARITO.

QUESTÃO 04
(EsPCEx 2019) No trecho a seguir, a oração adjetiva sublinhada refere-se a qual elemento, de acordo com o entendimento proporcionado pelo texto?

“A maioria das pessoas não pensa nas consequências que o simples ato de pegar ou aceitar um canudo plástico tem em suas vidas e nas vidas das futuras gerações” diz David Laris, diretor de criação e chef do Cachet Hospitality Group, que não utiliza canudos de plástico.

[A] David Laris.
[B] Diretor de criação.
[C] Chef.
[D] A maioria das pessoas.
[E] Cachet Hospitality Group.

GABARITO.

QUESTÃO 05
(EsPCEx 2019) “As redes Anantara e AVANI estimam que seus hotéis tenham utilizado 2,49 milhões de canudos na Ásia em 2017.”

Assinale a alternativa em que a oração sublinhada abaixo tem a mesma função daquela destacada na frase acima.

[A] Ele se fragmenta em pedaços cada vez menores, que são frequentemente confundidos com comida pelos animais marinhos.

[B] É claro que os canudos são apenas parte da quantidade monumental de resíduos que vão parar em nossos oceanos.

[C] Nos últimos 10 anos, produzimos mais plástico do que em todo o século passado.

[D] As empresas não precisam esperar que o governo institua a proibição antes de implementarem a sua própria.

[E] Redes hoteleiras que estão eliminando os canudos plásticos já testaram diversas alternativas descartáveis.

GABARITO.

QUESTÃO 06
(EsPCEx 2019) Assinale a alternativa em que todos os vocábulos são acentuados pela mesma regra.

[A] plástico, últimos, mamíferos, único.

[B] contrário, hipóteses, sensíveis, hotéis.

[C] indústria, países, além, já.

[D] reutilizáveis, através, início, resíduos.

[E] próprio, sanitários, lá, descartável.

GABARITO.

QUESTÃO 07
(EsPCEx 2019) “Mas é claro que os canudos são apenas parte da quantidade monumental de resíduos que vão parar em nossos oceanos”.

Assinale a alternativa em que a reescrita do fragmento está de acordo com as regras de pontuação da norma gramatical.

[A] ”Está claro que os canudos são apenas parte, da quantidade monumental, de resíduos que vão parar em nossos oceanos”.

[B] “Isto está claro: os canudos são apenas parte da quantidade monumental de resíduos que vão parar em nossos oceanos”.

[C] “Está claro que os canudos são apenas parte: da quantidade monumental de resíduos, que vão parar em nossos oceanos”.

[D] “Está claro, que os canudos são, apenas parte da quantidade monumental de resíduos que vão parar em nossos oceanos”.

[E] “Isto está claro, os canudos são apenas parte da quantidade monumental, de resíduos que vão parar em nossos oceanos”.

GABARITO.

QUESTÃO 08
(EsPCEx 2019) No excerto "A maioria das pessoas não pensa nas consequências que o simples ato de pegar ou aceitar um canudo plástico tem em suas vidas", o verbo sublinhado está no singular porque o autor

[A] quis colocar-se como o único que pensa nas consequências da utilização de canudos plásticos.

[B] preferiu a concordância enfática com a ideia de pluralidade sugerida pelo sujeito.

[C] efetuou a concordância erroneamente, já que o núcleo do sujeito anteposto está no plural.

[D] optou por uma concordância ideológica, já que se refere a um número pequeno de pessoas.

[E] efetuou a concordância estritamente gramatical com o coletivo singular.

GABARITO.

QUESTÃO 09
(EsPCEx 2019) “A Final Straw, que diz ser o primeiro canudo retrátil reutilizável do mercado, está arrecadando fundos através do Kickstarter.”

A vírgula colocada depois do sujeito está

[A] incorreta, pois não se deve separar o sujeito de seu complemento.

[B] incorreta, porque não se separa a oração subordinada adjetiva restritiva.

[C] correta, porque separa uma oração subordinada adjetiva explicativa.

[D] correta, porque separa a oração subordinada adverbial temporal.

[E] correta, porque separa o vocativo, Final Straw, no início do período.

GABARITO.

QUESTÃO 10
(EsPCEx 2019) “Embora utilizar um canudo não seja a melhor das hipóteses, algumas pessoas ainda os preferem ou até necessitam deles...”.

Assinale a alternativa em que a reescrita do fragmento mantém as relações de sentido e de subordinação indicadas no texto original.

[A] Utilizar um canudo não é a melhor das hipóteses, ainda que algumas pessoas os prefiram ou até necessitem deles...”

[B] “Visto que a utilização de um canudo não é a melhor das hipóteses, algumas pessoas ainda os preferem ou até necessitam deles...”

[C] “Mesmo que a utilização de um canudo não seja a melhor das hipóteses, algumas pessoas ainda os preferem ou até necessitam deles...”

[D] Considere-se que utilizar um canudo não seja a melhor das hipóteses, porque ainda há algumas pessoas que os preferem ou até necessitam deles...”

[E] Concluindo-se que utilizar um canudo não seja a melhor das hipóteses, consideremos algumas pessoas que ainda os preferem ou até necessitam deles...”.

GABARITO.

QUESTÃO 11
(EsPCEx 2019) Marque a alternativa correta quanto à concordância verbal.

[A] Um milhão de canudos plásticos são mais do que os oceanos podem suportar.

[B] Descarta-se ainda milhares de canudos plásticos anualmente.

[C] Haverão montanhas de resíduos plásticos nos oceanos dos quais os canudos são apenas parte.

[D] Mais de um hotel já deixaram de consumir canudos descartáveis.

[E] Se quiser usar um canudo, os reutilizáveis de metal ou vidro são a alternativa ideal.

GABARITO.

QUESTÃO 12
(EsPCEx 2019) Marque a alternativa na qual a palavra destacada funciona como adjetivo.

[A] Os canudos poluem bastante.

[B] Ações individuais são bastante significativas.

[C] Algumas pessoas preferem ou necessitam bastante dos canudos.

[D] Foi encontrada uma lista bastante grande de espécies afetadas.

[E] Não há atitude bastante para resolver o problema.

GABARITO.

QUESTÃO 13
(EsPCEx 2019) Em “um item insignificante utilizado brevemente antes de ser descartado”, as palavras sublinhadas são formadas, respectivamente, por

[A] sufixação; derivação imprópria.
[B] prefixação; derivação prefixal e sufixal.
[C] aglutinação; hibridismo.
[D] parassíntese; sufixação.
[E] derivação prefixal e sufixal; parassíntese.

GABARITO.

QUESTÃO 14
(EsPCEx 2019) Em “...estima-se que pelo menos 4,4 bilhões de canudos sejam jogados fora anualmente.”, o verbo auxiliar está conjugado no

[A] futuro do subjuntivo.
[B] presente do indicativo.
[C] imperativo afirmativo.
[D] presente do subjuntivo.
[E] futuro do presente do indicativo.

GABARITO.

QUESTÃO 15
(EsPCEx 2019) Analise o período a seguir e marque a alternativa correta.

“Se quiser usar canudo, os reutilizáveis de metal ou vidro são a alternativa ideal.”

[A] O termo “se quiser usar canudo” é a oração principal do período e estabelece uma condição em relação a outra oração.

[B] A expressão “os reutilizáveis de metal ou vidro” é um termo com valor substantivo classificado sintaticamente como sujeito composto.

[C] O termo “a alternativa ideal” é um predicativo do sujeito que tem como núcleo o vocábulo “ideal”.

[D] O vocábulo “canudo” é um termo com valor adverbial que modifica o valor semântico da locução verbal “quiser usar”.

[E] A expressão “de metal ou vidro” é um termo com valor adjetivo classificado sintaticamente como adjunto adnominal.

GABARITO.

QUESTÃO 16
(EsPCEx 2019) “Belize, Taiwan e Inglaterra foram os países que recentemente ___________ a proibição de canudos.”

Em consonância com as ideias do texto, o verbo que completa a lacuna corretamente é:

[A] propunham
[B] proporam
[C] propuseram
[D] proporiam
[E] proporão

GABARITO.

QUESTÃO 17
(EsPCEx 2019) Influenciados pelo poeta latino Horácio, os poetas árcades costumam reaproveitar dois temas da tradição clássica: o fugere urbem e o aurea mediocritas.

Assinale o trecho de Cláudio Manuel da Costa que apresenta essas características:

[A] “Como, ó Céus, para os ver terei constância, / Se cada flor me lembra a formosura / Da bela causadora de minha ânsia?”

[B] “Se o bem desta choupana pode tanto, / Que chega a ter mais preço, e mais valia, / Que da cidade o lisonjeiro encanto;”

[C] “Enfim serás cantada, Vila Rica, / Teu nome alegre notícia, e já clamava; / Viva o senado! viva! repetia / Itamonte, que ao longe o eco ouvia.”

[D] “Já rompe, Nise, a matutina aurora / O negro manto, com que a noite escura, / Sufocando do Sol a face pura, / Tinha escondido a chama brilhadora.”

[E] “Destes penhascos fez a natureza / O berço, em que nasci: oh quem cuidara, / Que entre penhas tão duras se criara / Uma alma terna, um peito sem dureza.”

GABARITO.

QUESTÃO 18
(EsPCEx 2019) Em relação ao Classicismo, que se desenvolveu durante o século XVI, marque a alternativa correta.

[A] Esse movimento literário possibilita a expressão da condição individual, da riqueza interior do ser humano que se defronta com sua inadequação à realidade.

[B] A poesia dessa época adota convenções do bucolismo como expressão de um sentimento de valorização do ser humano.

[C] Os poetas pertencentes a esse período literário perseguiam uma expressão equilibrada, sóbria, capaz de transmitir o domínio que a razão exercia sobre a emoção individual, colocando o homem como centro de todas as coisas.

[D] Os autores dessa estética literária procuraram retratar a vida como é e não como deveria ou poderia ser. Perseguem a precisão nas descrições, principalmente pela harmonização de detalhes que, somados, reforçam a impressão de realidade.

[E] A poesia desse período passa a ser considerada um esforço de captação e fixação das sutis sensações produzidas pela investigação do mundo interior de cada um e de suas relações com o mundo exterior.

GABARITO.

QUESTÃO 19
“Além, muito além daquela serra, que ainda azula no horizonte, nasceu Iracema.

Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que seu talhe de palmeira.

O favo da jati não era doce como seu sorriso; nem a baunilha recendia no bosque como seu hálito perfumado.

Mais rápida que a ema selvagem, a morena virgem corria o sertão e as matas do Ipu, onde campeava sua guerreira tribo, da grande nação tabajara. O pé grácil e nu, mal roçando, alisava apenas a verde pelúcia que vestia a terra com as primeiras águas.”

(EsPCEx 2019) Marque a alternativa que aponta a característica do Romantismo presente no fragmento do Romance “Iracema”, de José de Alencar.

[A] Idealização da personagem mediante a associação entre aspectos humanos e elementos da natureza.

[B] Valorização do regionalismo por meio do registro de palavras e expressões típicas do vocabulário regional.

[C] Enaltecimento do indígena com o emprego do locus amoenus exigível em cenas da natureza das narrativas clássicas.

[D] Empoderamento de minorias marginalizadas por meio da escolha de uma mulher morena e indígena para o protagonismo da narrativa.

[E] Reflexão crítica sobre a formação do povo brasileiro mediante a identificação de uma mulher como verdadeira representante de nossas origens indígenas.

GABARITO.

QUESTÃO 20
(EsPCEx 2019) Leia as estrofes a seguir e responda o que se pede.

Quando Ismália enlouqueceu
Pôs-se na torre a sonhar…
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.
 (...)
As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par…
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar…

Quanto às estrofes apresentadas é correto afirmar que

[A] as antíteses articulam-se em torno de desejos contraditórios e dividem-se entre a realidade espiritual e concreta, atingindo o desejo simbolista de transcendência espiritual.

[B] o pessimismo constitui-se em torno do desejo de morrer, característica da segunda geração romântica, marcada pelo “mal do século”.

[C] se registra a dicotomia do homem do século XVII, crise espiritual (teocentrismo) e paganismo (antropocentrismo), característica barroca.

[D] há um resgate do racionalismo e do equilíbrio do Classicismo como forma de combater a influência do Barroco, por isso a presença de opostos: lua no céu, lua no mar, alma e céu, corpo e mar.

[E] há uma preocupação formal, própria dos parnasianos que resgatam a poesia clássica, cultivando, por exemplo, o soneto, forma fixa da estrutura desta poesia.

GABARITO.

Comentários