A prioridade na fila de transplante hepático é baseada na pontuação pelo MELD, porém existem situações

FGV 2021 - FUNSAÚDE-CE - QUESTÃO 62
A prioridade na fila de transplante hepático é baseada na pontuação pelo MELD, porém existem situações em que a gravidade da doença não é bem contemplada pelo MELD, devendo receber prioridade com base em um sistema de pontuação especial. 

No Brasil, as situações a seguir são consideradas situações especiais para transplante hepático, à exceção de uma. Assinale-a.

(A) Hepatocarcinoma maior ou igual a 1 cm de diâmetro, dentro dos critérios de Milão. 

(B) Polineuropatia amiloidótica familiar, graus I, II e III. 

(C) Síndrome hepatopulmonar com PaO2 menor que 60 mmHg em ar ambiente. 

(D) Tumor neuroendócrino metastático, irressecável, com tumor primário já retirado, e sem doença extra-hepática detectável.

(E) Carcinoma fibrolamelar irressecável e sem doença extrahepática.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(B) Polineuropatia amiloidótica familiar, graus I, II e III. 

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.