A respeito dos critérios de avaliação das lesões tumorais em pacientes tratados com imunoterapia, assinale a afirmativa correta.

FGV 2021 - FUNSAÚDE-CE - QUESTÃO 48
Os medicamentos moduladores da resposta imunológica representaram um grande avanço no tratamento das neoplasias malignas.

As drogas anti-CTLA-4, anti-PD-1 e anti-PD-L1 estão aprovadas para uso em vários tumores sólidos e hematológicos, seja em combinação, seja associadas à quimioterapia, ou em monoterapia.

Uma vez que o mecanismo de ação desses medicamentos contrasta com o dos quimioterápicos, foi desenvolvido um guideline específico para a avaliação de resposta ao tratamento, chamado de iRECIST, a ser utilizado como uma alternativa ao RECIST versão 1.1. 

A respeito dos critérios de avaliação das lesões tumorais em pacientes tratados com imunoterapia, assinale a afirmativa correta. 

(A) Ao contrário do que ocorre no RECIST 1.1, no iRECIST o PET-CT deve ser utilizado para a confirmação de progressão tumoral. 

(B) No iRECIST foi incorporado o status clínico, sendo que a estabilidade clínica é considerada, a fim de decidir se um tratamento deve ser continuado após a progressão não confirmada (iUPD).

(C) Da mesma forma que no RECIST 1.1, no iRECIST o surgimento de nova lesão é considerado progressão de doença e essa nova lesão precisa ser registrada, mas não mensurada. 

(D) Uma das maiores diferenças em relação à evolução da carga tumoral em tratamento com imunoterapia é que, ao contrário do que ocorre com a terapia citotóxica, a resposta ao tratamento ocorre mais precocemente. Por isso, a presença de doença estável com imunoterapia é classificada como progressão não confirmada (iUPD). 

(E) Uma vez que os pacientes em tratamento com imunoterapia podem apresentar a chamada “pseudoprogressão” e também desenvolver efeitos adversos imunomediados, a progressão de doença não deve ser mais considerada na avaliação de desfecho em estudos clínicos com pacientes tratados exclusivamente com imunoterapia.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(B) No iRECIST foi incorporado o status clínico, sendo que a estabilidade clínica é considerada, a fim de decidir se um tratamento deve ser continuado após a progressão não confirmada (iUPD).

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.