UEM 2020: Sobre o romance Lucíola, de José de Alencar, assinale o que for correto

Namoro a cavalo

Eu moro em Catumbi. Mas a desgraça
Que rege minha vida malfadada,
Pôs lá no fim da rua do Catete
A minha Dulcinéia namorada.

Alugo (três mil réis) por uma tarde
Um cavalo de trote (que esparrela!)
Só para erguer meus olhos suspirando
À minha namorada na janela...

Todo o meu ordenado vai-se em flores
E em lindas folhas de papel bordado,
Onde eu escrevo trêmulo, amoroso,
Algum verso bonito... mas furtado.

Morro pela menina, junto dela
Nem ouso suspirar de acanhamento...
Se ela quisesse eu acabava a história
Como toda a Comédia –– em casamento...

Ontem tinha chovido... Que desgraça!
Eu ia a trote inglês ardendo em chama,
Mas lá vai senão quando uma carroça
Minhas roupas tafuis encheu de lama...

Eu não desanimei. Se Dom Quixote
No Rossinante erguendo a larga espada
Nunca voltou de medo, eu, mais valente,
Fui mesmo sujo ver a namorada...

Mas eis que no passar pelo sobrado,
Onde habita nas lojas minha bela,
Por ver-me tão lodoso ela irritada
Bateu-me sobre as ventas a janela...

O cavalo ignorante de namoros
Entre dentes tomou a bofetada,
Arrepia-se, pula, e dá-me um tombo
Com pernas para o ar, sobre a calçada...

Dei ao diabo os namoros. Escovado
Meu chapéu que sofrera no pagode,
Dei de pernas corrido e cabisbaixo
E berrando de raiva como um bode.

Circunstância agravante. A calça inglesa
Rasgou-se no cair de meio a meio,
O sangue pelas ventas me corria
Em paga do amoroso devaneio!...
(AZEVEDO, A. de. Melhores poemas. Seleção Antonio Candido. São
Paulo: Global, p. 79-81.)

QUESTÃO 34
UEM 2020: Sobre o romance Lucíola, de José de Alencar, assinale o que for correto.

01) Paulo, natural do Rio de Janeiro e recém-chegado a Olinda, é convidado pelo Sr. Rocha para participar de uma festa religiosa. Na ocasião, é apresentado, por Sá, a Lúcia, moça ingênua, inocente e virtuosa, pela qual o narrador logo se apaixona.

02) Trata-se de romance epistolar. Nele, Paulo, o narrador, envia cartas à Sra. G.M., nas quais confidencia pormenores do seu relacionamento com Lúcia, que, por necessidades financeiras, acaba por entrar nos caminhos da prostituição.

04) Apesar de conhecer a história de vida de Lúcia e de testemunhar a sua volúpia de mulher sensual, Paulo a vê como heroína. Nesse romance urbano, essa perspectiva evidencia traços de idealização da mulher, característica recorrente na estética romântica.

08) O romance é considerado um exemplar do empenho em criar uma literatura nacional, uma vez que consiste em uma representação da realidade brasileira de meados do século XIX, registrando, por meio de uma perspectiva crítica, costumes, valores e fatos históricos, como a epidemia de febre amarela.

16) Lúcia, personagem plana, cujo nome verdadeiro é Ana da Glória, é atormentada pelo sentimento de culpa por ter se tornado cortesã, ainda que por força das circunstâncias. Não podendo oferecer um filho a Paulo, é abandonada por ele e só encontra alívio na morte (desfecho comum no Romantismo).

QUESTÃO ANTERIOR:

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

GABARITO:
02-04-08 = 14

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.