UNESP 2019: De acordo com o texto 1, qual é a relação entre razão e progresso?

Texto 1
O Iluminismo não é somente uso crítico da razão; é também o compromisso de utilizar a razão e os resultados que ela pode obter nos vários campos de pesquisa para melhorar a vida individual e social do homem. O compromisso de transformação, próprio do Iluminismo, leva à concepção da história como progresso, ou seja, como possibilidade de melhoria do ponto de vista do saber e dos modos de vida do homem. Por outro lado, na cultura contemporânea, a crença no progresso foi muito abalada pela experiência das duas guerras mundiais e pelas mudanças que elas produziram no campo da história.
(Nicola Abbagnano. Dicionário de filosofia, 2000. Adaptado.)

Texto 2
Há um quadro de [Paul] Klee que se chama Angelus Novus. Representa um anjo que parece querer afastar-se de algo que ele encara fixamente. Seus olhos estão escancarados, sua boca dilatada, suas asas abertas. O anjo da história deve ter esse aspecto. Seu rosto está dirigido para o passado. Onde nós vemos uma cadeia de acontecimentos, ele vê uma catástrofe única, que acumula incansavelmente ruína sobre ruína e as dispersa a nossos pés. Ele gostaria de deter-se para acordar os mortos e juntar os fragmentos. Mas uma tempestade sopra do paraíso e prende-se em suas asas com tanta força que ele não pode mais fechá-las. Essa tempestade o impele irresistivelmente para o futuro, ao qual ele vira as costas, enquanto o amontoado de ruínas cresce até o céu. Essa tempestade é o que chamamos progresso.
(Walter Benjamin. “Sobre o conceito de história”.
In: Magia e técnica, arte e política, 1987.)

UNESP 2019
a) De acordo com o texto 1, qual é a relação entre razão e progresso? Explique o papel contraditório da ciência para a realização do progresso na história.

b) Cite as informações do texto 1 que justificam a concepção de Walter Benjamin sobre o progresso. Explique por que, segundo Benjamin, a história pode ser entendida como progresso da barbárie.

QUESTÃO ANTERIOR:
UNESP 2019: Com base no texto 1, justifique por que Voltaire foi um pensador que defendeu a emancipação do gênero humano. Explique por que o caráter dogmático da religião é irracionalista.

RESOLUÇÃO:
a) O Iluminismo sustentou uma concepção unitária e evolutiva da história, em que a humanidade, justamente no século XVIII, passaria da condição de menoridade ou tutelagem para a condição de maioridade ou emancipação, graças ao uso da razão. Esta seria capaz de libertar o homem do obscurantismo imposto pelas tradições, mitos e crenças, abrindo caminho no século XIX ao desenvolvimento das teorias evolucionistas, seja na Sociologia, Biologia ou na Economia. Contudo, o advento da Revolução Industrial, que fez uso instrumental da ciência, trouxe impactos negativos, como as desigualdades, o imperialismo, que foi base para as amarras citadas no texto, e problemas ambientais.

b) No texto 1, o autor afirma que o desenvolvimento do exercício da razão produziu melhoria na vida social, pelo surgimento de diversos campos de pesquisa. Contudo, são citadas as duas guerras mundiais como eventos que abalaram a confiança na ideia de que a ciência e a razão seriam capazes de estabelecer a ordem e o progresso. Benjamin lê na obra de Paul Klee a sua própria concepção de progresso. Esse filósofo entende-o como ideologia a serviço da sociedade burguesa, a qual, em nível de senso comum, intenta-o como inevitável, mas que na verdade reproduz as contradições do sistema e os conflitos produzidos pelo poder.

PRÓXIMA QUESTÃO:
UNESP 2019: Com base no texto 1, justifique por que o método de Descartes aspira à universalidade. Explique a importância da matemática para a produção de conhecimentos dotados de clareza e distinção.

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários