(Enade 2018) Menos preocupado com a autenticidade dos destinos e mais interessado no lazer e na recreação

(Enade 2018) Menos preocupado com a autenticidade dos destinos e mais interessado no lazer e na recreação em ambientes criados especialmente para o divertimento dos visitantes – as chamadas “ludópolis” –, o pós-turista rompe com a dicotomia turista versus viajante, predominante em diversos estudos da hospitalidade e do lazer no turismo. Segundo Sharpley (1994) “o viajante amadureceu e se transformou em um indivíduo que experimenta e vivencia todos os tipos de turismo, que tira o que há de melhor em cada um deles e que está sempre no controle da situação”.
SWARBROOKE, J.; HORNER, S. O comportamento do consumidor no turismo.
São Paulo: Aleph, 2002 (adaptado).


Considerando essas informações, avalie as afirmações a seguir.

I. Para atender a essa nova tipologia de turista, os gestores dos destinos devem especializar-se em uma forma de turismo recreativa, com foco em um único segmento de mercado.

II. A qualidade da infraestrutura receptiva e a diversidade de atividades de lazer que proporcionem experiências diferentes aos visitantes são aspectos que devem merecer a atenção dos gestores dos destinos.

III. As tipologias de turismo tradicionais – turismo de sol e mar, turismo de aventura, turismo cultural, e outros – não têm mais lugar na perspectiva do pós-turismo.

É correto o que se afirma em

A) I, apenas.
B) II, apenas.
C) I e III, apenas.
D) II e III, apenas.
E) I, II e III.

QUESTÃO ANTERIOR:
(Enade 2018) A seleção francesa participante da Copa do Mundo de Futebol de 2018, composta de 19 jogadores filhos de imigrantes da África e de outros países da Europa, foi mais multicultural que o elenco campeão da Copa de 1998.

GABARITO:
B) II, apenas.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (Enade 2018) O turismo e o lazer assumem, na contemporaneidade, papel destacado na regeneração e revitalização de centros urbanos.

Questão disponível em:
Prova Turismo ENADE 2018 com Gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários