Questões Literatura UEMG 2018 com Gabarito

questoes-literatura-uemg-2018-com-gabarito
Questões Literatura UEMG 2018 com Gabarito

Questões só de:
Português
Literatura
Física
História
Matemática
Química
Biologia
Geografia
Inglês
Espanhol



LITERATURA BRASILEIRA

As questões de 7 a 9 referem-se à obra As melhores histórias de Fernando Sabino.

O texto a seguir é um excerto da crônica O caso do charuto.

E o ascensorista inflexível. Que o homem guardasse o charuto no bolso, engolisse o charuto, fizesse o que melhor lhe parecesse. Sem o quê, ele não subiria. Distraído pelos próprios argumentos, o homem, em vez de se desfazer do charuto, tirou dele uma baforada. Foi o bastante para generalizar-se a confusão. A senhora do Bronx resolveu intervir, alegando raivosamente que ela não tinha nada com aquela história e queria subir. O panamenho, como se estivesse no mundo da lua, perguntava em vão e em mau inglês em que andar era o Consulado do Panamá. O gordinho gritava que aquilo era um desaforo etc. etc. E o elevador parado. O dono do charuto levou-o novamente à boca, para ter as mãos livres e poder se explicar, provocando indignação geral. Então o gordinho, fora de si, estendeu o braço para com uma tapa derrubar o charuto, resolvendo assim a questão. Acontece, porém, que seu gesto foi mal calculado e o que ele deu foi um bofetão na cara do homem. O charuto saltou no ar largando brasa para cima do panamenho, que até então não entendia coisa nenhuma.
SABINO, Fernando. As melhores histórias de Fernando
Sabino. Rio de Janeiro: BestBolso, 2010. p. 61.

QUESTÃO 07
(UEMG) Levando em consideração a totalidade da crônica O caso do charuto, percebe-se que o narrador

(A) acaba por afastar o leitor do conteúdo narrado, uma vez que as situações são inverossímeis.

(B) expressa uma visão de mundo conivente com a irracionalidade de algumas leis.

(C) em terceira pessoa problematiza uma questão de saúde pública por meio da sátira. Isso fica evidente ao final da crônica.

(D) apresenta, por meio do humor, crítica à burocracia.

RESPOSTA.

QUESTÃO 08
(UEMG) Leia o início da crônica Fantasmas de Minas:

“Tão logo Scliar soube que eu pretendia passar o carnaval em Ouro Preto e não conseguira hotel, amavelmente ofereceu-me sua casa. É uma linda casa, informou com ar matreiro. Tão matreiro que dava até para desconfiar. Mas eu já ouvira falar na casa, [...]”.
Sabino. Rio de Janeiro: BestBolso, 2010. p. 147.

Tendo como base o restante dessa crônica, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma a seguir e assinale a alternativa com a sequência correta.

( ) Ao longo da crônica, especialmente em sua última parte, há alusões a locais históricos de Minas Gerais e de seus “fantasmas”. O narrador percorre algumas cidades até chegar a Belo Horizonte, cidade na qual o fantasma é ele próprio.

( ) Pode-se afirmar que essa crônica, com uma linguagem permeada por traços de oralidade, consegue ir a fundo no sentimento humano. Isso se dá de maneira mais evidente na narrativa a partir de quando o narrador vai embora de Ouro Preto e passa a apresentar uma linguagem carregada de lirismo.

( ) O narrador em primeira pessoa corrobora para a aproximação do leitor para com a matéria narrada.

(A) V – V – F.
(B) V – V – V.
(C) F – V – V.
(D) V – F – V.

RESPOSTA.

QUESTÃO 09
(UEMG) Com base na leitura da obra As melhores histórias de Fernando Sabino, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta as corretas.

I. Algumas tramas se passam em Nova Iorque e há referências a espaços artísticos, bares, restaurantes e artistas que são famosos no contexto estadunidense.

II. Por vezes, tem-se nas narrativas uma perspectiva, da parte do narrador, perpassada pelo preconceito racial. Isso se faz notar de maneira explícita na crônica Albertine Disparue, por meio da caracterização da personagem Albertina, a qual é funcionária do narrador.

III. O recurso da ironia não é uma constância na obra.

IV. Por causa da linguagem leve, divertida e acessível presente nas crônicas, as reflexões profundas ficam em segundo plano. Tal característica é comum no gênero crônica.

V. Muitas das crônicas presentes na obra apresentam processos intertextuais, seja por meio da evocação direta e indireta de textos literários, seja por meio da alusão ou citação do nome de outros autores da literatura, dentre eles Marcel Proust.

(A) I, II, III e IV.
(B) Apenas II e V.
(C) Apenas I, II e V.
(D) Apenas I e V.

RESPOSTA.

As questões de 10 a 12 são referentes à obra A dança dos cabelos, de Carlos Herculano Lopes.

Leia o seguinte excerto:

“Assentada neste banco onde a empregada me trouxe o jantar e após a sobremesa uma garrafa de café, estou com os olhos no azul da serra e no sol que nele se abriga, nessa estranha hora em que o silêncio é cortado apenas pelo berro de uma rês ou pelo cruzar de uma ave, e em que faço mais um cigarro, sem, no entanto, livrar-me dos latejos que em fincadas sucessivas voltam às minhas pernas e doem como as antigas lembranças de minha infância.”
LOPES, Carlos Herculano. A dança dos cabelos. Rio de
Janeiro: Record, 2017.

QUESTÃO 10
(UEMG) Considerando que o romance apresenta, entre outras, três personagens femininas, sendo estas avó, mãe e filha, todas com o nome de Isaura, assinale a alternativa correta em relação ao trecho apresentado.

(A) Trata-se de uma carta da avó Isaura ao avô Antônio.

(B) O trecho é referente à carta redigida pela mãe Isaura ao seu marido.

(C) Refere-se a uma reflexão da mãe Isaura.

(D) Refere-se ao sonho da filha Isaura quando retorna à casa na qual cresceu.

RESPOSTA.

QUESTÃO 11
(UEMG) Considerando o título e o enredo da obra, assinale a alternativa correta.

(A) O título simboliza a labuta diária das personagens femininas que, em uma tentativa de agradar aos homens, trançam os longos cabelos pretos todos os dias em um ritual semelhante ao de uma dança.

(B) O livro é narrado por três mulheres, simbolizando as três partes de uma trança, e a narrativa ora apresenta o discurso de uma delas, ora de outra e, em um terceiro momento, de outra, criando um movimento também muito parecido com o trançar de cabelos, atividade presente no cotidiano das mulheres da família.

(C) Em um determinado momento da narrativa, Isaura (filha) relata ter ficado escondida, ainda quando criança, com outras mulheres, num quarto pequeno, abafado, úmido e escuro, enquanto a casa era invadida por jagunços. O título da obra simboliza tal momento, pois a forma adotada pelas mulheres para amenizar o horror que estava acontecendo foi dançar até que aquela situação acabasse.

(D) Não há uma relação explícita entre o título e o enredo, pois, ao longo da narrativa, nada é mencionado sobre dança ou cabelos.

RESPOSTA.

Leia o seguinte excerto:

“Às vezes, estando ocupada na cozinha ou em outros afazeres, como remendar as calças que Antônio usava no campo, ou passando algum dos seus ternos para as reuniões políticas, ou da maçonaria, ou ainda respondendo às cartas que os empregados recebiam dos parentes em São Paulo, ou fazendo as quitandas que nunca faltaram aqui em casa, assim como o café com leite que ainda tomamos antes de deitar, ou seja lá o que for, que nem sempre eu percebia a ausência de minha filha.”
LOPES, Carlos Herculano. A dança dos cabelos. Rio de
Janeiro: Record, 2017.

QUESTÃO 12
(UEMG) Considerando esse excerto da obra e o contexto de toda a narrativa, analise as assertivas e assinale a alternativa correta.

I. As personagens femininas possuem alto poder de reflexão, uma vez que levam uma vida tranquila, o que propicia a atividade reflexiva.

II. As mulheres da narrativa sofrem constantemente dos abusos de um contexto patriarcal, o que pode contribuir para a formação de comportamentos contrários à moral convencional.

III. Os homens da narrativa possuem práticas abusivas que levam à falta de atividade reflexiva por parte das mulheres, uma vez que estas são forçadas ao trabalho contínuo, vetando a possibilidade de um pensamento acerca do mundo que as circunda.

IV. Há a preocupação de uma das personagens, de nome Isaura, em perder as terras que, segundo ela, foram conquistadas com o suor de seus familiares de gerações passadas.

V. O estupro é uma prática recorrente na narrativa.

(A) Apenas I e V estão corretas.
(B) Apenas II, IV e V estão corretas.
(C) Apenas IV e V estão incorretas.
(D) Apenas I está incorreta.

RESPOSTA.

Comentários