ENADE 2010: A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, aprovada em 2009

ENADE 2010: A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, aprovada em 2009, tem como objetivo a promoção da melhoria das condições de saúde da população masculina brasileira, “contribuindo para a redução das causas de morbidade e mortalidade através do enfrentamento racional dos fatores de Tisco e facilitando o acesso às ações e aos serviços de atenção integral à saúde" (BRASIL, 2010).

Hoje, no Brasil, duas a cada três mortes de adultos são de homens, o que reforça a necessidade de uma política específica de atenção a essa parcela da população.

O gráfico abaixo apresenta as principais causas de mortalidade na população masculina brasileira de 20 a 59 anos de idade.

INDAGACAO

Com base no gráfico, conclui-se que

A) há relação inversa entre a mortalidade por causas externas e a mortalidade devida a doenças do aparelho circulatório nos extremos de idade: 20-29 anos e 50-59 anos de idade.

B) as curvas de mortalidade por neoplasias, doenças do aparelho digestivo e do aparelho respiratório têm pouca variação entre si na vida adulta.

C) a mortalidade por neoplasias entra em ascensão a partir dos 39 anos de idade e estabiliza na faixa etária de 50 a 59 anos de idade.

D) as doenças do aparelho circulatório são responsáveis por grande parte da mortalidade durante toda a vida adulta.

E) causas externas e doenças do aparelho circulatório assumem curvas semelhantes após os 40 anos de idade.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
A) há relação inversa entre a mortalidade por causas externas e a mortalidade devida a doenças do aparelho circulatório nos extremos de idade: 20-29 anos e 50-59 anos de idade.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.