Em relação à avaliação e ao tratamento de pacientes com câncer colorretal e com metástases hepáticas, assinale a afirmativa correta.

FGV 2021 - FUNSAÚDE-CE - QUESTÃO 45
Estima-se que até 60% dos pacientes com câncer colorretal irão apresentar metástases. Em cerca de 25% dos casos, as mesmas estão evidentes no momento do diagnóstico inicial. Muitas vezes o fígado é o único sítio de doença à distância, sendo a cirurgia um tratamento com possibilidade curativa.

Alguns pacientes com doença hepática considerada inicialmente irressecável podem ser submetidos à ressecção cirúrgica radical, caso tenham uma boa resposta à quimioterapia.

Por isso, é muito importante uma avaliação criteriosa, por equipe multidisciplinar, a fim de definir a melhor estratégia de tratamento. 

Em relação à avaliação e ao tratamento de pacientes com câncer colorretal e com metástases hepáticas, assinale a afirmativa correta. 

(A) Uma vez que a sobrevida de pacientes com doença metastática é ainda limitada, é recomendado sempre tentar a cirurgia, associada ou não a outros tratamentos locais, mesmo que seja possível apenas um debulking tumoral, com doença residual mínima. 

(B) As evidências de estudos retrospectivos sugerem que pacientes com metástases hepáticas sincrônicas possuem prognóstico melhor, quando comparados àqueles com metástases metacrônicas. 

(C) Alguns estudos associam os seguintes fatores a um prognóstico pior: tumor primário com linfonodo positivo, diagnóstico de metástase em outro sítio além do fígado, presença de mais de 3 lesões hepáticas, lesão hepática maior que 5 cm, intervalo livre de doença menor que 12 meses, aumento de CEA, mutação no gene KRAS e mutação V600E no gene BRAF.

(D) Em pacientes com metástases hepáticas ressecáveis e sem mutação em KRAS, NRAS ou BRAF, o tratamento pré-operatório com quimioterapia associada ao cetuximabe é uma opção preferencial, apesar do aumento da sobrevida livre de progressão não ter atingido significância estatística no estudo New EPOC. 

(E) A duração da quimioterapia pré-operatória em pacientes com metástases hepáticas classificadas como borderline ou como inicialmente irressecáveis deve ser até a resposta máxima, que geralmente ocorre após 3 a 4 meses de tratamento.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(C) Alguns estudos associam os seguintes fatores a um prognóstico pior: tumor primário com linfonodo positivo, diagnóstico de metástase em outro sítio além do fígado, presença de mais de 3 lesões hepáticas, lesão hepática maior que 5 cm, intervalo livre de doença menor que 12 meses, aumento de CEA, mutação no gene KRAS e mutação V600E no gene BRAF.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.