ENADE 2010: Em um município brasileiro, no ano de 2009, foi desenvolvido estudo para avaliar o valor preditivo do protocolo Clinical Risk Index for Babies (CRIB)

ENADE 2010: Em um município brasileiro, no ano de 2009, foi desenvolvido estudo para avaliar o valor preditivo do protocolo Clinical Risk Index for Babies (CRIB) para prever a mortalidade de recém nascidos admitidos nas unidades de terapia intensiva, comparando-se esse escore com o peso de nascimento (PN) e a idade gestacional (IG). O escore do CRIB envolve a análise das variáveis PN, IG, má-formação congênita e índices do estado fisiológico.

Participaram do estudo 100 recém-nascidos, sendo que o peso médio, em gramas, foi de 1120 ± 250 e a idade gestacional média, em semanas, foi de 30 ± 2. Ao analisarem a mortalidade geral de RN no período do estudo, os pesquisadores detectaram o disposto no gráfico abaixo.

INDAGACAO

Ao compararem o escore CRIB com as variáveis PN e IG, os pesquisadores encontraram os resultados descritos no quadro a seguir, sendo considerados estatisticamente significantes os valores assinalados com asterisco, como valores de interrelação preditiva de óbito de RN quando comparados com o CRIB.

INDAGACAO

Com base nesses dados, conclui-se que

A) a idade gestacional variou entre 27 e 33 semanas.

B) o peso ao nascer dos RN variou entre 850 g e 1400 9.

C) a maioria dos RN do município foi a óbito no período do estudo.

D) a maioria dos RN com peso até 999 g apresentou correlação positiva com o CRIB.

E) a maioria dos RN com idade gestacional até 32 semanas apresentou correlação positiva com o CRIB.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
D) a maioria dos RN com peso até 999 g apresentou correlação positiva com o CRIB.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.