(ENCCEJA 2018) O texto aborda algumas crenças a respeito do futuro da língua portuguesa, como a ideia de que ela desaparecerá

A língua do Brasil amanhã

Ouvimos com frequência opiniões alarmantes a respeito do futuro da nossa língua. Às vezes se diz que ela vai simplesmente desaparecer, ou que vai se “misturar” com o espanhol, formando o “portunhol”; ou, simplesmente, que vai se corromper pelo uso da gíria e das formas populares de expressão.

O que é que poderia ameaçar a integridade, ou a existência, da nossa língua? O primeiro fator, frequentemente citado, é a influência do inglês — o mundo de empréstimos que andamos fazendo para nos expressarmos sobre certos assuntos. Não se pode negar que o fenômeno existe; o que mais se faz hoje em dia é surfar, deletar ou tratar do marketing. Mas isso não significa o desaparecimento da língua portuguesa; empréstimos são um fato da vida, e sempre existiram.

Hoje pouca gente sabe disso, mas avalanche, alfaiate, tenor pingue-pongue são palavras de origem estrangeira; hoje já se naturalizaram, e certamente ninguém vê ameaça nelas.
PERINI, M. A. A língua do Brasil amanhã e outro mistérios.
São Paulo: Parábola, 2004 (adaptado).

(ENCCEJA 2018) O texto aborda algumas crenças a respeito do futuro da língua portuguesa, como a ideia de que ela desaparecerá, mudará ou se misturará com outras línguas. Acerca da preservação do patrimônio linguístico brasileiro, o ponto de vista defendido pelo autor é o de que

A) o inglês, dentro de pouco tempo, deverá ser considerado o idioma universal.

B) os termos do espanhol e do inglês vão substituir a maioria das palavras em português.

C) a integridade da língua portuguesa não está ameaçada pelo uso de palavras do inglês.

D) as palavras e as expressões populares são uma ameaça à conservação da língua portuguesa.

QUESTÃO ANTERIOR:
(ENCCEJA 2018) A tirinha trata da reação do menino ao fato de ter ganhado apenas um biscoito. No trecho “Também, coitadinho”, o diminutivo utilizado pela menina expressa

GABARITO:
C) a integridade da língua portuguesa não está ameaçada pelo uso de palavras do inglês.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (ENCCEJA 2018) O argumento que fundamenta a obrigatoriedade da vacinação infantil é o de que

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova Encceja 2018 - Língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física - Ensino Fundamental - com Gabarito

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.