FGV-SP 2019: Houve movimentos militares em 1945, 1954, 1964, uma tentativa frustrada em 1961 e um outro movimento em 1955

FGV-SP 2019: Houve movimentos militares em 1945, 1954, 1964, uma tentativa frustrada em 1961 e um outro movimento em 1955, que precipitou um contramovimento em defesa das autoridades constitucionais. Os anos de 1945 a 1964 assinalam o período da primeira experiência do Brasil com uma política competitiva, democrática e aberta.
Stepan, A., Os militares na política. As mudanças de padrões na
vida brasileira. Rio de Janeiro: Artenova, 1975, p. 66.

Sobre os movimentos militares citados no texto é correto afirmar:

a) Foram movimentos anticomunistas impulsionados pela polarização ideológica da Guerra Fria.

b) Em 1945 e 1964, os presidentes da República foram destituídos, marcando o início de novos períodos políticos.

c) A intervenção mais aguda ocorreu em 1961 com a implementação do regime presidencialista.

d) Em seu conjunto, percebe-se a inexistência de correntes políticas de opiniões distintas no seio das Forças Armadas brasileiras.

e) Tais intervenções militares revelam a característica democrática e civil da história da República brasileira.

QUESTÃO ANTERIOR:
FGV-SP 2019: Costuma-se dizer que a religião deve ser separada da política e que o mundo eclesiástico não se deve imiscuir nos assuntos de Estado.

RESOLUÇÃO:
O ano de 1945 foi marcado pela deposição de Getúlio Vargas, assinalando o fim da ditadura do Estado Novo e o início de um regime liberal democrático que se estenderia até 1964. Já neste último ano, um golpe militar depôs o presidente João Goulart, herdeiro político de Vargas, o qual foi sucedido por uma ditadura militar que se prolongaria até 1985.

GABARITO:
b) Em 1945 e 1964, os presidentes da República foram destituídos, marcando o início de novos períodos políticos.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- FGV-SP 2019: Leia com atenção trechos selecionados da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), de 1943

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova FGV-SP 2019; Questões com Gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários