O projeto e o dimensionamento de escadas envolvem alguns cálculos com base na distância disponível para seu desenvolvimento e na altura a ser vencida

ENADE 2008 - QUESTÃO 12
O projeto e o dimensionamento de escadas envolvem alguns cálculos com base na distância disponível para seu desenvolvimento e na altura a ser vencida. Além disso, existem cálculos visando o conforto do passo, com a otimização da altura de um degrau (espelho) e de sua profundidade (piso ou base).

A fórmula utilizada para o cálculo de degraus confortáveis é a de Blondel (63 < 2h + p < 64), segundo a qual a soma de dois espelhos com o piso (ou base do degrau) deve-se situar entre 63 cm e 64 cm, inclusive. Definido o valor dos pisos e calculada, pela fórmula, a zona de conforto para os espelhos, pode-se encontrar o número de degraus necessários para vencer a altura total e ajustar o valor final dos espelhos.

enade

O desenho acima mostra a planta de uma escada calculada e otimizada pela fórmula de Blondel para vencer uma altura de 2,38 m. Com base nessas informações, é correto afirmar que essa escada terá

A) forma de U, 13 degraus e espelho de 18,30 cm.

B) forma de caixa, 14 degraus com piso de 12,5 cm, descendente no sentido da seta.

C) forma de L, 12 degraus e dois patamares, ascendente no sentido da seta.

D) forma de U, 14 degraus com piso de 30 cm e espelho de 17 cm. 

E) forma de caixa, 13 degraus e um patamar intermediário de 1,50 m.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
D) forma de U, 14 degraus com piso de 30 cm e espelho de 17 cm. 

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.