(Enade 2018) O novo Plano Nacional de Turismo (PNT, 2018-2022) mantém a gestão descentralizada

(Enade 2018) O novo Plano Nacional de Turismo (PNT, 2018-2022) mantém a gestão descentralizada como princípio norteador das políticas públicas de turismo no Brasil, com vistas a incrementar a maior participação e representatividade dos agentes produtivos nas diferentes instâncias de governança federal, estadual, regional e local.

Contudo, o pouco entendimento sobre as responsabilidades e papéis de cada agente da cadeia produtiva do setor representa ainda um grande desafio à concretização de processos de gestão e planejamento participativo no âmbito do turismo brasileiro.
MINISTÉRIO DO TURISMO. Secretaria Nacional de
Qualificação e Promoção do Turismo.
Plano Nacional de Turismo 2018-2022:
mais emprego e renda para o Brasil.
Brasília, MTur, 2017 (adaptado).

Considerando as informações do texto bem como as responsabilidades do Estado no processo de gestão e planejamento descentralizado do turismo, é correto afirmar que o Estado é responsável por

A) apoiar o funcionamento das instâncias de governança regionais e incentivar a criação e/ou o fortalecimento dos conselhos municipais de turismo.

B) garantir que a iniciativa privada promova ações periódicas voltadas à formação e capacitação de recursos humanos, visando incrementar a qualidade dos serviços ofertados aos turistas.

C) intervir nas iniciativas locais de planejamento turístico, viabilizar o funcionamento efetivo das instâncias de governança regionais e incentivar a mobilização dos conselhos municipais de turismo.

D) viabilizar a participação da classe empresarial na implantação e adequação da infraestrutura dos destinos turísticos bem como na modernização de equipamentos e serviços de hospedagem, alimentação e recreação.

E) promover a mobilização entre os diversos atores, como agentes públicos, instituições de ensino, classe empresarial e sociedade civil organizada, de forma a incentivar ações individualizadas no âmbito do processo de planejamento turístico.

QUESTÃO ANTERIOR:
(Enade 2018) O turismo e o lazer assumem, na contemporaneidade, papel destacado na regeneração e revitalização de centros urbanos.

GABARITO:
A) apoiar o funcionamento das instâncias de governança regionais e incentivar a criação e/ou o fortalecimento dos conselhos municipais de turismo.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- (Enade 2018) A organização institucional do turismo brasileiro reproduz fielmente a da administração político-administrativa, dos organismos de gestão e de promoção do turismo, privilegiando exclusivamente seus limites territoriais (Estados e municípios). Entretanto, o território turístico é diferente do território administrativo.

Questão disponível em:
Prova Turismo ENADE 2018 com Gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários