(ENCCEJA 2018) Com base no texto, as brincadeiras são identificadas como um(a)

meninos brincando de pau na lata

brincando de peteca

Basta alguém ter passado dos trinta para se lembrar perfeitamente de uma infância sem telefone celular, tablets ou computadores. Para estudar, divertir-se e passar o tempo, não havia o virtual: além do mundo real, só mesmo a nossa imaginação – e ela, nossa imaginação, era quem sempre melhor nos acompanhava na hora das brincadeiras infantis.

Talvez pareça espantoso, mas as crianças divertiam-se tanto ou mais no passado, sem virtualidade nem tanta tecnologia, quanto hoje. Livros, gibis, jogos, bonecos, correr, dançar, andar de bicicleta e brincar de forma geral – além, é claro, dos próprios amigos – faziam a felicidade da criançada.
Disponível em: www.londrinando.com. Acesso em: 17 mar. 2018 (adaptado).

(ENCCEJA 2018) Com base no texto, as brincadeiras são identificadas como um(a)

A) prática com dimensões cultural e histórica.

B) aspecto que desapareceu do cotidiano das crianças.

C) resultado da virtualidade e da tecnologia no mundo real.

D) atividade presente somente na infância de pessoas mais velhas.

QUESTÃO ANTERIOR:
(ENCCEJA 2018) O texto apresenta uma explicação fundamentada nas ciências sobre o mecanismo de confecção de teias de aranha. Esse texto tem o papel predominante de

GABARITO:
A) prática com dimensões cultural e histórica.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (ENCCEJA 2018) De acordo com a evolução apresentada na imagem, identificamos que os idosos

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova Encceja 2018 - Língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física - Ensino Fundamental - com Gabarito

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.