Todavia, o que aproximava franceses, ingleses e outros colonizadores, e dava-lhes consciência de

UNIVESP 2021 - QUESTÃO 26
Todavia, o que aproximava franceses, ingleses e outros  colonizadores, e dava-lhes consciência de pertencerem à Europa, era aquela convicção de que encarnavam a ciência e a técnica, e de que este saber permitia às sociedades por eles subjugadas progredir.Civilizar-se.
(Marc Ferro. Histórias das Colonizações: 
das conquistas às independências, 1996.)

De acordo com o historiador, no final do século XIX,

(A) a evolução das diferentes sociedades dependia da fusão  entre os saberes dos povos nativos e dos europeus.

(B) o domínio de conhecimentos técnico-científicos embasava a crença na superioridade dos europeus.

(C) a concepção de progresso social baseava-se no rompimento dos laços entre colonizados e colonizadores.

(D) o ideal de pertencimento à civilização europeia envolvia questões religiosas desconhecidas por outras sociedades.

(E) a diferença entre povo atrasado e povo desenvolvido foi  superada pela missão civilizadora do homem branco.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(B) o domínio de conhecimentos técnico-científicos embasava a crença na superioridade dos europeus.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.