UNESP 2019: Com base no texto 1, justifique por que Voltaire foi um pensador que defendeu a emancipação do gênero humano

Texto 1
Qual seria a [religião] menos má? Não seria a mais simples? Não seria a que ensinasse muita moral e poucos dogmas? A que se empenhasse em tornar os homens justos sem os tornar absurdos? A que não ordenasse a crença em coisas impossíveis, contraditórias, injuriosas para a Divindade e perniciosas para o gênero humano e não se atrevesse a ameaçar com penas eternas quem quer que tivesse um juízo normal? Não seria a que não sustentasse a sua crença com carrascos e não inundasse a terra com sangue por causa de sofismas ininteligíveis? […] A que unicamente ensinasse a adoração de um só Deus, a justiça, a tolerância e a humanidade?
(François M. A. de Voltaire. Dicionário filosófico, 1984.)

Texto 2
[A religião cristã] ensina […] aos homens estas duas verdades: tanto que há um Deus de que os homens são capazes, quanto que há uma corrupção na natureza que os torna indignos dele. Importa igualmente aos homens conhecer um e outro desses pontos; e é igualmente perigoso para o homem conhecer a Deus sem conhecer a própria miséria, e conhecer a própria miséria sem conhecer o Redentor que pode curá-lo dela. Um só desses conhecimentos faz ou a soberba dos filósofos que conheceram a Deus, e não a sua miséria, ou o desespero dos ateus, que conhecem a sua miséria sem o Redentor.
(Blaise Pascal. Pensamentos, 2015.)

UNESP 2019
a) Com base no texto 1, justifique por que Voltaire foi um pensador que defendeu a emancipação do gênero humano. Explique por que o caráter dogmático da religião é irracionalista.

b) Justifique por que o texto 2 apresenta um olhar positivo sobre a religião, quando comparado ao texto 1. Explique por que Pascal pode ser considerado um teólogo.

QUESTÃO ANTERIOR:
UNESP 2019: “Oceanos” de plástico

RESOLUÇÃO:
a) Voltaire é um filósofo inserido no Iluminismo, movimento do século XVIII que valorizava o sujeito, a história, baseando-se na liberdade, na individualidade, na tolerância e na possibilidade de emancipação do homem pelo desenvolvimento da razão e do exercício da observação científica. A dogmática seria um conjunto de crenças que não se submeteriam à interpretação racional e que foram historicamente usadas de forma abusiva para reproduzir o poder que a Igreja detinha. Nesse sentido, o conjunto de dogmas se opõe à ideia preconizada pelos iluministas de uma livre iniciativa da interpretação e do exercício da razão.

b) No texto 2, Pascal faz uma defesa da tradição cristã e de uma antropologia fundada no mito da queda e do pecado original, visão que entende o homem como ser insuficiente e frágil. Pascal, autor de um conjunto de pensamentos, foi ligado ao movimento janseniano, do século XVII, segundo o qual o homem seria salvo pelo princípio agostiniano da graça. Trata-se de uma filosofia fundamentada em bases teológicas e na sobrevalorização da fé.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- UNESP 2019: De acordo com o texto 1, qual é a relação entre razão e progresso? Explique o papel contraditório da ciência para a realização do progresso na história.
UNESP 2019: Com base no texto 1, justifique por que Voltaire foi um pensador que defendeu a emancipação do gênero humano UNESP 2019: Com base no texto 1, justifique por que Voltaire foi um pensador que defendeu a emancipação do gênero humano Reviewed by Redação on janeiro 07, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.