(Enade 2018) A crise estrutural do sistema do capital que assistimos desde o último terço do sec. XX

(Enade 2018) A crise estrutural do sistema do capital que assistimos desde o último terço do sec. XX impulsionou as grandes corporações mundiais e bancos multinacionais de financiamento a intervir nos mecanismos de exploração da força de trabalho e nas suas condições de reprodução.
DURIGUETTO, M. L. Ofensiva capitalista, despolitização e politização
dos conflitos de classe. Temporalis. Revista da Associação Brasileira
de Ensino e Pesquisa em Serviço Social.
v. 1, n. 1. Brasília, 2000 (adaptado).

Avalie as afirmações a seguir referentes ao processo de restruturação capitalista e suas ofensivas que atingem diretamente a classe trabalhadora.

I. A reestruturação produtiva impõe novas formas de dominação do capital sobre o trabalho, incidindo na configuração das classes sociais e de suas práticas organizativas.

II. A mundialização da economia configura nova divisão internacional do trabalho, com hegemonia do capital financeiro.

III. Os direitos de liberdade dos trabalhadores são ampliados com o livre mercado bem como a distribuição da riqueza socialmente produzida.

É correto o que se afirma em

A) I, apenas.
B) III, apenas.
C) I e II, apenas.
D) II e III, apenas.
E) I, II e III.

QUESTÃO ANTERIOR:
(Enade 2018) Assistentes sociais ingressam nas instituições empregadoras como parte de um coletivo de trabalhadores que implementam as ações institucionais, em um trabalho combinado ou cooperativo, e que assume perfis diferenciados nos vários espaços ocupacionais.

GABARITO:
C) I e II, apenas.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (Enade 2018) A investigação é inerente à natureza de grande parte das competências profissionais.

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários