UPE 2023: Considerando ainda o Texto 1 e as convenções ortográficas vigentes em nosso país, assinale a alternativa CORRETA

Texto 1

O desafio de ser jovem na sociedade atual

Juventude é uma fase da vida em que experienciamos um mix de sensações: a relação com a família, aspectos sentimentais, questões de trabalho e educação, dentre outras. Os jovens da atualidade também têm o pensamento lógico apurado, são autodidatas e responsáveis. Vivendo de forma pragmática, eles vivem em busca de satisfazer suas necessidades financeiras e pessoais. É a famosa “Geração Z”!

Também chamados de nativos digitais, quem nasceu nessa geração tem uma íntima relação com o mundo digital, com a internet e com a informática. São pessoas que cresceram jogando videogames, que acompanharam de perto as inovações tecnológicas e que gostam de consumir essas inovações quando possível. Por outro lado, é uma geração que não costuma criar muitos vínculos duradouros com as pessoas. Eles aprenderam a relacionar-se pelas redes sociais e por aplicativos, e evitam sair de casa. Quando podem, usam serviços delivery para não precisarem sair.

Aptos a serem agentes ativos da transformação do cenário atual, precisando que sua voz seja ouvida, entre as principais aflições dos jovens está o desemprego. Afinal de contas, muitos terminam seus estudos e precisam esperar muito tempo até conseguirem entrar no mercado de trabalho, sendo essa uma dificuldade que já acontecia antes do Coronavírus.

De acordo com especialistas, para o pós-pandemia, é necessário que os jovens adquiram novas habilidades para que, de fato, não acabem se tornando uma geração perdida. Entre as competências mais relevantes para o mercado do futuro, os pesquisadores citam: curiosidade, protagonismo, liderança, resiliência, autoconhecimento, inteligência emocional, proatividade.

As transformações tecnológicas dão aos jovens a possibilidade de um futuro promissor, mas eles ainda encontram obstáculos. Muitos tiveram dificuldades em manter o ânimo e a concentração durante as aulas on-line, além da falta de computador e de internet que, infelizmente, fez parte da realidade de muitos. Entre os desafios, promover aprendizagem ativa é uma das estratégias para engajar os estudantes. Isso porque, durante a pandemia, dados da Unicef mostraram um cenário assustador: o percentual de alunos desmotivados, de acordo com a percepção de pais ou responsáveis, passou de 46% em maio para 51% em julho; e, com o tempo, mais estudantes passaram a ter dificuldades na rotina estudantil, passando de 58% para 67% no mesmo período.

Entre os desafios de ser jovem na sociedade atual, há, também, preocupações sobre o envolvimento com questões sociais e políticas. Um estudo da Box 1824 mostrou que 63% dos jovens da Geração Z defendem toda causa ligada à identidade das pessoas (gênero, etnia e orientação sexual, porexemplo). Pela internet, eles podem se manifestar livremente e expor suas opiniões sobre temas importantes, como movimentos contra homofobia, racismo, machismo, xenofobia, entre outros.

Conectados, eles são os principais responsáveis em organizar de forma on-line eventos e passeatas, a fim de buscar respostas para a falta de perspectiva dos jovens, criando redes de ativismo, e ainda mobilizar movimentos que saem das telas e ocupam as ruas. Segundo uma pesquisa do Think WithGoogle, 85% dos jovens da Geração Z disseram estar dispostos a doar parte do seu tempo paraalguma causa.

O contato com trabalhos sociais, além de fortalecer os jovens como sujeitos de direito, forma esses jovens, capacitando-os e transmitindo valores éticos nas atitudes do dia a dia, para que eles se reconheçam como cidadãos globais e aptos a serem protagonistas na transformação de um mundo melhor.
Disponível em: https://institutobhfuturo.com.br/o-desafio-de-ser-jovem-na-sociedade-atual.
Acesso em 19.set.22. Adaptado.

QUESTÃO 07
UPE 2023: Considerando ainda o Texto 1 e as convenções ortográficas vigentes em nosso país, assinale a alternativa CORRETA.

a) A palavra “autodidatas” (parágrafo 1) e todas as palavras que começam com “auto” devem ser escritas sem hífen, como “autorretrato”, “autohipnose”, “autooxidante”. 

b) A palavra “necessidades” (parágrafo 1) deve ser grafada com “ss”, assim como “excessão” e  “abolissão”.

c) Outras palavras que se grafam com “sc”, como no trecho “pessoas que cresceram jogando videogames” (parágrafo 2), são “nascer” e “consciência”. 

d) Assim como a palavra “habilidades” (parágrafo 4), grafam-se com “h” inicial as palavras “humidade” e “haptidão”.

e) Diferentemente da palavra “identidade” (parágrafo 6), são grafadas com “in” palavras como “reinvindicar” e “inguana”.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
c) Outras palavras que se grafam com “sc”, como no trecho “pessoas que cresceram jogando videogames” (parágrafo 2), são “nascer” e “consciência”.

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.