ENADE 2019: Considerando as informações dos textos e dos gráficos apresentados

TEXTO I

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) foram fixados em 2015 pela Organização das Nações Unidas como um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Trata-se de uma agenda de ação até 2030, com 17 objetivos e 169 metas construídas sobre o legado dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) de 2000 a 2015.

O Brasil atingiu uma de suas metas do ODM 4 das Nações Unidas, por ter reduzido em dois terços os indicadores de mortalidade de crianças com até 5 anos de idade. O sucesso deveu-se, entre outras iniciativas, à ampliação das coberturas da atenção básica, principalmente por meio da Estratégia Saúde da Família. O trabalho conjugado com estados e prefeituras foi determinante para alcançar os resultados.
Disponível em: <http://www.portalfederativo.gov.br/noticias/destaques/meta-da-onu-de-reduzir
-a-mortalidade-infantil-e-superada-emniveis-nacional-e-municipais> Acesso em: 31 jul. 2019 (adaptado).

Os gráficos a seguir se referem à mortalidade infantil (abaixo de 5 anos de idade) em diferentes regiões do Brasil, de 2010 a 2016.

Os gráficos a seguir se referem à mortalidade infantil (abaixo de 5 anos de idade) em diferentes regiões do Brasil, de 2010 a 2016
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Saúde Brasil 2018 uma análise de situação de saúde e das doenças e agravos crônicos: desafios e perspectivas. Brasília, 2019 (adaptado).

ENADE 2019: Considerando as informações dos textos e dos gráficos apresentados, avalie as afirmações a seguir.

I. No período de 2010 a 2015, o Brasil registrou um declínio nas taxas de mortalidade neonatal precoce e pós-neonatal, com os maiores índices nas regiões Norte e Nordeste.

II. Entre 2015 e 2016, houve aumento nos seguintes componentes da mortalidade infantil: neonatal precoce, neonatal tardia e pós-neonatal em todas as regiões, exceto nas Regiões Norte e Sul.

III. O componente neonatal é o indicador mais sensível a ações governamentais voltadas para o ambiente socioeconômico e a intersetorialidade. Dessa maneira, a melhoria no saneamento básico, na distribuição de renda e na oferta dos serviços médicos tem maior impacto na redução desse componente.

IV. A mortalidade pós-neonatal é sensível a fatores endógenos e biológicos relacionados à gestação e ao parto, bem como à assistência de qualidade ao pré-natal, parto e puerpério. Sua redução envolve maior complexidade e custo.

É correto o que se afirma em

A) I e II, apenas.
B) I e III, apenas.
C) II e IV, apenas.
D) III e IV, apenas.
E) I, II, III e IV.

QUESTÃO ANTERIOR:
ENADE 2019: Uma criança de 3 anos de idade foi levada ao hospital de sua cidade com sinais de alergia

GABARITO:
A) I e II, apenas.

PRÓXIMA QUESTÃO:
- ENADE 2019: A tecnologia pode ser classificada tanto como um saber quanto por seus desdobramentos materiais e não materiais na produção dos serviços de saúde.

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:
Prova do ENADE 2019 Enfermagem com Gabarito

PESQUISAR OUTRA QUESTÃO

Comentários