ENADE 2010: Celeste, interessada em enviar o resumo de seu artigo a uma revista científica, sintetizou os principais dados de seu trabalho

ENADE 2010: Celeste, interessada em enviar o resumo de seu artigo a uma revista científica, sintetizou os principais dados de seu trabalho, mas não sabia como estruturá-lo. Com o intuito de organizar seu resumo, colocou os dados conforme a distribuição abaixo.

Item I - Apesar de a prevalência de Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) ter sido inferior à observada em outros estudos com motoristas, essa prevalência é superior à da população em geral. As características do trabalho, entre as quais o vínculo de trabalho, estão associadas à SAOS. Esses  dados evidenciam a relevância de se levar em consideração a atividade de trabalho em estudos que investiguem fatores associados à SAOS.

Item II - A população desse estudo constituiu-se de motoristas de caminhão de duas filiais de uma empresa transportadora (n = 209), com idade média de 38,8 anos, sendo 98,5% do sexo masculino. O índice de massa corpórea, em kg/m² foi de 26,5 ± 4,4. Os participantes responderam a questionários sobre dados sociodemográficos, atividade física e SAOS. A prevalência de SAOS foi estimada por meio do Questionário de Berlim e sua associação com os fatores estudados foi verificada pela análise de regressão univariada e multivariada.

Item III - Em estudos com motoristas profissionais, tem-se observado uma prevalência de SAOS mais elevada que aquela da população em geral.

Item IV - Estimar a prevalência da síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) e verificar os fatores associados à chance de desenvolver SAOS em motoristas de caminhão.

Item V - A prevalência de SAOS na população foi de 11,5%. Dos 209 motoristas, 72 (34,5%) referiram dormir ao volante enquanto dirigiam ao menos uma vez e 81 (38,7%) referiram roncar durante o sono. As variáveis estatisticamente significativas associadas à SAOS foram vínculo empregatício informal (OR = 0,27; p = 0,01), índice de massa corpórea ≥ 25 kgm² (OR = 13,64; p = 0,01) e qualidade do sono ruim (OR = 3,00; p = 0,02).
LEMOS, L. C. et al. Sindrome da apneia obstrutiva do sono em motoristas 
de caminhão. Bras. Pneumologia, v.36,n. 6, p. 500.506, 2000

Quais seriam as correspondências corretas para que o resumo de Celeste fosse considerado bem elaborado?

A) Introdução (item I), objetivo (item II), método (item V), resultados (item III) e conclusão (item IV).

B) Introdução (item IV), objetivo (item V), método (item I), resultados (item II) e conclusão (item III).

C) Introdução (item II), objetivo (item III), método (item IV), resultados (item I) e conclusão (item V).

D) Introdução (item III), objetivo (item IV), método (item II), resultados (item V) e conclusão (item I).

E) Introdução (item V), objetivo (item I), método (item III), resultados (item IV) e conclusão (item I).

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
D) Introdução (item III), objetivo (item IV), método (item II), resultados (item V) e conclusão (item I).

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.