A respeito da sua aplicação em pacientes com diagnóstico de câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC), assinale a afirmativa correta.

FGV 2021 - FUNSAÚDE-CE - QUESTÃO 56
Nos últimos anos, tem sido cada vez mais importante, para o oncologista clínico, o conhecimento a respeito da medicina genômica. 

A respeito da sua aplicação em pacientes com diagnóstico de câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC), assinale a afirmativa correta. 

(A) Considerando os medicamentos aprovados para uso no Brasil, os pacientes com CPNPC, com qualquer componente histológico não escamoso, com tumor estágio IV ou recorrente e candidatos a tratamento sistêmico, devem ser avaliadas, no mínimo, para a presença de alterações somáticas nos genes EGFR, ALK, ROS1, BRAF e NTRK1-3. 

(B) Em pacientes com tumor estágio IV ou recorrente, um teste de painel somático deve ser solicitado somente para aqueles que apresentem histologia não escamosa e que sejam candidatos a tratamento sistêmico. 

(C) A pesquisa de mutação no gene EGFR em pacientes com CPCNP estágio II ou III tratados com ressecção cirúrgica curativa deve ser solicitada apenas com o objetivo de avaliar o tratamento paliativo em caso de recidiva, uma vez que não há tratamento adjuvante aprovado para uso no Brasil, no caso de deleção do éxon 19 ou de substituição no éxon 21 (L88R). 

(D) A avaliação de genes individuais, de maneira sequencial, iniciando-se pelo gene EGFR, é recomendada como método preferencial, uma vez que os painéis de sequenciamento contendo múltiplos genes ainda apresentam custo elevado e utilizam maior quantidade de tecido tumoral para a sua realização. 

(E) A avaliação de alterações somáticas em DNA circulante tumoral (biópsia líquida para genotipagem), além da dificuldade técnica e do risco de resultados falso-negativos, apresenta baixa concordância e nenhuma vantagem em relação à biópsia do tumor sólido, sendo por isso utilizada atualmente em duas situações apenas: para fins de pesquisa (com resultados bastante promissores) ou para pacientes com performance status (PS ECOG) 4, sem condições de serem submetidos à uma biópsia da lesão primária ou metastática.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(A) Considerando os medicamentos aprovados para uso no Brasil, os pacientes com CPNPC, com qualquer componente histológico não escamoso, com tumor estágio IV ou recorrente e candidatos a tratamento sistêmico, devem ser avaliadas, no mínimo, para a presença de alterações somáticas nos genes EGFR, ALK, ROS1, BRAF e NTRK1-3.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.