Questões Biologia FASA 2018 com Gabarito

questoes-biologia-fasa-2018-com-gabarito
Questões Biologia FASA 2018 com Gabarito

BIOLOGIA

QUESTÃO 36

a organização de células complexas

(FASA) A figura ilustra, de modo esquemático, a organização de células complexas.

Uma das habilidades funcionais, comum a essas células, é

A) armazenar amido no interior de grandes vacúolos no citoplasma.

B) converter energia luminosa em energia química, ao nivel do hialoplasma.

C) manter a forma e a integridade, mesmo em soluções altamente hipotônicas.

D) realizar processos de transcrição e tradução em diferentes compartimentos.

RESPOSTA.

QUESTÃO 37

Citosol

(FASA) A partir da análise da figura, que esquematiza parte da organização das membranas celulares de eucariontes, é correto afirmar:

A) A bicamada lipídica funciona como barreira seletiva entre o compartimento extracelular e o citosol.

B) O colesterol faz parte da estrutura das membranas, tanto do lado voltado para o lado exterior quanto para o lado interior da célula.

C) Os glicolipídios estão voltados para a parte hidrofóbica da bicamada lipídica.

D) Os ácidos graxos, na organização da membrana, realizam o transporte ativo.

RESPOSTA.

QUESTÃO 38
(FASA) Na luta contra a obesidade, o IGS, sigla para Implantable Gastric Stimulation System (Sistema Implantável de Estimulação Gástrica) é um aparelho que funciona nos moldes do marca-passo usado para regular os batimentos cardíacos. Implantado por laparoscopia, sob a pele, na região situada logo abaixo da cintura, o aparelho bombardeia a parede externa do estômago com pequenas descargas elétricas, imperceptíveis ao usuário. Ininterruptos, os choquinhos aumentam a sensação de saciedade. Assim, ao sentar-se à mesa, o paciente se sente satisfeito com uma quantidade de comida bem menor do que a que estava acostumado a ingerir. (PASTORE, 2018)

Os efeitos do “marca-passo” gástrico no organismo humano é uma evidência de

A) ausência de sinapses nervosas, associando secreção gástrica com sensação de saciedade.

B) redução das necessidades nutricionais exigidas para o perfeito funcionamento orgânico.

C) possibilidade de perda de peso pela diminuição do volume gástrico.

D) integração sistêmica controlada por circuitos nervosos.

RESPOSTA.

QUESTÃO 39

gene D4DR

(FASA) Existe um gene identificado como D4DR, que é a receita de uma proteína chamada de receptor de dopamina. A função dessa proteína é a de estender-se para fora da membrana do neurônio, na junção com outro neurônio, para capturar a dopamina, que é um neurotransmissor.

A figura esquematiza a associação de dois neurônios, discriminando a liberação de um neurotransmissor.

Atuando em muitas vias, a dopamina é uma substância muito importante na dinâmica do cérebro e o seu papel é bem definido, porque

A) é a expressão proteica do gene D4DR.
B) condiciona a estimulação do neurônio pós-sináptico.
C) proporciona a transmissão bidirecional da onda elétrica.
D) é liberada através de vesículas das terminações dendríticas.

RESPOSTA.

QUESTÃO 40

hemácias

(FASA) A anemia falciforme é a doença genética mais comum no Brasil e se deve a uma mutação que leva à produção de uma variante da hemoglobina, a Hemoglobina S (HbS), que prejudica o transporte de oxigênio, como mostrado na figura.

A análise da figura permite afirmar que a mutação

A) muda a carga genético das hemácias maduras e provoca a doença.
B) ocorre no mRNA, devido a falhas no processo de transcrição.
C) é uma alteração no DNA que pode afetar o fenótipo do indivíduo.
D) é originada na tradução com a troca de aminoácidos no polipeptídeo.

RESPOSTA.

QUESTÃO 41
(FASA) O glaucoma é uma grave patologia hereditária, caracterizada pela tendência ao aumento da pressão intraocular, que pode levar à cegueira permanente. Um casal formado por indivíduos com predisposição para o aumento da pressão intraocular pode ter filhos e filhas normais.

Considerando-se as informações em relação à herança do glaucoma, é correto afirmar:

A) O casal referido tem genótipo heterozigoto.

B) O locus do gene para glaucoma situa-se no cromossomo X.

C) A proporção fenotípica esperada para a descendência do casal é de 1:2:1.

D) O alelo para o glaucoma, em todas as populações, deve ter maior frequência do que o alelo para a pressão intraocular normal.


QUESTÃO 42
(FASA) Em certas populações de coelhos, a cor da pelagem é condicionada por dois genes B e R de segregação independente. O alelo dominante B determina pelagem de coloração preta e seu alelo recessivo b, pelos de coloração marrom. O alelo dominante R condiciona pelagem longa, enquanto seu alelo recessivo r (de Rex) condiciona, aos animais, pelagem curta.

Considerando-se os princípios que regem a Segunda Lei de Mendel, a proporção fenotípica esperada em relação às duas características na descendência proveniente do cruzamento entre animais heterozigotos é

A) 9 marrons curtos: 3 marrons longos: 3 pretos curtos: 1 preto longo.
B) 9 pretos curtos: 3 pretos longos: 3 marrons curtos: 1 marron longo.
C) 9 marrons longos: 3 marrons curtos: 3 pretos longos: 1 preto curto.
D) 9 pretos longos: 3 pretos curtos: 3 marrons longos: 1 marron curto.


QUESTÃO 43
(FASA) Durante quase três bilhões de anos, a vida na Terra estava presente em populações de organismos unicelulares muito simples. Em suas atividades, esses organismos interagiam e modificavam o ambiente, propiciando a diversificação das populações com aquisição de novas estratégias adaptativas.

Dentre essas adaptações, algumas repercutem como inovações revolucionárias que possibilitaram uma mudança drástica no perfil da biosfera: a explosão da vida em formas mais complexas e sua expansão, conquistando ambientes terrestres emersos.

Sobre inovações evolutivas mais diretamente relacionadas com essa revolução, no mundo procariótico, analise as afirmativas e marque com V as verdadeiras e com F, as falsas.

( ) A aquisição de um mecanismo de divisão celular que preserva a organização do genoma em um único cromossomo.

( ) A universalização do mecanismo semiconservativo na replicação da molécula do DNA.

( ) O surgimento de células com a habilidade para utilizar a água como matéria-prima na fotossíntese.

( ) A evolução de vias metabólicas que possibilitaram a bactérias realizar a oxidação completa da glicose.

( ) O estabelecimento de linhagem bacteriana com capacidade de estabelecer relações de endossimbiose.

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a

A) F F V V F
B) F F V V V
C) V V F F F
D) V F V F V


QUESTÃO 44
(FASA) As treze espécies de pássaros fringilídeos do arquipélago de Galápagos, apesar de muito semelhantes, apresentam hábitos alimentares bem diferentes. Cada uma delas predomina em uma ilha do arquipélago. Algumas têm bico mais robusto, adaptados ao consumo de sementes, enquanto outras têm bicos delicados, para alimentos moles, como brotos de plantas e frutos carnosos. (AMABIS, p. 223)

Considerando-se o texto que registra observações feitas por Darwin, que o direcionaram na elaboração de ideias evolucionistas, é correto afirmar que o papel do ambiente na evolução biológica, segundo a concepção darwinista, é

A) discriminar o formato de bico mais vantajoso para cada população de fringilídeos nas diversas ilhas de Galápagos.

B) induzir mutações que permitem a sobrevivência de qualquer espécie de fringilídeos em qualquer ilha de Galápagos.

C) uniformizar o formato do bico de fringilídeos em cada uma das ilhas do arquipélago de Galápagos.

D) permitir a formação de um tipo de bico considerado perfeito para todas as ilhas do arquipélago.


QUESTÃO 45
(FASA) A discussão sobre a natureza viva ou não viva dos vírus continua de pé, ainda que exista uma forte tendência, entre os biólogos modernos, de considerá-los seres vivos.

Uma característica geral dos seres vivos não observada nos vírus é

A) a ocorrência de alterações espontâneas no material hereditário.

B) a utilização de proteínas como componentes de estruturas de proteção.

C) o consumo de energia à custa de um equipamento químico-enzimático próprio.

D) a especificação dos aminoácidos constituintes de suas proteínas por mensagens codificadas em ácido nucleico.


QUESTÃO 46
(FASA) Um fungo geneticamente modificado que comete suicídio depois de cumprir sua função num processo industrial pode tornar mais seguros os micro-organismos transgênicos. Criado por pesquisadoras da USP, o micróbio destrói o próprio DNA quando sua comida acaba, evitando que genes estranhos contaminem o ambiente. As pesquisadoras acreditam ter desenvolvido um sistema promissor de biossegurança que pode ser aplicado a qualquer micro-organismo transgênico e buscaram um gene da bactéria Serratia marcescens, que codifica uma nuclease, enzima que quebra em pedacinhos os ácidos nucleicos, como o DNA e o RNA. “Na natureza a bactéria joga a enzima para fora a fim de degradar os ácidos nucléicos e se alimentar deles”. O gene bacteriano, após ter sido modificado para que a nuclease permanecesse no interior da célula, é então introduzido no genoma do fungo. Essa estratégia pode ser útil numa cepa transgênica da levedura que produzisse álcool de forma mais eficaz.” (LOPES, 2018)

A biotecnologia de transferência de um gene bacteriano para um fungo pode ser efetivada com sucesso, porque

A) o fungo e a bactéria têm genomas idênticos.

B) a tradução da mensagem genética faz-se sob um sistema de decodificação universal.

C) a transcrição e a tradução da mensagem genética em fungos e em bactérias ocorrem simultaneamente

D) o DNA e o RNA são constituídos pelas mesmas unidades monoméricas.


QUESTÃO 47

seção transversal de um caule

(FASA) A figura ilustra a seção transversal de um caule em que se distinguem faixas mais ou menos concêntricas, alternadamente claras e escuras, que correspondem à produção secundária do xilema ou tecido de condução da seiva bruta. As faixas mais escuras correspondem aos períodos de menor crescimento em espessura do caule e em que as células do lenho são menores.

As variações na espessura e na coloração desses anéis podem “contar” um pouco da história do sol e da árvore, porque

A) o anel que é adjacente à casca do caule registra o primeiro ano de vida da árvore.

B) a espessura dos anéis depende da participação da celulose, produto imediato da fotossíntese, na formação do xilema.

C) a formação do amido, armazenado principalmente no xilema, sofre interferências das variações estacionais, em função das flutuações na incidência da luz, na superfície terrestre.

D) as variações no fluxo de energia emitido pelo Sol devem interferir na fixação do CO2 pela planta, o que repercute na síntese de carboidratos.


QUESTÃO 48
(FASA) As mudanças climáticas de origem antrópica confirmadas pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, IPCC, acenam com uma série de impactos que, no Brasil, vão de mudanças na produção agropecuária à área de saúde pública e incluem deslocamentos populacionais.(JÚNIOR, 2008, p.70-93)

O que cada um pode fazer para atenuar os efeitos das mudanças climáticas, para as gerações futuras, é um problema ético de toda a sociedade.

A partir da análise dessa informação, conclui-se que, dentre as iniciativas ambientalmente corretas, se pode incluir a

A) queima do lixo doméstico para reduzir a ocupação de espaço nos aterros sanitários.

B) cobrança aos administradores públicos do combate à dengue, um problema de saúde pública da responsabilidade dos governantes.

C) substituição de veículos automotores por bicicletas ou pelo transporte coletivo para diminuir as emissões de CO2(g) proveniente da utilização de combustíveis fósseis.

D) manutenção de uma alimentação rica à base de carne bovina, de alto valor nutritivo, para melhorar o sistema imune de indivíduos portadores de doenças infecciosas, tais como malária, dengue, cólera, dentre outras.


QUESTÃO 49

principais atividades e interações de diversos grupos de insetos

(FASA) A figura ilustra as principais atividades e interações de diversos grupos de insetos.

Os insetos, em especial as formigas, têm comportamentos sociais altamente especializados, que apresentam como uma de suas características

A) divisão de trabalho entre os integrantes de cada uma das castas.

B) organização colonial com total dependência entre os indivíduos.

C) reprodução envolvendo diferentes modalidades entre os subgrupos da população.

D) utilização de recursos ambientais partilhados com organismos de outras espécies.


QUESTÃO 50
(FASA) Conhecida há séculos na Índia, a cólera é uma infecção bacteriana provocada pela Vibrio cholerae, indivíduo em forma de vírgula, dotado de um único flagelo, que lhe confere extrema mobilidade. Em 1961, teve início uma pandemia que se propagou por numerosos países da Ásia, África e Europa. No Brasil, onde não havia registros de casos desde o final do século XIX, aportou em 1991, atingindo indivíduos ribeirinhos do Alto Solimões, no Amazonas. De lá para cá, os casos se multiplicaram e a moléstia, indisfarçavelmente, voltou a integrar o quadro nosológico brasileiro. (SOARES, p. 117)

Sobre epidemiologia e estrutura bacteriana, é correto afirmar:

A) O processo de tradução nessas bactérias é subsequente à transcrição, devido à compartimentalização estrutural do seu citoplasma.

B) O agente etiológico da doença é um eucarionte do reino Monera, que costuma se agrupar, formando cadeias sinuosas (S) ou espiraladas.

C) O período de incubação do Vibrio cholerae é longo, em torno de 10 a 20 dias, com manifestação abrupta, seguida de acentuada perda de água e de eletrólitos.

D) A doença é transmitida por meio de água e/ou alimentos contaminados, devido às precárias condições de saneamento básico ofertado às populações.

Comentários