ENADE 2010: O teste muscular manual (TMM) destina-se a medir o grau de tensão muscular gerado contra uma resistência

ENADE 2010: O teste muscular manual (TMM) destina-se a medir o grau de tensão muscular gerado contra uma resistência. Essa tensão pode variar de acordo com o número de unidades motoras (UM's) ativadas, o comprimento do músculo durante a contração, a área de secção transversa (AST) do músculo, a predominância do tipo de fibra muscular, o ponto de aplicação da resistência, a técnica de estabilização e o estado de motivação do indivíduo.

É fato que os fatores anatômicos e fisiológicos que influenciam a força muscular não podem ser controlados em uma situação de teste, porém muitos deles (posicionamento do paciente, estabilização, ponto de aplicação da resistência e motivação) podem e devem ser controlados. Esses fatores devem ser padronizados para cada teste muscular 1a fim de manter-se a consistência e aprimorar a validade e a confiabilidade do TMM.
HISLOP, H. 4; MONTGOMERY, ). Provas de função muscular: técnicas de
exame manual. &. ed. Rio de Jeneiro: Elsevier, 2006 (adagtado).

A partir do texto e com relação ao TMM dos isquiotibiais (semitendinoso, semimembranoso e bíceps femoral), após a demonstração do movimento a ser executado, o paciente deve

A) postar-se na posição de decúbito ventral; realizar o movimento de flexão do joelho apenas contra a ação da gravidade enquanto o examinador estabiliza o quadril para evitar a semiflexão ao mesmo tempo em que observa se o paciente realizou a amplitude parcial de movimento para atribuir ao TMM o grau 2.

B) ficar na posição de decúbito dorsal; realizar o movimento de flexão do joelho seguida de uma resistência moderada, por parte do examinador, na parte distal da perna do paciente tentando estendê-la, ao mesmo tempo em que estabiliza o quadril para evitar a semiflexão do mesmo para atribuir ao TMM o grau 5.

C) manter a posição de decúbito dorsal; realizar o movimento de flexão do joelho apenas contra a ação da gravidade enquanto o examinador estabiliza o quadril para evitar a semíflexão, ao mesmo tempo em que se observa se o paciente realizou a amplitude completa de movimento para atribuirão TMM o grau 3.

D) adotar a posição de decúbito ventral; realizar o movimento de flexão do joelho seguida de uma resistência moderada, por parte do examinador, na parte distal da perna do paciente tentando estendê-la, ao mesmo tempo em que estabiliza o quadril para evitar a semiflexão do mesmo para atribuir ao TMM o grau 3.

E) adotar a posição de decúbito dorsal; realizar o movimento de flexão do joelho seguida de uma resistência moderada, por parte do examinador, na parte distal da perna do paciente tentando estendê-la, ao mesmo tempo em que estabiliza o quadril para evitar a semiflexão do mesmo para atribuir ao TMM o grau 4.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
A) postar-se na posição de decúbito ventral; realizar o movimento de flexão do joelho apenas contra a ação da gravidade enquanto o examinador estabiliza o quadril para evitar a semiflexão ao mesmo tempo em que observa se o paciente realizou a amplitude parcial de movimento para atribuir ao TMM o grau 2.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.